dcsimg

Faça as contas dos custos que seu carro lhe traz

Faca-as-contas-dos-custos-que-seu-carro-lhe-trazTer um veículo é uma comodidade, mas mantê-lo pode pesar no orçamento devido aos custos que o carro traz.

Principalmente em tempos de crise, as pessoas começam a analisar com mais cuidado as contas e então descobrem para onde está indo o dinheiro. Uma dos itens que acaba comprometendo o orçamento é o veículo, seja ele para lazer ou para trabalho.

Se você comprou o seu carro financiado aí já está o seu primeiro custo e ele não é referente apenas ao valor da parcela, mas aos juros que estão embutidos nela. Porém, eles não param por aí, ainda existem muitos outros custos que estavam “escondidos” e que você nunca tinha parado para pensar.

O IPVA do começo do ano não tem como escapar e ele já representa cerca de 4% do valor do veículo, pode parecer pouco, mas quando somado com os demais você vai perceber que ele fica bem alto. Quem tem um seguro auto pode calcular algo em torno de 3% a 10% do valor do veículos de acordo com as coberturas que possui.

Esses são apenas os gastos fixos, existem ainda valores variáveis que vão de acordo com a sua utilização.

Custos variáveis que o veículo gera

Se você estava feliz achando que os gastos eram apenas aquele, sinto informar que ainda tem muito mais por vir.

O combustível, seja ele gasolina, álcool ou GNV tem um valor extremamente elevado e dependendo de quanto anda com o carro ele pode chegar a um salário mínimo. Como fica impossível prever quanto cada motorista irá gastar a dica é sempre que for abastecer fazer anotações do valor da compra. Se abastece mais de uma vez por mês no final basta somar tudo.

Ao sair com o carro é preciso estacionar e mesmo quando é na rua, muitas vezes é preciso usar o cartão do estacionamento ou então deixar um trocado para o flanelinha. Se parar em um estacionamento particular, o valor costuma ser mais alto, porém a segurança é mais garantida.

Quem tem o hábito de viajar pode preparar o bolso para gastar com pedágios, eles tem tarifas altíssimas e infelizmente nem sempre se tem estradas compatíveis com os valores pagos. Para conservar o carro é preciso ainda gastar com lavagens, manutenções e muitos outros.

E ainda tem mais um detalhe: se você for um motorista que não respeita as leis de trânsito pode se preparar para as multas. Elas já tinham um valor alto e algumas sofreram aumento de até 900%, deixando o valor ainda mais elevado.

Para se ter uma ideia veja uma lista dos gastos que o carro gera:

  • IPVA
  • Seguro Obrigatório (DPVAT)
  • Seguro Auto
  • Financiamento
  • Combustível
  • Estacionamento
  • Pedágio
  • Limpeza
  • Oficina
  • Balanceamento
  • Reparos de possíveis danos
  • Acessórios, como som, etc.

Agora que já tem uma noção dos custos que o seu carro gera, basta começar a anotar tudo o que paga para saber o valor exato. Em tempos de crise tem gente abandonando o carro e pegando ônibus para tentar diminuir esses valores.

Leia mais artigos sobre:

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário