dcsimg

6 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados que você deve saber

Procurando um seguro para seu carro modificado, mas tem dúvidas a respeito? Conheça 6 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados que você deve saber!

Muitas pessoas com necessidades especiais que precisam de carros adaptados, também possuem diversas dúvidas em relação a contratação do seguro para carros adaptados. Se você se encaixa nesse perfil, acompanhe esse artigo e descubra quais são as 6 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados que você deve saber!

6 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados que você deve saber

1 – Uma pessoa cadeirante pode contratar um seguro para carros adaptados?

Sim, pode! Assim como qualquer outra categoria de motorista, os cadeirantes que possuem carros adaptados também podem contratar seguro para carros adaptados. Com coberturas e benefícios iguais aos demais clientes.

2 – Qual a principal diferença entre um seguro de carro normal e seguro para carros adaptados?

No geral, a principal diferença na contratação do seguro para carros adaptados é a necessidade de informar no momento do preenchimento do perfil do cliente, que o veículo é adaptado. Essa questão se faz necessária, porque esses veículos possuem isenção no momento da compra. O que faz com que o valor do carro diminua por volta de 30%.

3 – Como proceder com o preenchimento dos dados do carro?

Assim como em qualquer contratação de um seguro, serão exigidos diversos documentos do veículo, por isso, é importante que o cliente tenha todos eles em mãos no momento da contratação do seu seguro para carros adaptados. Isso inclui documentos como comprovantes de necessidades especiais (laudo médico afirmando a deficiência física), documentação do veículo, documento que autorize as adaptações veiculares e todos os demais referentes ao carro.

4 – Como funciona a cobertura para equipamento diferenciados?

A grande maioria das empresas de seguro oferece uma cobertura específica para equipamentos instalados no veículo adaptado. Basta informar no momento da contratação, a existência desses equipamentos e quais são eles.

5 – E a indenização em caso de perda total do seguro para carros adaptados, como funciona?

Pessoas que possuem necessidades especiais como limitações físicas ou mentais, sendo essas auditivas, de visão ou condições de autismo, por exemplo, possuem por lei direito garantido a isenção de impostos como ICMS e IPI. E infelizmente, como essa isenção interfere no valor de compra do veículo, também afeta o valor de indenização em caso de perda total.

Além disso, os carros adaptados possuem um limite de porcentagem nas coberturas indenizatórias, diferentemente dos carros sem adaptações, que são ressarcidos com o valor integral de acordo com a tabela FIPE.

No entanto, existe a possibilidade de se conseguir indenização de 100%, sem o desconto desses impostos. Para tal, é preciso apenas que o dono do carro dê baixa na isenção.

6 – E se o veículo sofrer perda total fora do prazo do seguro?

As pessoas que são portadoras de necessidades especiais contam com o direito de isenção de impostos veiculares como ICMS e IPI, de três em três anos. A grande questão é que, caso o veículo sofra perda total durante esse período de isenção, é possível que o motorista precise recorrer às vias legais para garantir sua indenização, ou então, opte por um veículo inferior ao que possuía.

Agora que já conheceu as 6 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados, entre em contato com o corretor de seguros de sua confiança e faça uma cotação!

Leia mais artigos sobre:

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário