0

Prezados Senhores: Meu nome é Luiz Roberto Medina dos Santos, CPF 621024008-91, e venho sendo processado pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, por não pagamento de IPVA de automóvel sinistrado, com perda total, em 22/07/1999. Na época do acidente (capotamento na Rodovia Carvalho Pinto) o automóvel (Peugeot 205, ano 1996, placa CRS-5408) era segurado através da Corretora Milani de Jacareí (Fone 12-3952-1266) que não fornece informações, por dizer que seus arquivos são de apenas cinco anos retroativos. Como não tenho registros da seguradora que me indenizou na época, não tenho como acrescentar dados para minha defesa ao BO da Polícia Rodoviária, único documento que possuo. Há como saber se, na época, a antiga Marítima teria me indenizado? E se ela notificou o DETRAN – SP sobre a perda total do veículo? Cordialmente, Luiz Roberto Medina dos Santos