Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Saiba lidar com as artimanhas dos vendedores de carros

Compartilhe nas redes sociais:

Comprar um carro pode ser um processo demorado porque é comum que seja feita uma pesquisa por um longo tempo para somente então decidir qual carro comprar.

Segundo pesquisas, 48% das pessoas demoram de 1 a 3 meses para comprar o seu carro e 83% realizam uma pesquisa online antes de tomar a decisão.

Esses dados deixam claro os cuidados que se tem no momento de escolher o veículo, porém, não é apenas o carro que merece atenção, o vendedor também.

Preocupado em fechar negócio, ele conta com alguns truques e artimanhas para convencer os clientes e nem sempre a oferta que está sendo feito é mais vantajosa para quem compra.

Para que não compre um carro por impulso ou acabe gastando mais do que deveria é preciso saber quais são os truques usados pelos vendedores e conseguir se livrar deles. Veja algumas dicas antes de comprar o seu próximo carro.

Saiba lidar com as artimanhas dos vendedores de carros

Atente-se ao jogo de palavras

A forma como o vendedor aborda ou informa o preço acaba induzindo o comprador. A abordagem “Como posso te ajudar?” já significa que a compra deverá ser feita com ele.

Mesmo que responda que está apenas olhando, ele fará outros questionamentos como “Tem interesse em algum modelo?” para saber o que espera e ofertar uma venda.

O preço também é informado de forma estratégia. Dificilmente ele falará que um carro custa R$ 40.000,00. É mais provável que fale R$ 39.999,00, dando a impressão de que custa mais barato.

Cuidado com o pagamento parcelado

Ao ouvir o valor total do veículo, logo muita gente pensa que não pode pagar por ele, então vem a estratégia de parcelamento.

Serão oferecidas, por exemplo, parcelas de R$ 459,00, que cabem no orçamento. O problema não é o valor das parcelas, mas o custo que está embutido e não é informado.

Se fizer as contas, vai descobrir que a soma das parcelas pode chegar a duas vezes o preço do carro.

Por isso, é muito importante sempre questionar sobre os juros e calcular o custo total da compra.

Fuja dos financiamentos longos

O financiamento é um problema por conta dos juros, conforme já falado, mas, quanto mais longo ele for, mais grave pode ficar a situação.

Os juros tendem a aumentar de acordo com o número de parcelas, então quanto menores forem, os custos também diminuem.

Outra questão é que não se sabe como se estará no futuro. Isso significa que podem surgir imprevistos que impeçam o pagamento das parcelas.

Pesquise opções de financiamento

O vendedor sempre irá oferecer a opção de financiamento a qual ele tem acesso e isso não significa que é a mais vantajosa.

É preciso pesquisar em bancos e outras financeiras antes de fechar qualquer acordo. A diferença de uma instituição para a outra pode ser bem grande.

Fique atento à avaliação do seu usado

É bastante comum as pessoas darem o carro usado para pagar parte do novo veículo, mas na hora do vendedor dar um preço por ele, sempre o desvaloriza.

Ele vai procurar qualquer falha para que possa pagar menos do que o seu carro vale, como um arranhão ou até mesmo uma sujeira.

A dica é fazer a avaliação em mais de um lugar e assim ter outras propostas para apresentar, caso o vendedor desvalorize o carro.

Fazer a manutenção e ir até a concessória com ele limpo evita que o vendedor arrume argumentos para pagar menos pelo veículo.

Desconfie das promoções

Um negócio que parece muito bom é para desconfiar. Um carro que tenha todos os itens adicionais inclusos não vai custar o preço de um básico.

Então atenção quando o vendedor falar que pode levar um carro completo por um pequeno valor. Ele pode não ser tão mínimo como parece.

Em relação às promoções que aparecem na televisão, sempre tem aquelas letrinhas mínimas que não conseguimos ler. Busque se informar sobre elas para não ter surpresas desagradáveis.

Não aceite tudo o que o vendedor oferece

Ele vai querer ganhar o máximo possível em cima de cada venda, por isso vai oferecer um monte de coisa, como garantia estendida, pneus diferenciados, etc.

Saiba muito bem o que pretende comprar antes de negociar com o vendedor e avalie se realmente existe necessidade do que ele está oferecendo.

Só aceite o que lhe for conveniente e que não impacte no preço final do veículo. Algumas dessas ofertas podem custar bem caro.

Analise o veículo e sua história

Falar que o veículo pertenceu a um único dono e que era super cuidadoso é a história mais comum de se ouvir, mas nem sempre ela é realidade.

Questione sobre os donos anteriores do carro e faça perguntas para ver se o vendedor consegue responder sem se enrolar.

Além disso, verifique com cuidado todos os detalhes do carro, como pintura, pneus e tudo o que pode dar algum indício sobre a sua conservação.

Solicitar os documentos que comprovem o histórico de manutenção também pode ser um boa alternativa.

Não se deixe levar pelas emoções

O vendedor irá usar as suas emoções contra você. Se demonstrar muito interesse em um carro, ele irá te incentivar a levar e ficará apontando os benefícios.

O impulso também deve ser contido. Nunca compre no primeiro contato com o carro.

O ideal é sair de casa com uma lista do que será avaliado e a usar como roteiro. Nesse caso, vale ignorar um pouco o que o vendedor está falando e criar a sua própria opinião.


Compartilhe nas redes sociais:
Leia mais artigos sobre:

4 Comentários

  • Francisco Alves Barbosa says:

    Olá,

    O vendedor pode até não ser o lobo mau, mas é funcionário dele (concessionária, garagem de revenda, grandes bancos, grandes financeiras, etc.). Além do mais ele tem um monte de lobinhos em casa para alimentar. O vendedor tem suas razões, precisamos ter as nossas também.

    Até mais.

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Francisco,

      Obrigada por comentar no seguroauto.org,
      Se tiver interesse em fazer um seguro para seu carro, preencha o formulário em nosso site para que possamos entrar em contato com você.

      Abraço

  • Gustavo says:

    Olá,

    Não gostei da matéria, até ensina algumas coisas úteis, mas até parece que o vendedor é o lobo mau e o cliente a chapeuzinho vermelho, por favor né.

    Até!

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Gustavo,

      Obrigada por comentar no seguroauto.org,
      Nosso artigo não tem o objetivo de passar a mensagem que você colocou em seu comentário, e sim atentar as pessoas nos pequenos e grandes detalhes de uma venda de carro.

      Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *