Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Aprenda a avaliar um carro usado como especialista

Compartilhe nas redes sociais:

É possível fazer uma avaliação de um carro usado como profissional e não ser prejudicado na hora da compra.

Quem deseja adquirir um carro seminovo ou usado não pode apenas confiar nas informações do dono ou vendedor sobre o estado do veículo, é preciso fazer uma avaliação dele. Porém muita gente não nem por onde começar e nesse caso existem duas opções: contratar uma empresa especializada ou aprender.

As empresas especializadas em vistorias podem realizar diferentes inspeções que vão variar de acordo com a necessidade do cliente, e verificam desde o funcionamento do carro até a procedência do veículo. Mas se o seu intuito é aprender a como fazer isso confira essas dicas.

Aprenda a avaliar um carro usado como especialista

Interior do veículo usado

  • Os cintos de segurança tem uma informação muito importante, o ano de fabricação que deve ser o mesmo da documentação. Com essa simples análise é possível descobrir alguma fraude.
  • Teste todos os equipamentos, verifique se todas as luzes do painel e do interior do veículo estão acendendo e se está tudo funcionando, inclusive o ar condicionado.
  • Sente se em todos os bancos e veja se não estão muito desgastados e apresentam irregularidades, isso além de desconfortável pode trazer perigos para o condutor.
  • Confira se o hodômetro confere com o desgasta das demais peças como cambio e volante. Se eles estiverem muito desgastados e o hodômetro tiver pouca quilometragem ele pode ter sido adulterado.

Carroceria

  • As marcas grande na pintura são fáceis de visualizar, porém as menores nem sempre são percebidas, ainda mais se as condições não estiverem favoráveis, para verificar a lataria e pintura prefira os dias ensolarados e com o carro seco, assim é possível ver todos os detalhes.
  • Confira o número do chassi, ele deve ser o mesmo do carro, vidros e documentos. Muitos falsificadores se esquecem de que o vidro contém essa informação e deixam ela passar.
  • Para saber se o carro já foi pintado uma dica é verificar embaixo da borracha entre o para-brisa e capota. Se encontrar diferença de tonalidade ou irregularidade significa que o veículo já foi pintado, só resta saber o porquê. Outra forma der checar esse informação é verificar se existem respingos de tintas nos faróis, já que algumas oficinas apenas cobrem essa parte na hora de pintar.
  • Verificar se o vão das portas estão igual ajudam a perceber se houve alguma batida e se o reparo não foi feito corretamente deixando alguma irregularidade.

Mecânica

  • Ligue o carro e se demorar muito para dar partida pode haver folgo no motor, isso pode trazer problemas futuros se não for reparado.
  • Chegue a parte inferior do veículo, mas não precisa se desesperar e entrar em baixo dele. Muitos postos de gasolina possuem elevador que permite fazer essa análise sem que você se aperte.
  • O escapamento não deve ter óleo e nem emitir fumaça preta, isso significa problemas mecânicos. Porém se ele só estiver preto de fuligem está tudo bem.
  • Confira o óleo, veja se está em um nível bom e se não está esbranquiçado, quando isso acontece significa que foi misturado com água.
  • Se o motor estiver muito limpo alguma coisa está errada, é comum que ele tenha poeira ou marcas de óleo. A limpeza pode querer esconder algum problema.
  • Compare os pneus com a quilometragem, até 30 mil quilômetros eles devem estar usados, mas não necessitam ser trocados. Se eles estiverem muito gastos com uma quilometragem inferior ou o dono não tinha cuidado com o carro ou o hodômetro está adulterado.
  • Texto o veículo em uma rua de paralelepípedos para verificar para checar a suspensão e barulhos que possa fazer. O freio também precisa ser testado, assim como o alinhamento.

Por mais que não entenda de mecânica, dá para saber se as mangueiras estão velhas. Com o motor desligado e frio, dê uma apertada de leve nelas, se estiverem duras ou ressecadas, vão apresentar problemas.

Pneus

Os pneus além de ajudaram a saber se a quilometragem do carro está certa, podem ainda indicar outros problemas.

Se os pneus foram todos trocados ao mesmo tempo e um determinado lado está mais desgastado, isso pode indicar problemas de alinhamento ou suspensão.

Portas

Elas podem parecer perfeitas, mas podem estar com algum problemas. Sempre abra e feche todas as portas para verificar se estão fechando corretamente e não existe nada solto.

Faça o teste também com as travas das portas, tentando abrir uma a uma por dentro e por fora, com elas travadas e destravadas.

Ferrugens

Avalie bem a lataria a procura de ferrugens que estejam na parte externa.

Um local que pode esconder ferrugens e muitas vezes as pessoas não lembram de olhar é no piso. Levante os tapetes e carpetes do porta-malas a procura de alguma.

E então, pronto para ser um especialista na avaliação de carros? E você ainda tem alguma dica diferente que costuma usar ao avaliar um carro usado que pode ajudar mais pessoas a não caírem em armadilhas? Compartilhe nos comentários!


Compartilhe nas redes sociais:
Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *