dcsimg

Número de jovens motoristas diminui nos Estados Unidos

Os Estados Unidos possuem uma lei em que os jovens podem tirar habilitação aos 16 anos e o sonho desses jovens sempre foi poder dirigir logo e com isso a indústria automobilística se estruturou para atender esse público. Porém, nos últimos anos algumas mudanças tem sido observadas e cada vez mais cai o número de jovens condutores.

Em 1983, cerca de 90% dos jovens com 19 anos tinham uma carteira de motorista, porém agora esse percentual caiu para cerca de 67%. Já entre os jovens de 17 anos esse percentual caiu de 70% para 46%. Acompanhando essa redução também está o número de mortes nos acidentes de trânsito que vem caindo no país a cada ano.

Os motivos que eles alegam para não ter uma carteira de motorista são: muito ocupado ou não tempo suficiente (40%), manter um veículo é muito caro (17%) e pegam carona com outras pessoas (15%).

Apesar dessas mudanças a indústria automobilística não parece alarmada, até porque alguns efeitos benéficos têm sido observados. Com a diminuição da quantidade de condutores as taxas de emissão de poluentes também caíram, assim como o número de meninas grávidas e jovens detidos. Isso tudo demonstra uma transformação pela qual a sociedade está passando.

O cenário no Brasil

Já no Brasil o cenário é totalmente diferente porque nos últimos 4 anos aumentou em 74% o número de pessoas habilitadas com idade entre 18 e 24 anos. Somente no estado do Paraná eles representam 17,5% dos mais de 5 milhões de habilitados cadastrados no Estado.

Em 2014 o estado registou 324.090 novas habilitações para carros e motos e 199.708 para dirigir somente carro. Já quando verificado o perfil dos jovens motoristas os homens ainda são maioria e representam 64% contra 34% de mulheres.

Já o estado de Minas Gerais, observou um declínio na emissão de novas habilitações, de janeiro a maio desse ano houve uma redução de 10% se comparada com o mesmo período do anão passado.

Porém, diferente do que ocorre nos Estados Unidos, a redução não é por conta da falta de interesse em conquistar a habilitação, mas sim porque o custo desse cresceu muito. O valor médio passou de R$ 1.390 para R$ 1.770 o que está cada vez mais afastando as pessoas. E a previsão é que para o ano que vem os aumentos ainda continuem o que deve desestimular cada vez mais os novos motoristas.

Isso vale para que os jovens fiquem atentos ao comprar um carro e já contratar um seguro auto jovem, pois de nada adianta ter seu veículo e contar com prejuízos futuros.

E você, acha que está mesmo mais difícil ter jovens motoristas?

Leia mais artigos sobre:

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário