Seta Balao

Cote o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Como emplacar o carro sem contratar um despachante

Comprar um carro novo, muitas vezes, é a realização de um sonho. Porém, a quantidade de taxas e seus valores podem tornar essa realização num pesadelo. Por exemplo: quem adquire um carro zero precisa emplacá-lo, e geralmente tem que contratar um despachante. O despachante ainda cobra pelo serviço, o que pode pesar no bolso. Mas há uma solução: que tal emplacar o carro sem contratar um despachante?

Um despachante tem como função dar seguimento a trâmites burocráticos, como o emplacamento de um veículo e a troca de município no registro do carro.

Especialista no assunto, ele costuma agilizar os processos, trazendo facilidade ao usuário.

É por isso que é comum contratá-lo para cuidar dos passos do seu veículo.

Mas, você sabia que dá para emplacar o carro sem contratar um despachante?

É comum que as próprias concessionárias contem com um despachante.

Outra opção é contratar o profissional por conta própria.

Porém, esses especialistas cobram por seus serviços, e o emplacamento do carro também é pago.

Juntando todas as taxas, os custos podem pesar no bolso.

Se você não deseja, ou não pode gastar agora, este texto é para você.

A seguir, explicamos como emplacar seu carro zero “sozinho”. Acompanhe!

Como emplacar o carro sem contratar um despachante

Imagem: Getty Images

Passo a passo para emplacar o carro sem contratar um despachante

Para quem quer economizar, emplacar o carro sem contratar um despachante pode ser uma boa opção.

E o procedimento para emplacar veículo não é tão difícil quanto parece.

Na verdade, ele só consome um pouco de tempo, devido às filas.

É por isso que muita gente prefere “terceirizar” a tarefa.

A seguir, listamos as etapas básicas para regularizar seu automóvel.

Em todo o caso, lembre-se que o procedimento pode mudar de um estado para outro.

Por isso, acesse o site do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) da sua localidade.

Você também pode ligar para o órgão e se informar sobre qualquer particularidade do processo.

Passo 1: documentos

Você deve estar se perguntando: o que precisa para emplacar um veículo zero?

A primeira coisa a se fazer para o emplacamento do carro é solicitar os documentos do automóvel à concessionária.

Você vai precisar do Decalque do número do chassi (original), da Nota Fiscal do Fabricante(cópia simples) e da Nota Fiscal da Revenda (original).

Passo 2: vá ao Detran e ao banco

É preciso que o proprietário do veículo, ou alguém com uma procuração assinada pelo proprietário, realize os procedimentos a seguir.

Vá ao Detran, unidade de trânsito ou Poupatempo da sua cidade.

Além dos documentos do veículo, você precisará apresentar o seu CPF, RG e comprovante de residência recente (de até três meses atrás).

Nesse momento, será hora de conseguir a liberação da placa.

Para regularizar o carro, também é preciso quitar alguns impostos.

Por isso, no Detran, você obterá os dados para pagamento do valor do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e do DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres).

No órgão, o proprietário do carro ainda obtém o formulário do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores), a “certidão de nascimento” do carro.

Com esses dados em mãos, é hora de se dirigir a um banco para pagar todas as taxas.

Alguns bancos permitem o pagamento dos valores pela internet, por meio do seu aplicativo.

Ainda assim, é mais comum a quitação pelo Caixa Eletrônico.

Esses documentos para emplacar carro zero são importantes também para o futuro, pois vão comprovar que o automóvel está regular.

Por isso, depois de tirar o auto da concessionária, mantenha-os sempre à mão.

Vai aproveitar o carro novo para viajar? Não fique sem conferir as nossas dicas para organizar a bagagem, :)

Passo 3: volte ao Detran

Com os formulários e taxas pagas, vá ao Detran escolher a placa do carro.

Este passo é realizado no Setor de Classificação de Placas.

Feito isso, vá ao setor de Certificado de Registro de Veículo (CRV), para dar entrada na documentação.

O CRV não fica pronto na hora do pedido.

É preciso aguardar alguns dias, e o prazo é informado ao consumidor no momento da solicitação.

Passo 4: faça o emplacamento do veículo

Com todos os documentos e liberações em mãos, para emplacar o carro, é só se dirigir a um ponto de emplacamento autorizado pelo Detran.

Lá, não é necessário pagar nenhuma taxa, pois todos os valores já foram recolhidos.

Vale a pena lembrar que os locais para realização do serviço variam de uma cidade para outra.

Por exemplo: às vezes, o setor de CRV pode ficar em um prédio diferente do setor de solicitação do IPVA.

Dessa forma, é sempre bom verificar os locais corretos, pelo site ou telefone de atendimento do órgão.

Quanto custa contratar um despachante?

O valor necessário para contratar um despachantes pode variar muito de um estabelecimento para outro, e principalmente, de acordo com as regiões do país.

No entanto, é preciso fazer uma boa pesquisa de preços para garantir um bom valor.

Para ter uma ideia de quanto custa esse tipo de serviço, em Belo Horizonte (MG), o valor de um trabalho completo de despachantes custa entre R$ 340 e R$ 550.

Nesse estimativa pode-se também ver o quanto o valor  varia (cerca de 60%).

No entanto, além do menor valor, é preciso buscar por boas referências, para que o barato não saia caro.

Para quem tem o tempo disponível para realizar o emplacamento por conta própria, gastar 500 reais com despachante pode ser um valor bem alto.

Por isso, fazer o emplacamento sem despachante pode ser bem melhor.

Além disso, essa quantia pode ser melhor gasta, com acessórios para o veículo, ou ajudando a pagar o seguro do carro, por exemplo.

Valor do emplacamento

O emplacamento feito diretamente pelo proprietário, sem o intermédio do despachante, em São Paulo, fica por volta de R$ 261,41 (taxa do primeiro registro) mais R$ 117,91 pelo par de placas com tarjeta.

O valor total fica em torno de R$380,00.

Já contratando o despachante no mesmo estado, o valor pode chegar a R$900,00.

Ou seja, quando feito pelo próprio motorista, o emplacamento pode sair bem em conta.

Com essa economia, o motorista do estado de São Paulo, desde 2016, pode pagar um valor de mais ou menos R$91 e escolher a combinação alfanumérica da placa, desde que ela esteja disponível.

Para quem gosta de personalização, ter uma placa com os números e letras desejados pode ser bem interessante.

Outras vantagens em fazer o emplacamento sem o despachante

Além da economia, há outras vantagens em fazer o emplacamento sem o despachante.

Uma delas é a preocupação quanto à seriedade e responsabilidade do profissional.

Isso porque, muitas vezes o despachante fica com a posse do veículo e de uma procuração que o autoriza a realizar os procedimentos em nome do cliente.

Ou seja, qualquer coisa de errado que o despachante fizer, pode acarretar consequências para o cliente.

Assim, se o comprador do carro resolve fazer os procedimentos ele mesmo, ele possui a certeza de que toda a documentação está sendo feita corretamente e que o veículo está em segurança.

Além disso, o prazo para terminar todo o processo de emplacamento do carro, não é reduzido quando feito através do despachante, já que esses prazos são dados pelo Detran.

O despachante responsabiliza-se apenas a ir até o órgão e fazer o pagamento das taxas.

Comprar um carro emplacado

Para quem quer economizar com o emplacamento do carro, uma outra alternativa é comprar um carro que já venha com o emplacamento incluso no valor do veículo.

Algumas concessionárias fazem promoções desse tipo para atrair os clientes e fornecer uma espécie de desconto, que pode ser bastante proveitoso para o comprador do veículo.

Há ainda aquelas que cobram o valor do emplacamento mas responsabilizam-se pela tarefa.

Assim, o valor do despachante não é pago (ou pago pela própria concessionária).

Apesar de nesse caso haver o custo para o cliente, é uma alternativa para poupar tempo.

Dependendo da época em que o veículo for comprado, ainda é possível encontrar condições em que o IPVA também já vem pago pela concessionária, o que representa uma economia ainda maior para o cliente.

Por isso, comprar o veículo de uma maneira planejada, pode trazer uma série de benefícios.

Além disso, é importante ficar atento as promoções para encontrar por vantagens que representem economia e facilidade.

Cuidado com os prazos

Quem vai fazer o emplacamento por conta própria precisa tomar cuidado com os prazos para realizar os procedimentos.

Isso porque, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o registro precisa ser feito em até 15 dias contados a partir da expedição da nota fiscal.

Transitar com o carro sem placa, nesse período, também é permitido, desde que seja apenas no trajeto entre a concessionária e o órgão onde é feito o emplacamento.

Depois desse período, ou caso o carro esteja transitando com o carro fora do trajeto permitido, o motorista fica sujeito a uma infração gravíssima, com multa de R$293,47, 7 pontos na CNH e apreensão do veículo, que é encaminhado para o pátio, de acordo com o Inciso Vi do Artigo 230 do CTB.

Caso a placa seja roubada, a pena é a mesma.

Agora que você está com o carro novo, aproveite para contratar um seguro auto. Conheça as nossas dicas e contrate o melhor corretor!

Um seguro auto é fundamental para manter o seu bem seguro, e para prevenir prejuízos após colisões, roubo ou outros sinistros.

Algumas vezes, os serviços para emplacamento do carro podem ser agendados, tornando o atendimento mais rápido.

Informe-se no Detran de sua cidade sobre a melhor forma de emplacar o carro sem contratar um despachante.

Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV, possui curso técnico em Direito do Seguro e atualmente cursa Gestão de Seguros. Possui mais de 2.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

20 Comentários

  • Fernando Nobrega says:

    Muito bacana o texto, ajuda e dá a oportunidade dos proprietários de veículos a opção de comprar suas placas Mercosul por sua conta. Eu efetuei o emplacamento do meu veículo em SP de forma muito simples e online, bem mais barato. Você agenda no site e eles emplacam na sua casa sem custo.

  • Luís Gonzaga de Carvalho says:

    Olá,

    Qual endereço para emplacamento em Campinas SP?

    Att

  • Patrícia Marques says:

    Boa tarde,

    Como faço para emplacar carro zero PCD sem o despachante, se tenho a isenção do IPVA?
    Sou de Maricá, Rio de Janeiro

    Att.,
    Patricia

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Patrícia,

      Obrigada pela mensagem em nosso site.
      Por favor, procure o órgão responsável de sua cidade para que possam ajuda-la.

      Atenciosamente.

  • Silan Guirre says:

    Bom dia,

    Como faco para emplacar carro zero PCD sem o despachante, se tenho a isenção do IPVA?
    Sou de Santo André, SP.

    Att

    • Juscelino Navarreti Mota says:

      Oi,

      O processo para PCD é igual, pode ir ao Poupa Tempo dentro do Shopping Atriumm em Santo André, levando os documentos necessários já citados acima.
      Nota fiscal do veículo, decalque do chassis, comprovante de endereço, documentos da pessoa com isenção e fazer o processo normal, não esqueça de informar no momento da entrada do documento que é PCD.

      Até

  • Rubens says:

    Olá,

    Quero emplacar meu carro com letra 0 placa de Recife PE, mas não estou morando mais em Recife, moro em Campina Grande Paraíba, preciso me deslocar até Recife pra fazer isso ou posso emplacar por aqui mesmo? Outra coisa, o carro é financiado, e está no nome da empresa do meu cunhado, muda alguma coisa, dificulta mais ainda, ou é algo simples?

    Obrigado

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Rubens,

      Obrigada pela mensagem em nosso site.
      Por favor, entre em contato com o órgão responsável para que possam ajuda-lo.

      Para fazer uma cotação ou renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link https://www.seguroauto.org/cote/ para que um corretor parceiro entre em contato com você.

      Atenciosamente.

  • Clair Paes says:

    Bom dia, por favor, gostaria de saber como devo proceder para licenciar carro zero pra PCD sem contar com ajuda de despachante. Sou de Jundiaí.

    Obrigada

  • Rita de Cassia Prates says:

    Bom dia,

    Gostaria de saber se posso emplacar o carro que meu marido comprou?

    Grata.

  • Anônimo says:

    Boa tarde,

    Quanto custa mas ou menos para emplacar meu carro zero (Valor das taxas e quis são?

    Obrigado

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde,

      Obrigada por comentar no SeguroAuto,
      Por favor, entre em contato com o órgão responsável para que possam ajuda-lo
      Caso você tenha interesse em fazer uma renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link https://www.seguroauto.org/cote/ para que um corretor entre em contato com você.

      Atenciosamente.

  • Julio says:

    Ah, e pra quem esta comprando automaticamente o despachante fará esse processo mais rápido sem estresse, mas quem compra usado terá que deixar seu carro em ordem como farol, lanterna, pneus, tudo bom e funcionando como parte elétrica fará o processo de marca um laudo da sua região que custará entre 130,00 reais se tiver tudo certinho passou no laudo, ele te dará uma laudo com o seu registro do carro como placa chassis do veiculo etc. Quando ele te entregar, você irá no Poupatempo e vc irá pagar o valor que eu expliquei em cima e o documento sai no mesmo dia.

    Att

  • Julio says:

    Oi galera, boa tarde,

    Pra quem está com duvidas, o emplacamentos de veículo custa entre variações de onde foi comprado, tipo concessionário custa entre media 181,95 com o dono próprio fica 117,91 já incluso com o lacre mais o licenciamento do Renavam, fica entre 261,41 agora se tiver em dia fica 181,34 isso da região de Guarulhos, mas creio que na sua região seja a mesma coisa. Boa sorte!

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Julio,

      Obrigada por comentar no seguroauto.org,
      Caso você tenha interesse em fazer uma cotação de seguro, entre em nosso site e preencha o formulário para que um de nossos corretores entre em contato com você.

      Abraço

  • Cintia says:

    Boa tarde,

    Por gentileza, poderia me dizer a sequência do que devo fazer e pagar, para emplacar meu carro zero com isenção PNE?

    Grata Cintia

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Cintia,

      Obrigada por comentar no seguroauto.org,
      Caso você tenha interesse em fazer uma cotação de seguro, preencha o formulário na home-page do nosso site para que um de nossos parceiros entre em contato com você.

      Abraço.

  • Benedito says:

    Boa noite,

    Gostaria de saber os valores das taxas que terei que pagar para emplacar e licenciar, incluindo o valor do IPVA do meu carro Crossfox 2016.

    Obrigado.

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Benedito,

      Obrigada por comentar no seguroauto.org,
      Nosso site é para cotações de seguro, caso você tenha interesse, entre na home-page e preencha o formulário para que um de nossos corretores entre em contato com você.

      Abraço.

  • sinara says:

    Boa tarde. Então, minha placa com final 8, corsa 98, tenho que fazer o emplacamento (pagar), não quero pelo despachante. Quais os procedimentos?, Documentos? Onde ir primeiro? Custo mais ou menos tudo? Agradeço desde já.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *