Seta Balao

Cote o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Existe um limite para usar o seguro auto durante o ano?

É normal algumas pessoas terem dúvidas sobre tempo de vigência e limite para usar o seguro auto durante o ano. Se você também tem dúvidas sobre isso, acompanhe.

Muitas pessoas quando estão pesquisando um seguro auto para contratar, ou mesmo já possuem um se pegam com dúvidas sobre o tempo exato de vigência da apólice, e o limite para usar o seguro auto durante o ano. Se esse é o seu caso, acompanhe mais informações sobre o assunto.

Existe um limite para usar o seguro auto durante o ano?

Imagem: Getty

Limite para usar a cobertura de perda total

Quando o assunto é o limite de uso da cobertura do seguro auto, o primeiro item que vale a pena comentar é a cobertura nos casos de perda total, seja ela ocasionada por uma colisão ou por roubo / furto sem a recuperação do veículo. Nesses casos, o limite de acionamento do seguro auto é de apenas uma vez por ano.

Quando isso acontece a seguradora paga a indenização conforme acordada na apólice. Após esse pagamento, o contrato de prestação de serviço é quitado e cancelado, obrigando o cliente a fazer uma nova apólice de seguro.

Como nesse caso, a apólice será cancelada logo após o pagamento da indenização, não existem maneiras de acionar essa cobertura mais de uma vez.

Limite para usar a cobertura de perda parcial

No caso de acionamento da cobertura de perda parcial, como consertos, o seguro poderá ser acionado quantas vezes for necessário, não existe um limite de uso. Ou seja, toda às vezes que acontecer uma colisão que cause a perda parcial, ou qualquer outro problema que promova a necessidade de conserto. O cliente pode acionar o seguro tranquilamente, sem medo de recusa.

Cobertura para danos a terceiros

É importante explicar também como o seguro funciona quando é acionado nesses casos. De modo geral, as seguradoras trabalham com um sistema chamado “reintegração automática de verba”, que funciona da seguinte maneira.

Supondo que o cliente tenha uma cobertura para terceiros de R$ 100 mil, e em uma colisão, por culpa do segurado, a outra pessoa sofra perda total, no valor de R$ 60 mil. Quando acionado, o seguro deverá pagar a indenização do terceiro, e por não ter atingido o valor integral da indenização contratada, a cobertura de terceiros do segurado é reintegrada, voltando ao valor total de R$ 100 mil.

Agora, se o mesmo segurado sofrer outra colisão e tiver que indenizar a outra pessoa no valor de, por exemplo, R$ 50 mil. O seguro novamente pagará a indenização, no entanto, a soma das duas indenizações será de R$ 110 mil, ultrapassando o valor teto de cobertura contratada. Nesse caso, a cobertura não é reintegrada e sim, cancelada.

Em relação aos serviços de assistência 24h, qual o limite de acionamento?

O limite de acionamento da cobertura 24h varia de acordo com cada empresa. A assistência 24h oferece diversas possibilidades de serviços, como guinchos, chaveiro, auto socorro e muito mais, no entanto, o limite de uso desses serviços varia muito conforme cada seguradora, seguindo o que é estabelecido pela Susep.

Enquanto algumas permitem o acionamento apenas três vezes durante todo período da vigência da apólice, outras promovem o uso ilimitado desses serviços. Por isso, vale a pena pesquisar essa questão antes de contratar uma seguradora.

Limite de uso para cobertura de vidros

Essa também é outra cobertura que varia muito conforme a política de cada empresa. Algumas seguradoras permitem o uso apenas duas vezes durante todo o tempo de vigência do seguro. Já outras limitam o uso conforme o valor dos reparos realizados, ou seja, na contratação da apólice é estipulado um valor máximo para cobertura de vidros, e quando ele é atingido, independentemente do número de sinistros que sejam feitos, a cobertura deixa de existir.

Por isso, esse também é um detalhe que vale a pena ser observado no momento da contratação, assim será possível optar por uma empresa que realmente atenda suas necessidades com limite para usar o seguro auto, evitando surpresas desagradáveis no futuro.

Fique atento

Vale a pena lembrar que, apesar de ser possível contatar o seguro quantas vezes for necessário em sinistros de perda parcial, quanto mais vezes você acionar o seguro, menores serão suas chances de conseguir a renovação da apólice quando chegar a hora.

Leia mais artigos sobre:
Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Gestão de Seguros, Marketing e tem pós em Administração na FGV, possui curso técnico em Direito do Seguro. Possui mais de 3.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

7 Comentários

  • Ricardo says:

    O primeiro parabrisa original trincou acima de 10 cm e paguei franquia e foi trocado. Depois de alguns meses quebrou novamente por pedra acima de 10 cm de novo. A Tokio terá que trocar mediante novo pagamento de franquia?

    • Augusta Miranda says:

      Olá, Ricardo!
      SeguroAuto é um portal de geração de leads que encaminha as solicitações de clientes em busca de um plano de seguro auto para os corretores parceiros que trabalham com diferentes seguradoras em todo o Brasil.
      Não somos seguradora e por isso pedimos que, para dúvidas pertinentes ao contrato, o leitor entre em contato com o seu corretor de seguros ou seguradora contratada para saná-las.
      Aqui em nossa página solucionamos dúvidas referentes ao nosso site, como fazer cotação do seguro auto, entre outras pertinentes. As que são relacionadas ao serviço ofertado por uma seguradora apenas ela tem autorização para resolver. Portanto, solicitamos que o leitor entre em contato diretamente com a mesma.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • José Neuton Magalhães says:

    tenho seguro da porto e vou desfazer pois eles disseram que o reboque só pode ser usado uma vez por mês , e op meu carro quebrou duas vezes no mesmo dia sendo que tenho seguro a tres anos, e nunca usei nada. vou procurar outra seguradora ok

  • Lucas says:

    Apos bater meu veiculo abri o sinistro 20 dias depois que chegou da oficina foi furtado eles vao pagar por furto ou roubo ?

    • Augusta Miranda says:

      Olá, Lucas!
      Busque entender as regras com seu corretor e veja a apólice que assinou no momento da contratação.
      SeguroAuto é um portal de geração de leads que encaminha as solicitações de clientes em busca de um plano de seguro auto para os corretores parceiros das seguradoras em todo o Brasil.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • Paulo Fabricio says:

    no caso de um seguro feito de um bem (valor parcial do bem), digamos um veiculo de valor 50.000 reais, o seguro tenha sido feito para cobrir até 30 mil reais, no caso de sinistro que atinja o valor total de 30 mil reais, o restante do ano o segurado não irá mais ficar segurado deveno fazer um novo seguro?

    • Augusta Miranda says:

      Olá, Paulo!
      Se for um caso de cobertura de perda parcial, como consertos, o seguro poderá ser acionado quantas vezes for necessário, não existe um limite de uso. Em caso de perda total após o pagamento indenizatório, o contrato de prestação de serviço é quitado e cancelado, obrigando o cliente a fazer uma nova apólice de seguro.

      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.