Seta Balao

Cote o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Consórcio de moto: como funciona e como fazer o seu

Os consórcios são uma alternativa bastante viável para quem deseja realizar a compra de bens, como por exemplo, carros, motos e imóveis, sendo mais atrativos do que os financiamentos. Sendo assim, o consórcio de moto é interessante tanto pelos valores e taxas de juros, quanto pelas contemplações, já que é uma das modalidades que mais vendeu cotas no ano de 2021, contemplando tanto homens quanto mulheres.

Nesse sentido, vamos falar sobre o que é um consórcio de moto, como ele funciona e o que avaliar ao aderir a um consórcio.

Consórcio de moto: como funciona e como fazer o seu

Imagem: Getty Images

O que é um consórcio?

Conceitualmente, o consórcio pode ser entendido como um dos mecanismos de compra bens e serviços disponíveis no mercado, onde um grupo de consumidores com interesses em comum se unem, criando uma espécie de fundo coletivo para adquirir esse bem.

Contudo, para ter direito ao valor do bem, é necessário contribuir mensalmente, pagando as parcelas correspondentes ao valor da carta de crédito.

Assim, para que você seja contemplado, existem duas possibilidades, que são os sorteios ou os lances.

Mensalmente, são realizados sorteios, onde um ou mais participantes podem ser contemplados, dando-lhes o direito de retirar o valor da sua carta de crédito e, assim, realizar o sonho de ter a sua moto.

Aqui, é importante lembrar que todos os participantes do grupo de consórcio têm direito a receber o valor da sua carta de crédito, conforme o que foi disposto no contrato do consórcio, e claro, dentro do prazo de validade do consórcio.

Também é importante destacar que para realizar a organização do grupo do consórcio, tal como os sorteios e controles de pagamento, a administradora do consórcio se denomina como responsável pelo consórcio em si.

Agora que você compreende que um consórcio pode ser entendido como uma espécie de autofinanciamento, ou ainda, poupança coletiva de um bem, vamos explicar como funciona um consórcio de moto.

Como funciona um consórcio de moto

De modo muito simples, o consórcio de moto funciona da seguinte forma: você escolhe o modelo da moto desejada, ou ainda, uma carta de crédito no valor da moto.

Após pensar sobre esse primeiro detalhe, você deve escolher a administradora do consórcio, para assim entrar no grupo de consórcio e realizar os pagamentos mensais da sua cota.

Aqui, você também deve considerar alguns detalhes, como por exemplo, quantidade de parcelas a pagar, formas de contemplação e o valor da parcela a ser paga.

Todos esses detalhes são importantes para que você se organize financeiramente e consiga ser contemplado de maneira rápida.

Assim, se você realizar os pagamentos da sua cota em dias, você pode participar das assembleias mensais, onde são realizados o sorteio do consorciado para resgatar o valor da sua carta de crédito e dar a entrada na sua moto.

Parece bastante simples, não é mesmo? E na verdade é, desde que você tenha ciência das condições do seu consórcio e realize os pagamentos regularmente, para assim ter direito ao bem.

Caso você atrase o pagamento das parcelas, o seu consórcio pode ser cancelado, conforme o disposto na Lei nº 11.795/2008, também conhecida como a Lei de Consórcios.

Como participar de um consórcio de moto

Basicamente, existem 02 (duas) formas de participar de um consórcio de moto, que é entrando em um grupo em formação, ou ainda entrando em grupo que já está formado.

Nesse sentido, os grupos em formação são os grupos que ainda não estão fechados e em operação, pois a administradora ainda está em busca de pessoas para completar a quantidade de pessoas ideal no grupo,

Neste caso, você entra em grupo que ainda irá começar, onde a contemplação dos participantes se iniciam após um prazo pré-estabelecido pela administradora.

No caso dos grupos já formados, eles já estão fechados e em plena operação. Normalmente, estes grupos já contemplaram alguns participantes, e estão a todo vapor.

Sendo assim, para entrar nesses grupos, você pode adquirir uma cota que ainda não foi comprada (cota vaga) ou uma cota de transferência.

No caso da cota vaga, você adquire diretamente com a administradora do consórcio, fazendo toda a negociação de forma muito segura.

Já a cota de transferência é negociada diretamente entre participantes do grupo, e sendo assim, as obrigações e responsabilidades ficam a critério dos participantes, fazendo todo o processo de maneira avulsa.

Neste caso, a administradora do consórcio só entra em ação no momento da transferência em si.

Por isso, é muito importante observar todos os detalhes do contrato da sua cota de consórcio, para saber seus direitos, deveres e obrigações, estando seguro para adquirir a sua moto.

Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV, possui curso técnico em Direito do Seguro e atualmente cursa Gestão de Seguros. Possui mais de 2.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.