Seta Balao

Cote o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Acionar o airbag dá perda total no seguro auto?

Esclareça suas dúvidas sobre o mito que acionar o airbag dá perda total no seguro auto. Saiba quais são as condições para que um carro tenha perda total e entenda como funcionam os airbags.

As pessoas tendem a acreditar que quando existe o acionamento do airbag em um acidente, o carro é dado como perda total.

Mas isto é somente um mito que tem se perpetuado cada vez mais.

Este mito tomou força, porque geralmente quando o airbag é acionado trata-se de um acidente mais grave, onde o carro acaba apresentando muitas avarias, que o levam a ser considerado como perda total.

Para esclarecer de vez essa história é primeiro necessário explicar como é caracterizada a perda total no seguro do auto.

Continue lendo esse artigo e entenda melhor o assunto que será abordado mais detalhadamente e saiba como funciona seguro de carros ao acionar o airbag.

Acionar o airbag dá perda total no seguro auto?

Imagem: Getty Images

Acionar o airbag dá perda total no seguro auto?

Na maioria das vezes, acionar o airbag não dá perda total no seguro auto.

Para que um carro tenha um sinistro considerado como perda total é necessário que o valor dos custos para reparo seja acima de 75% do valor do veículo, segundo a Tabela Fipe (tabela que expressa preços médios de veículos no mercado nacional).

Em caso onde os custos do reparo são inferiores a 75%, o sinistro é considerado perda parcial.

Como os valores do reparo do airbag são muito altos, na maioria das vezes, principalmente em carros antigos, o preço de reparo excede os 75% e a perda total é inevitável.

Ou seja, não é absolutamente verdade a afirmativa que diz que em um acidente no caso de um airbag acionado é acionado da perda total, o que pode promover a perda total do veículo é o custo do reparo do airbag aliado aos demais custos das avarias do veículo.

Na maioria dos casos é o que acontece, pois, a maior parte da frota circulante no Brasil é de carros populares e, por alguma razão esses modelos possuem um dos tipos de airbags mais caros do mercado.

O que faz com que sempre que o airbag é acionado em um acidente com um carro popular, o sinistro seja considerado como perda total.

Mas em uma situação, por exemplo, do airbag acionado devido o forte impacto, mas os custos de reparo não atingem os 75%, então o segurado terá que arcar com a franquia, para que o seguro providencie o conserto do veículo.

Já em caso de perda total do carro, o segurado terá direito a receber a indenização completa e não precisará pagar a franquia para a seguradora. Então, agora você já sabe se quando o airbag é acionado dá perda total. Veja mais informações abaixo!

Este conceito também vale para danos no eixo ou na longarina

Assim como no caso dos airbags, muitas pessoas acreditam que quando o eixo do veículo ou a longarina são danificados em uma colisão, automaticamente o carro será considerado como perda total e o segurado terá direito a receber a indenização integral.

É preciso que fique claro que a perda total só é caracterizada quando os reparos atingem 75% ou mais do valor de compra do carro, ou o veículo é furtado ou roubado.

Fora isso, independentemente do dano que tenha sido causado, ele será considerado como perda parcial.

Qual a diferença da perda parcial para a perda total?

A perda parcial é quando há um sinistro que cause dano ao carro segurado.

No entanto, o custo desse dano é inferior a 75% do valor do veículo.

Esse valor é normalmente dado por uma oficina credenciada pela seguradora.

Nessa situação, a seguradora tem o compromisso de pagar o valor do conserto que ultrapassar o valor da franquia que está estipulado no contrato.

Por exemplo, se o valor da franquia for de mil reais, e o valor total do conserto for de três mil reais, o segurado deve arcar com mil reais, e a seguradora pagará os dois mil reais restantes.

Você deve receber o carro consertado em estado perfeito

Quem acaba tendo o eixo, airbag ou longarina afetado é porque provavelmente sofreu uma colisão forte.

Por conta disso, a preocupação dos segurados é que o carro não volte a ser tão bom quanto antes.

No entanto, caso haja a perda parcial é direito do cliente conseguir um bom atendimento e um conserto excelente.

No caso do airbag, o airbag precisa ser novo e funcionar em perfeito estado.

Além disso, a seguradora deve sempre direcionar o reparo do veículo para oficinas de qualidade e que realizem um bom trabalho.

O que acontece com o veículo de terceiros quando o airbag é acionado? 

Mesmo que você tenha a cobertura contra terceiros, é importante saber que as regras citadas acima valem para os carros que acionam o seguro contratado. Portanto, em caso de terceiros é diferente. 

Caso ocorra, é importante entrar em contato com o seu corretor de seguros para negociar sobre a situação. Atente-se sempre ao contrato e cada cláusula. 

Lembre-se de que as coberturas do seguro para terceiros são diferentes das contratadas para o veículo do cliente da seguradora.

Maior quantidade de carros com airbag aumentou o número de casos de perda total

Uma seguradora realizou um levantamento que apresentou um dado que chama a atenção: devido ao aumento do número de carros com airbag, já que o item tornou-se obrigatório em 2014, o número de casos de perda total em carros populares também aumentou.

Esse aumento chegou ao em torno de 25% se comparado com dados anteriores.

Porém, muitas vezes a perda total se dá por outros danos causados pelo sinistro do que exclusivamente por conta do airbag.

Isso porque, o valor de alguns veículos fica em torno de 30 e 40 mil reais.

Enquanto isso, o valor de um kit de airbag fica em torno de 4 mil reais.

Esse valor representa 10% do valor total do veículo.

Acionar o airbag dá perda total no seguro auto?

Como funciona o airbag?

O que muitas pessoas não sabem é que o carro não precisa estar em alta velocidade para que o airbag seja ativado.

É importante saber como funciona o airbag, já que alguns ativam-se em colisões com velocidade a partir de 30km/h.

Assim, nessa velocidade, se o carro colidir com um muro, árvore ou carro parado, por exemplo, já será suficiente para que o airbag se abra.

Ou ainda, se um carro a 50km/h colidir com um que estiver a 20km/h também já fará o airbag ser acionado.

Essa velocidade varia de acordo com cada fabricante, mas é fato que mesmo em baixa velocidade, há chances de o airbag abrir.

No entanto, o funcionamento do airbag causa dúvida em alguns motoristas, pois há casos que podem ser mais graves em que o airbag não é acionado, e em outros, como as baixas velocidades mencionadas acima, o airbag ativa-se.

Isso porque, são as desacelerações que causam a abertura do airbag.

Por isso, se o condutor estiver a 100 km/h e bater contra um poste, o airbag será acionado.

Todavia, se o condutor estiver a 100 km/h bater em um carro que esteja a 90km/h pode ser que o airbag não seja acionado, já que houve pouca desaceleração.

O acionamento do airbag leva em conta diversos fatores, dentre eles, a velocidade da colisão e a calibração do sistema.

Quando ocorre o acionamento do airbag?

Muitas vezes, presenciamos acidentes em que o carro capota, mas o airbag de carro não é acionado.

Isto acontece porque o sistema funciona somente em caso de desaceleração do veículo.

Em alguns carros também só funciona caso o passageiro ou motorista esteja usando o cinto de segurança.

Lembre-se que usar o cinto de segurança é lei também no banco traseiro e garante que, em caso de um acidente grave, os impactos sejam diminuídos.

O cinto pode salvar uma vida.

Para sua segurança, nunca dirija muito perto ao volante, pois o airbag é acionado por meio de uma explosão química que chega a 300 km/h, o que pode ocasionar uma lesão grave no caso de uma colisão.

Tem como recuperar o airbag?

Dependendo do modelo do carro, o kit de airbag pode chegar aos 4 mil, porém, é óbvio que por motivos de seguranças o kit precisa ser trocado.

Porém, há ofertas de pessoas que recuperam os airbags, dispensando a troca da peça.

É importante ficar atento por não é possível realizar este reparo, e esta alteração pode colocar o motorista em risco.

Nesses casos, o que as pessoas que oferecem esse reparo normalmente fazem é apenas recolocar a tampa no lugar e desligar a lâmpada de alerta.

Essa atitude é irresponsável e perigosa.

O kit de airbag deve sempre ser substituído inteiramente, para que o carro volte a circular com segurança.

Também fica o alerta para quem vai comprar carros usados, pois o mesmo pode ter passado por esse tipo de alteração.

Se a luz não se acender e se apagar depois de alguns segundos, é porque há algo de errado com o airbag de carro.

Agora você já sabe que acionar o airbag dá perda total no seguro auto somente em alguns casos e conheceu quais são os requisitos para se acionar o airbag.

Ou seja, somente o acionamento do airbag não é suficiente para perder o carro.

Para ter tranquilidade em caso de um acidente, solicite uma cotação e trafegue com segurança de ter uma assistência à sua disposição.

Então, agora você já sabe como funciona seguro de carros ao acionar o airbag. Ficou com alguma dúvida? Fale com o seu corretor de seguros!

*Publicado em: 26/03/2018 e atualizado em 15/10/2021.

Leia mais artigos sobre:
Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Gestão de Seguros, Marketing e tem pós em Administração na FGV, possui curso técnico em Direito do Seguro. Possui mais de 3.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

12 Comentários

  • Aparecida says:

    Boa tarde
    Meu carro acionou o air bag sozinho do nada e o motorista teve lesões leves,quais os procedimentos

    • Augusta Miranda says:

      Olá, Aparecida!
      Você pode entrar em contato com o seu corretor de seguros para negociar sobre o valor de reparo para esta situação. Atente-se sempre ao contrato e cada cláusula da sua apólice.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • izael Gregorio de campos says:

    Eu tenho um veículo e a franquia e de 2.000 gostaria de saber se o meu veículo ficou 9.000 o concerto queria saber se a minha franquia vai subir o valor ou nao

    • Augusta Miranda says:

      Olá, Izael!
      SeguroAuto é um portal de geração de leads que encaminha as solicitações de clientes em busca de um plano de seguro auto para os corretores parceiros que trabalham com diferentes seguradoras em todo o Brasil.
      Não somos seguradora e por isso pedimos que, para dúvidas pertinentes ao contrato, o leitor entre em contato com o seu corretor de seguros ou seguradora contratada para saná-las.
      Aqui em nossa página solucionamos dúvidas referentes ao nosso site, como fazer cotação do seguro auto, entre outras pertinentes. As que são relacionadas ao serviço ofertado por uma seguradora apenas ela tem autorização para resolver. Portanto, solicitamos que o leitor entre em contato diretamente com a mesma.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • Osvaldo mota agapito says:

    Meu carro acionou o aberg sozinho sem colisão e o motorista foi lesionado qual o procedimento?

    • Augusta Miranda says:

      Olá, Osvaldo!

      Por favor, entre em contato com o seu corretor de seguros ou seguradora contratada para tirar suas dúvidas.
      SeguroAuto é um portal de geração de leads que encaminha as solicitações de clientes em busca de um plano de seguro auto para os corretores parceiros das seguradoras em todo o Brasil.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • amanda lopes says:

    quando tem só uma pessoa no carro e sofre uma batida todos os airbag são acionados?

    • Augusta Miranda says:

      Olá, Amanda!
      Obrigada por comentar no SeguroAuto.org!
      Em veículos que não possuem sensor, ambos os airbags serão acionados em um impacto. Para veículos que possuem sensor, caso o condutor esteja sozinho, apenas o airbag dele será acionado com o impacto.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • Katia Fernandes says:

    Muito bom seu artigo.

    • Jeniffer Elaina da Silva says:

      Olá Katia, tudo bem?

      Ficamos felizes que tenha gostado.

      Ótima semana!

    • Sidney Azevedo says:

      Bom dia Jenifer. Tudo bem? Tenho uma dúvida: Se o meu veículo abriu o Air Bag em uma colisão e está com 4000Km na garantia de fábrica, caso a seguradora conserte os danos, como deverei proceder para que a Montadora do veículo continue dando garantia.

      • Andréia Silveira says:

        Olá, Sidney!

        É preciso ver o que está no seu contrato, ou seja, as regras para esses casos. Na dúvida, fale com a concessionária.

        Atenciosamente,

        Equipe SeguroAuto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.