Seta Balao

Cote o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Teve o carro roubado? Imagina o prejuízo que pode ter sem seguro!

Não ter o seguro do carro pode causar muita dor de cabeça e o desespero de ficar sem o veículo. Já imaginou ter o carro roubado, o prejuízo que pode ter sem seguro?

Os índices de roubos e furtos de carros cresceram nos últimos anos, principalmente, nas grandes cidades. Por conta disso, é muito importante que você avalie o prejuízo que pode ter sem seguro, caso decida não contratar esta proteção.

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública, no período de janeiro a abril de 2022, a cada 6 minutos um carro foi roubado no Brasil. Estes números mostram um crescimento de 23% quando comparamos os mesmos meses de 2021.

Ter um seguro auto, nos dias de hoje, é como se fosse um investimento para que você garanta a proteção do seu veículo e diminua o prejuízo que pode ter sem seguro. Portanto, não podemos achar que ter um seguro auto é um gasto supérfluo e que pode ser retirado do orçamento.

Teve o carro roubado? Imagina o prejuízo que pode ter sem seguro!
Imagem: Getty Images

O que fazer se o carro roubado era financiado?

A pior coisa que pode acontecer é você ter um bem roubado e ainda continuar pagando por ele, não é mesmo? Mas, infelizmente, este pode ser um dos prejuízos que pode ter sem seguro auto, se o carro estava financiado.

Por mais que pareça injusto continuar o pagamento do financiamento, o dinheiro emprestado pelo pago é referente ao valor do veículo e não ao carro.

É direito do consumidor tentar uma revisão de juros junto ao banco que realizou o financiamento para tentar diminuir um pouco o valor das parcelas. Lembrando que esta revisão não fará com que você deixe de terminar de pagar as parcelas que faltam no carnê.

Se o carro já estava quitado, porém, parado em vaga de zona azul, existe a possibilidade de pedir a indenização da prefeitura, mas será necessário entrar com processo e aguardar o julgamento do juiz. Não é uma certeza de causa ganha, tudo vai depender das interpretações.

Quais os outros prejuízos que pode ter sem seguro?

Além de ter todo este problema de ficar sem o carro, após ser roubado, não ter uma proteção pode ter outros tipos de prejuízos. São eles:

1 – Não ter assistência em caso de pane mecânica

Se o carro quebrar no meio da rua ou até mesmo na estrada, a pessoa que não tem o suporte de um seguro, por exemplo, terá que arrumar um jeito para levar o carro ao mecânico mais perto, certo? Podendo se tornar um prejuízo que pode ter sem seguro, afinal, terá que procurar guinchos disponíveis e pagar mais caro pelo transporte.

2 – Não a opção de carro reserva

Se por algum motivo você precisar ficar sem o veículo, terá que dar um jeito para se locomover, já que um dos benefícios de ter um seguro auto é o carro reserva justamente para os dias em que você ficaria sem o carro.

Com isso, os gastos com o transporte para se locomover até as tarefas do dia como, por exemplo, ir ao trabalho ou até mesmo levar os filhos à escola, terão que sair do seu bolso. Portanto, é outro prejuízo que pode ter sem seguro.

3 – Pagar as despesas em caso de acidente

Quando se tem um seguro auto e você sofre um acidente, geralmente, é só realizar o pagamento da franquia e a seguradora cuida de todos os detalhes do conserto, não é mesmo?

Mas você pode estar se perguntando qual é o prejuízo que pode ter sem seguro se terei que pagar algo além das parcelas? A resposta é que, no caso de acidente, você não paga o valor total do conserto e, sim, um valor que está acordado em contrato que, dependendo do conserto, sairá muito mais barato se for pagar sozinho. Ah! E, dependendo da cobertura do seguro, está incluso arrumar o carro do terceiro. 

Compartilhe conosco se você já teve este prejuízo por não ter o seguro.

Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Gestão de Seguros, Marketing e tem pós em Administração na FGV, possui curso técnico em Direito do Seguro. Possui mais de 3.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.