0

Boa noite,

Há 5 anos meu esposo fez um seguro de um Gol mi special 1.0 e no mês de setembro, aproximadamente, foi renovado e dividido em umas 6 parcelas. No mês de novembro do mesmo ano, houve um acidente fatal e além de meu esposo ter morrido, houve perda total do veículo. Não tinhamos filhos. Prontamente dei entrada na seguradora que fez o translado do corpo e veículo do mesmo.

Porém, conforme contrato, foi solicitado o alvará judicial para realização da entrega do prêmio. Mas o juíz só entregou esse bendito documento agora em fevereiro. Na época o veículo era de 14.046,00 pela tabela da Fipe. Só que com o passar dos anos o valor foi para aproximadamente 8.000,00 reais. Na época ficou pra ser pago 1.200,00 do valor do seguro à Bradesco Seguros.

Hoje, além de eu ter que receber pelo valor da tabela fipe atual, ainda descontaram o restante do valor do seguro. Pergunto: eu não teria direito de receber o valor do veículos como o valor da época do evento? E, automaticamente ao ir receber o prêmio de um seguro não se deixa de pagar o mesmo, tendo em vista que o segurado veio a falecer? Especialmente porque a razão da demora é totalmente por conta da liberação judicial solicitada.

Agradeço e aguardo resposta.

Lyla Genu