Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

A lei e os acidentes na faixa de pedestre

Compartilhe nas redes sociais:

Todo mundo sabe que se deve atravessar a rua na faixa de pedestres, pois, isso ajuda a prevenir acidentes de trânsito, que em alguns casos levam a morte.

Porém, mesmo conhecendo todas essas orientações, não é nada raro vermos pessoas atravessando em locais que não são sinalizados e se arriscando entre os veículos.

Os carros também não devem parar sobre as faixas de pedestres, pois isso, impede que as pessoas transitem no local adequado.

Os transeuntes reclamam quando os carros estão sobre a faixa, mas para isso existe a legislação de trânsito, que gera multa aos condutores.

O que muita gente não sabe é que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no artigo 254, também prevê a punição para os pedestres que descumprirem com as regras.

Quem for pego atravessando fora da faixa pode ser multado, recebendo uma penalidade considerada leve.

Porém, as pessoas não se preocupam com isso, afinal, você já viu alguém ser multado por atravessar fora da faixa?

Como a lei não é aplicada, as pessoas não se preocupam em cumpri-la. E isso ocorre por falta de fiscalização. Os departamentos de trânsito não estão empenhados nesse tipo de fiscalização.

Assim, as pessoas acham que podem fazer o que quiserem e que nunca sofrerão um acidente de trânsito, pois tomam cuidado, mas essa visão é errada.

A lei e os acidentes na faixa de pedestre

A multa não é exclusividade do Brasil

Se você acha que essa é uma lei sem fundamento e que as pessoas nunca vão respeitar, em outros países não funcionam assim.

Na Espanha, cidade de Valladolid, os pedestres que atravessam fora dos locais adequados são multados.

O valor da multa varia de 80 a 200 euros e por lá a fiscalização realmente funciona.

Tudo começou depois de dois acidentes mortais provocados por pedestres. Para educar e conscientizar a população foi adotada essa medida punitiva.

Dados dos acidentes nas faixas de pedestres

Atravessar fora da faixa de pedestre é um dos principais motivos de acidentes no trânsito e que muitas vezes resulta em morte.

Os dados são bastante preocupantes e não é de hoje que são feitos levantamentos, porém, o que se observa é que a população continua cometendo esse delito. Veja alguns dos levantamentos.

  • Por ano ocorrem cerca de 7 mil acidentes, que resultam em morte por atropelamentos, boa parte deles são de pedestres fora da faixa.
  • No estado do Rio de Janeiro, 43,7% das pessoas que morrem no trânsito são pedestres. Dentre os mortos, 78,7% eram homens.
  • 21% dos atropelamentos causados no país em 2014 foram provocados pela falta de atenção dos pedestres.
  • Em 2014, o SAMU atendeu em São Luís do Maranhão 300 vítimas de atropelamento.
  • No Paraná, houve uma queda de 17% nos atropelamentos nos primeiros 8 meses de 2016, se comparado ao mesmo período do ano anterior. Nesse mesmo período 3.110 pedestres ficaram feridos.
  • Em Campo Grande, levantamentos apontam que de 30% a 40% dos pedestres atravessam fora da faixa.

Campanhas de conscientização

Para diminuir esses números de acidentes, não é raro ver campanhas de conscientização.

Em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, a alternativa que a prefeitura encontrou foi colocar outdoors espalhados pela cidade com o alerta.

O objetivo da campanha foi de atingir principalmente os adolescentes, por isso, foi usada uma linguagem ligada a jogos eletrônicos.

Dentre as frases que estão no outdoor, é possível ver “50% dos leitos em hospitais são ocupados por vítimas de acidentes de trânsito”, “Atravessar fora da faixa é game over” e “Sua vida não tem reset”.


Compartilhe nas redes sociais:
Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *