dcsimg

Qual a melhor maneira de financiar um carro?

Para quem pretende adquirir um veículo, seja ele novo ou usado, mas não tem o valor total, é preciso pensar em financiar um carro. Porém, com taxas altas e diversas opções na hora de contratar, muitas vezes acaba ficando confuso na hora de decidir a melhor maneira de financiar um carro.

Qual a melhor maneira de financiar um carro?

Para escolher opção ideal de financiar um carro é preciso analisar os prós e contras das três opções existentes: financiamento, consórcio e leasing. Em todas as situações será feito um “empréstimo” do valor, porém em condições bem diferentes.

Qual a melhor maneira de financiar um carro?

Financiamento de carro

Essa ainda é a forma mais utilizada na aquisição dos veículos, mas também a mais de cara de todas. No caso do financiamento, a instituição financeira irá “emprestar” o valor total e você deverá pagar isso em prestações.

É possível financiar o valor total ou então dar uma entrada e financiar o restante. Porém, quanto menor for a entrada, maiores serão as parcelas. A quantidade de parcelas também pode ser negociada com prazos que chegam a até 5 anos e os juros serão fixados conforme o valor e o número de parcelas.

O financiamento é a modalidade mais usada pelos brasileiros e pode ser contratada com diversas instituições financeiras. Os bancos no geral contam com essa opção, inclusive já deixando pré-aprovado o valor para alguns clientes.

Algumas montadoras viram nessa modalidade também uma oportunidade de impulsionar as vendas e fazem o financiamento pelos seus próprios bancos. Nesse casos os juros costumam ser menores, e existe a possibilidade de fazer a compra com a recompra garantida, ideal para quem planeja trocar de carro no futuro.

A grande vantagem do financiamento é que já se pode sair com o veículo na hora sem nem ter pago nenhuma parcela.

Consórcio

Ele possui taxas bem mais atrativas que o financiamento, sendo perfeito para quem quer economizar, mas também não tem pressa em ter o carro. Isso porque ele funciona com lances, e enquanto está se pagando as parcelas pode se dar lances e ser contemplado ou não com a carta de crédito.

Porém, quem não quiser dar nenhum lance, não tem problema, precisa esperar ser contemplado no sorteio e assim receber a carta de crédito.

Algumas pessoas preferem não fazer nenhum lance e considerar o consórcio como um investimento, pois após ser contemplado não é preciso usar a carta na hora e, em alguns casos, é possível optar também pela retirada do valor ao invés de comprar um carro.

Como o consórcio costuma ser destinado a um determinado valor para a compra do veículo, se o que se pretendia comprar tiver uma aumento grande, será preciso colocar mais dinheiro para concluir essa transação.

Mas, se optar por comprar um carro com um valor abaixo da carta de crédito, a diferença poderá ser utilizada para pagar documentos do veículo e outras taxas relacionadas a compra.

Leasing

Ele é bastante utilizado pelas empresas e para quem não pretende ficar com o mesmo carro por muito tempo. Isso porque se paga as parcelas por um determinado período, e após esse se desejar continuar com o carro é possível pagar o valor integral do veículo, casos contrário basta devolver para o banco.

Faça a cotação do seu seguro auto online!
Qual é a marca do seu carro?

Ele costuma ter juros bem mais baixos que o financiamento, porém o veículo não fica em nome do proprietário e sim da instituição que o está financiando. Nesse caso, o condutor tem todo o direito de usar o veículo, porém em caso de inadimplência fica mais fácil do bem ser tomado pelo banco.

A grande vantagem é que as parcelas costumam ser baixas e ao final é possível passar o carro para seu nome com o pagamento de um valor pequeno ou então “vendê-lo” ao banco.

Avalie bem a melhor maneira de financiar um carro antes de comprar o seu e não se esqueça de fazer seu seguro auto.

Leia mais artigos sobre:

Comentários

Julio - 30 de julho de 2015 às 19:00

Gostei dos seus comentarios e é lindissima!

Postar um comentário