Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Veja os aplicativos que oferecem táxis seguros para mulheres

Compartilhe nas redes sociais:

Aplicativos com motoristas mulheres atendem exclusivamente passageiras mulheres, que buscam maior segurança.

Com tantas denúncias de assédio, quase diária, que surgem atualmente, seja em ônibus ou táxis e serviços por aplicativo como Uber, o desrespeito e até estupros contra mulheres por parte dos motoristas assustam o público feminino.

Veja os aplicativos que oferecem táxis seguros para mulheres

Para atender à demanda por maior segurança para mulheres e crianças, surgiram aplicativos criativos, que evitam constrangimentos e crimes, que atingem tanto as motoristas, quanto as passageiras mulheres.

Os aplicativos para solicitar um taxi já existem há bastante tempo, mas os casos de assédio vêm ocorrendo com tanta frequência, que os aplicativos exclusivos para mulheres podem ser uma solução para evitar que esse tipo de situação aconteça.

Veja alguns dos serviços exclusivos de transporte individual ou compartilhado exclusivos de mulheres para mulheres, em funcionamento no Brasil:

 

Lady Driver

O Lady Driver está legalizado na cidade de São Paulo e em Guarulhos, desde o dia 8 de março de 2017 (Dia Internacional da Mulher). Basta baixar o aplicativo no celular, cadastrando dados pessoais e cartão de crédito. Para ainda maior segurança, a passageira pode cadastrar um contato de emergência, por telefone ou email, que será acionado em caso de necessidade.

Lady Driver

Imagem: Lady Driver – divulgação

A passageira solicita a corrida por telefone, recebendo a informação sobre a estimativa de preço. Depois de utilizar por algumas vezes, é possível escolher até a motorista favorita, de acordo com a preferência pessoal e que será acionada da onde a usuária estiver.

O objetivo do aplicativo é ajudar tanto mulheres motoristas, quanto passageiras. A taxa cobrada das motoristas é de 16%, considerada uma das menores do mercado de aplicativos. A porcentagem cobrada pelo Uber, por exemplo, é de 20% no UberBlack e 25% no UberX.

A Lady Driver é a primeira empresa do Brasil com apenas motoristas mulheres, o que significa contribuir para a igualdade de gênero ao serviço de transporte compartilhado. As motoristas cadastradas no aplicativo têm a chance de agendar corridas para todos os dias da semana e podem administrar seus serviços como uma espécie de empreendedora, tornando-se independente financeiramente.

Para se associar, a motorista deve ter carro com ano de fabricação acima de 2012, quatro portas e ar condicionado. É preciso ter também a licença de EAR (Exercício de Atividade Remunerada) na carteira e participar de treinamento na sede da Lady Driver.

O Lady Driver cresceu muito depois dos mais recentes casos de assédio contra mulheres. Atualmente já são mais de 100 mil downloads do app para iOS e Android. Em outubro, o serviço estará operando no Rio de Janeiro e futuramente, talvez, em demais grandes cidades do Brasil e América Latina.

Homens não podem se cadastrar como motoristas, mas podem servir de acompanhantes para motoristas mulheres já cadastradas.

Os preços para bandeira 1 são: taxa de serviço R$2,55. O valor por minuto (em corridas com menos de 15km) é de R$0,13 e o valor por km (em corridas com menos de 15km): R$1,66. Mais detalhes podem ser vistos no aplicativo.

Imagem: Lady Driver – divulgação

Apesar das mulheres serem o maior público usuário de táxis e transporte privado, a minoria dos motoristas é formada por mulheres. O aplicativo para mulheres parece abrir um novo nicho no mercado de trabalho para mulheres, além de atender a necessidade de mais segurança para as passageiras, nas grandes e até pequenas cidades brasileiras.

Imagem: Lady Driver – divulgação

Imagem: Lady Driver – divulgação

“99 Motorista Mulher”

Um novo recurso no serviço 99Taxi será destinado ao público feminino, com motoristas mulheres, fazendo com que as viagens sejam mais seguras e confortáveis para mulheres e crianças.

Constatando que um grande número de mulheres prefere ser atendida por uma mulher, quando solicita um táxi ou carro, no serviço de transporte individual, o aplicativo 99Táxi resolveu criar uma opção para suas clientes que preferem taxistas do sexo feminino.

99 Motorista Mulher

Imagem: foto divulgação

Na hora de solicitar uma corrida, a cliente seleciona a opção “Motorista Mulher”. Se um homem solicitar essa opção, a motorista tem o direito de recusar a corrida.  Por enquanto, a modalidade existe apenas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

A opção é o “99Motorista Mulher”, disponível para o serviço de táxi, no momento, mas a empresa também trabalha com motoristas particulares e planeja expandir a opção para essa modalidade no futuro. Na nova opção existiam 400 motoristas cadastradas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, em um total de 1.100 motoristas que trabalham através do aplicativo. Dos 60 mil taxistas que trabalham em São Paulo, apenas 7.421 são mulheres.

FemiTaxi

O FemiTaxi também é um aplicativo para atendimento exclusivo de mulheres, prestado exclusivamente por taxistas mulheres. O app já funciona em Belo Horizonte (MG) e na Grande São Paulo. A FemiTaxi já reúne 80 táxis comuns em Belo Horizonte, dirigidos por mulheres. Está disponível para os sistemas Android e iOS, com 4.000 clientes.

O FemiTaxi tem uma opção inédita, o “Crianças Desacompanhadas”, que pode ser agendado com antecedência e facilita muito a vida das mamães, levando e trazendo as crianças da escola, por exemplo.

Imagem: FemiTaxi - divulgação

Imagem: FemiTaxi – divulgação

É possível para os pais monitorarem os filhos ao vivo durante o trajeto, via YouTube, através da câmera de celular da motorista. Além disso, é fornecido o tempo real e a posição do veículo no mapa. O serviço, disponível em Belo Horizonte, leva crianças a partir de 7 anos.

O Femi Taxi foi criado depois dos relatos de mulheres sobre os contratempos de mulheres com motoristas homens. Depois do sucesso com o serviço que garante mais segurança para mulheres, a Femi Taxi resolveu lançar o transporte de crianças. Para esse serviço é cobrada uma taxa adicional de R$ 10 ao valor da corrida, que deve ser solicitada com no mínimo 30 minutos de antecedência. O serviço para mulheres não cobra acréscimo na corrida e para quem agenda com antecedência há 20% de desconto.

São 80 as taxistas do FemiTaxi, das quais oito foram selecionadas para o transporte de crianças, no horário das 6h às 20h. Essas motoristas passam por testes de avaliação, que examinam o bom relacionamento com crianças e o cuidado com que lida com as crianças no veículo. O gerente da FemiTaxi confirma que fez a seleção das motoristas pessoalmente e nelas confiaria para transportar o próprio filho.

As taxistas avaliam que seu faturamento aumentou bastante com esse tipo de aplicativo. Tanto as passageiras como as mães relatam que o transporte é seguro e passam a ser clientes exclusivas e frequentes. Para os pais que não tem disponibilidade de horário para buscar os filhos na escola, o serviço vem facilitando o dia a dia, de forma segura. Para essa confiança, o monitoramento da criança durante o trajeto vem sendo fundamental.

As motoristas do FemiTaxi pagam a taxa de R$ 1,50 ao aplicativo, para corridas em dinheiro. No cartão de crédito, a taxa é de 11,99% sobre o valor da corrida.

O crescimento da FemiTaxi em Belo Horizonte, apenas de fevereiro a março deste ano, foi de 45%. O proprietário pretende expandir a empresa para atendimento em Buenos Aires, na Argentina e em Santiago do Chile. 

Táxi Rosa

Táxi Rosa – foto divulgação.

Táxi Imagem: Táxi Rosa – foto divulgação.

 

Taxis dirigidos apenas por mulheres. Está disponível somente no Rio de Janeiro, o aplicativo Táxi Rosa atende os sistemas iOS e Android. As motoristas trabalham com táxis comuns, identificando o Táxi Rosa com um adesivo na parte traseira do automóvel.


Compartilhe nas redes sociais:
Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *