Topo

O seguro pode estar em nome de quem não é proprietário do carro?

Muitas motoristas, quando vão contratar o seguro para o seu veículo, ficam na dúvida se o seguro pode estar em nome de quem não é proprietário do carro. Descubra aqui a resposta para a sua dúvida.

Muitos ficam pensando se é possível fazer um seguro de veículo em nome de terceiro, ou seja, em seu nome quando você não é o proprietário do carro.

Veja como isto funciona e proteja-se entendendo se o seguro pode estar em nome de quem não é dono do veículo!

O seguroauto.org deseja que você adquira o melhor seguro para o seu carro. Veja como!

Quando você vai contratar um seguro há opção de colocar uma pessoa como sendo o segurado, outra para proprietário do veículo e ainda outra para condutor principal.

Parece um pouco confuso, mas não é.

O seguro pode estar em nome de quem não é proprietário do carro?
Fonte: Pixabay

Será que o seguro pode estar em nome de quem não é proprietário do carro?

Está é uma pergunta que muita gente faz.

O seguro pode estar em nome de quem não é proprietário do carro?

A resposta é sim, mas é preciso ter atenção ao “papel” que você vai desempenhar no contrato do seguro.

Veja abaixo em qual situação você pode ser encaixar.

  • Segurado: É aquela pessoa que contrata uma seguradora para proteger o veículo.
  • Proprietário do carro: É a pessoa que possui seu nome no documento do carro. Ou seja, é o dono do veículo.
  • Condutor principal: É a pessoa que mais usa o carro. Será com base nele que o valor do seguro será calculado.

Agora que já entendeu melhor, voltamos ao assunto… será que o seguro pode estar em nome de quem não é proprietário?

Tire suas dúvidas

Abaixo, listamos as principais dúvidas e respostas sobre o assunto. Acompanhe!

Toda empresa aceita seguro em nome de quem não é proprietário do veículo?

Existem diversas possibilidades quando o assunto é seguro de veículo e o segurado não proprietário do carro.

Isso porque, tudo vai depender de cada empresa de seguros para aceitar ou não se o seguro pode estar em nome de quem não for dono do veículo.

Da mesma forma que as empresas podem aceitar as situações citadas anteriormente, elas podem negar tal situação.

O que elas informam é que cada caso é um caso.

Porém, normalmente, quando há um grau próximo de parentesco entre a pessoa que é proprietária do carro e a que conduz, as empresas costumam aceitar sim o negócio.

Simule o preço do seu seguro auto em nosso formulário.

Mas em algumas empresas essa possibilidade não existe.

Ou seja, há casos em que o proprietário deve ser obrigatoriamente o principal condutor do automóvel.

Há diversas possibilidades de aceitação do tomador seguro de veículos diferente proprietário e uma seguradora pode ou não aceitar os três casos como sendo de pessoas diferentes.

Pode ser que as três situações sejam aceitas desde que haja parentesco entre as pessoas; mas ainda pode acontecer do segurado ter que ser o proprietário do carro ou ainda que o segurado deve, obrigatoriamente, ser o principal condutor do veículo.

Isso é comum, por exemplo, quando o pai dá um carro ao filho, mas ainda não acha interessante colocar o veículo em nome do jovem.

Também pode acontecer quando o proprietário é um indivíduo, e o seu condutor principal é outro.

Pode ser um motorista particular, o/a companheiro/a do proprietário, filhos etc.

Sendo assim, caso você esteja nesta situação em que as três pessoas são diferentes, é preciso se informar na seguradora sobre as regras utilizadas.

Preciso dizer que o segurado e proprietário são pessoas diferentes?

É importante lembrar que não se deve omitir, e muito menos mentir, sobre estas informações.

Afinal, isso influenciará nas decisões de casos de indenização.

Cote agora o preço do seu Seguro Auto!

A melhor cotação, com as melhores corretoras, pelos melhores preços.

Também fique atento se quem não tem habilitação pode fazer seguro, sanando a sua dúvida direto na seguradora.

Há pessoas que dizem ser o condutor principal a fim de deixar o seguro mais barato. Porém, em casos de sinistro, estes dados são postos a prova.

Um motorista com anos de experiência ao volante, por exemplo, vai pagar menos em um seguro auto.

Pensando nisso, seu filho jovem pede para que o pai contrate o seguro de veículo para ele.

Na contratação, então, o seguro será mais barato, pois o risco de sinistro do condutor mais velho é menor.

Quanto menor o risco de sinistro de alguém, menor o custo do seu seguro de veículos.

Mas vale dizer que a idade do usuário é apenas um dos fatores avaliados pela seguradora na cotação.

A empresa ainda considera aspectos como o modelo do carro, seu tipo de uso, local de estacionamento etc.

Fale sempre a verdade à seguradora

É essencial repassar à seguradora todas as informações necessárias, corretamente.

Dizer a verdade vai evitar problemas no futuro.

Afinal, como dito, após um sinistro a seguradora avalia se as informações que possui condizem com a realidade.

Caso não, ela pode acusar fraude pelo consumidor e se recusar a pagar a indenização.

Nessa situação, o usuário precisará pagar sozinho pelo seu prejuízo. A seguradora ainda poderá abrir processo judicial contra o seu segurado.

Além disso, em hipótese alguma, quando acontecer algum problema com o carro segurado, modifique a pessoa que estava dirigindo o veículo na hora de informar a  seguradora.

Como visto em alguns casos, isso poderá gerar sérios problemas.

O mais indicado é sanar todas as dúvidas sobre o seguro do carro com o corretor de seguros ou com a seguradora.

O seguro pode estar em nome de quem não é proprietário do carro?
Imagem: Getty Images

Quem receberá a indenização em caso de perda total?

Primeiro, entenda que o segurado é a pessoa que contrata o seguro do carro, mas isso não quer dizer que ele tenha direito sobre o veículo.

Se ocorrer uma colisão, roubo ou furto que resulte em perda total, quem receberá a indenização será o proprietário do carro.

A seguradora analisará o CRLV e CRV do veículo e o valor será indenizado no nome que constar no documento.

Se o carro estiver no nome da mãe, pai, irmão do segurado ou outro é ele que receberá a indenização.

O mesmo acontece quando o veículo está em nome da empresa e o funcionário que usa o carro faz um seguro para ele. Quem receberá é a empresa.

Portanto, se comprou um veículo e não transferiu a documentação, o antigo dono é quem terá direito a ela.

Assim, ao adquirir um veículo usado, tenha a certeza de transferir os documentos para o seu nome.

Se isso não tiver sido possível, informe à seguradora o mais rápido possível para deixar seu veículo segurado!

Ela poderá te orientar sobre a melhor solução para o problema.

No caso do segurador querer receber a indenização, será preciso entrar em contato com a seguradora fazendo a solicitação.

Porém, nem sempre isso será aprovado, porque depende do que está previsto no contrato.

O que se pode concluir é que o seguro pode estar em nome de quem não é proprietário do carro, mas isso pode gerar problemas na hora de receber a indenização. Claro, se não forem tomados os devidos cuidados.

Se possível, o melhor é arrumar os documentos e deixar tudo em nome de uma única pessoa.

Como posso trocar o nome do contrato do seguro de carros? 

Para transferir o seguro para outra pessoa, basta entrar em contato com a seguradora contratada. Mas, se achar melhor trocar de empresa, o atual cliente pode cancelar o seguro e você contratar diretamente com a empresa que deseja. 

Entenda que as seguradoras de seguro de carro possuem regras diferentes, por isso, você precisa entrar em contato com a empresa e tirar as suas dúvidas. Porém, fique atento se a seguradora que está contratando é registrada na SUSEP. Afinal, existem empresas, como a APVS seguro e outras, que não são seguradoras, mas oferecem proteção também.

Qual é a seguradora mais indicada para contratar o seguro de carro? 

Existem muitas seguradoras no mercado nacional e a maioria oferece bom atendimento. Mas, para saber qual é a melhor seguradora de seguro para carros, é importante pesquisar. 

Você pode contar com a opinião de clientes e saber como foi a experiência deles com determinada empresa de seguro para carros. 

Assim, ficará mais fácil selecionar. Para isso, conte com sites especializados, como o do Procon e o Reclame Aqui. No caso desse último, por exemplo, você poderá ver quais são as reclamações dos clientes e como as seguradoras solucionaram. 

Após, faça uma lista com cerca de 5 empresas e cote com cada uma delas para comparar os planos de seguro de veículo que oferecem. Mas, não se apegue apenas ao preço e sim, também, as coberturas. 

Lembre-se de que o seguro de veículos é bom se suprir as suas necessidades. Portanto, analise quais coberturas são essenciais e se o plano cobre.  

Além disso, compare, dentro do tipo de plano que você precisa, quais empresas oferecem mais vantagens. Entre elas, serviços extras como guincho 24h e outros, bem como também, o preço cobrado. 

O que fazer se a seguradora negar a cobertura

As seguradoras já sabem que podem ter que lidar com, ao menos, três pessoas em um só contrato de seguro para carros: o segurado, o dono do veículo e o principal condutor.

Muitas são as vezes em que o segurado não é nem o principal condutor e nem o dono do veículo.

O seguro pode estar em nome de quem não é proprietário do carro?
Imagem: Getty Images

Cuidados ao contratar o seguro auto

Algumas seguradoras não exigem que o segurado e o dono do veículo sejam um só.

Porém, antes de contratar o seguro ou precisar dele, certifique-se as regras que a empresa contratada segue.

Caso você esteja dentro de alguma empresa que impeça a proteção para diferentes pessoas, cancele o seu contrato e contrate um novo em seu nome.

Isso vai te livrar de aborrecimentos, já que é preciso seguir as regras impostas pela seguradora para o veículo segurado.

Para não gerar qualquer problema na hora da indenização, informe a seguradora sobre quem é o proprietário do veículo, quem mais utiliza e em nome de quem está o contrato.

É fundamental se certificar sobre as regras de indenização no seguro de carro, especialmente às que se referem ao seguro em nome de outra pessoa.

O sinistro já aconteceu. O que faço?

Se o sinistro já tiver ocorrido, converse com a seguradora.

Muito provavelmente o processo de indenização vai demorar bem mais que o esperado.

Porém, a empresa pode te apresentar alguma solução para o problema.

Mas lembre-se: sem dúvida, o mais prático será deixar as suas informações atualizadas e corretas no formulário da seguradora.

Assim, a pessoa certa poderá receber a indenização, sem atrasos.

Resumindo: você deve, antes de tudo, saber se há pessoas diferentes para cada situação e depois se informar na seguradora sobre as regras dela.

Ao fazer uma cotação aqui no SeguroAuto.org já pode receber a cotação personalizada e tirar sua dúvida com um corretor parceiro, que indicará quais seguradoras aceitam fazer seguro em nome de quem não é proprietário do carro.

*Publicado em:

5/5 - (1 vote)

Artigos relacionados

seguro barato 2024

Os 7 Carros com Seguro Mais Barato em 2024

Data: 27/03/24

Tempo estimado de leitura:

4 min
Categoria: Cobertura de Seguro Auto Leia agora
sensor de temperatura carro

Saiba tudo sobre Sensor de Temperatura do Carro

Data: 20/02/24

Tempo estimado de leitura:

2 min
Categoria: Manutenção Carro Leia agora
o que é abalroamento

Descubra o que é abalroamento!

Data: 15/02/24

Tempo estimado de leitura:

2 min
Categoria: Manutenção Carro Leia agora

165 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • I
    Itamara Kempner says:

    Boa tarde.
    Eu vendi meu carro e a pessoa que comprou não passou para o nome dela é não ficou com o documento de rodar impresso que eu tinha , agora a pessoa quer uma foto do documento de rodar porque quer fazer o seguro do carro só que a pessoa nem para o nome dela não passou o veículo, oque eu devo fazer ?


    • R
      Rebecca Gois says:

      Olá Itamara, obrigada por entrar em contato conosco!
      É importante que você não forneça nenhum tipo de documento do veículo para a pessoa que o comprou sem que ela tenha realizado a transferência de propriedade e registrado o carro em seu nome. Caso contrário, você pode ser responsabilizada por qualquer incidente que possa ocorrer com o veículo. Recomendamos que você entre em contato com a pessoa e explique a importância da transferência de propriedade e do registro do carro em seu nome antes de qualquer tipo de seguro. É uma questão legal e de segurança. Caso precise de ajuda com os procedimentos para a transferência de propriedade, procure o DETRAN da sua região para obter mais informações. Espero que isso ajude. Qualquer outra dúvida, estou à disposição.

  • F
    Fernanda de… says:

    Minha mãe faleceu há 9 meses e não fizemos inventário, mas estou com o carro dela, tem como eu fazer o seguro do carro mesmo sem estar em meu nome, e caso houver algum incidente fico assegurada ou não?


    • R
      Rebecca Gois says:

      Olá Fernanda, sinto muito pela perda de sua mãe. Com relação ao seguro do carro dela, para que você possa fazer o seguro mesmo sem estar em seu nome, é preciso verificar se você é a herdeira legal do veículo. Para isso, é necessário fazer o inventário da herança e transferir a propriedade do carro para o seu nome. Somente após essa transferência você poderá contratar o seguro do veículo em seu nome e ficar assegurada em caso de algum incidente. Lembre-se de verificar todas as condições da apólice de seguro e escolher um plano que atenda às suas necessidades. Espero ter ajudado

  • W
    Walter José… says:

    Em viagem bati forte num quebra mola a noite e deu problema na suspensão do veículo
    Tenho direito ao serviço mecânico e de peça que necessita trocar ?


    • A
      Augusta Miranda says:

      Olá, Walter!
      Por favor, entre em contato com o seu corretor de seguros ou seguradora contratada para tirar suas dúvidas.
      SeguroAuto é um portal de geração de leads que encaminha as solicitações de clientes em busca de um plano de seguro auto para os corretores parceiros das seguradoras em todo o Brasil.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • M
    marcos vinicius says:

    no caso de sinistro a terceiros, quem deve receber a indenização, e o proprietário com nome no registro ou o condutor que foi vitima no momento da ocorrência?


    • A
      Augusta Miranda says:

      Olá, Marcos!
      Quando ocorre um sinistro a indenização é paga ao proprietário do veículo.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • E
    Elsa Pinto says:

    O livrete e o seguro do meu carro está em nome do meu pai. Infelizmente ele faleceu em Maio e agora tenho receio que o seguro deixe de me cobrir e ao carro!!
    Será que posso mudar só o seguro para o meu nome?
    Obrigada


    • A
      Augusta Miranda says:

      Olá, Elsa!
      Por favor, entre em contato com o seu corretor de seguros ou seguradora contratada para tirar suas dúvidas.
      SeguroAuto é um portal de geração de leads que encaminha as solicitações de clientes em busca de um plano de seguro auto para os corretores parceiros das seguradoras em todo o Brasil.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • A
    Acilane Torres… says:

    Bom dia

    Meu marido teve a moto roubada antes de transferir pra o nome.dele e agora a dona da moto se recusa assinar os papéis pra ele receber o seguro. O que fazer?


    • A
      Augusta Miranda says:

      Olá, Acilane!
      Por favor, entre em contato com o seu advogado para tirar suas dúvidas.
      SeguroAuto é um portal de geração de leads que encaminha as solicitações de clientes em busca de um plano de seguro auto para os corretores parceiros das seguradoras em todo o Brasil.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • O
    Olinda santos… says:

    Comprei um carro a minha filha,a viatura está em nome dela,mas para o seguro ficar mais barato pois ela tinha a carta a dias ficou o nome do condutor de sr. Que têm a carta a muitos anos,agora quem conduz o carro sou eu a mãe da prioritária do carro,agora o nome do senhor está como condutor e não o conduz como faço para por o meu nome como condutora


    • A
      Augusta Miranda says:

      Olá, Olinda!
      Qualquer alteração deve ser informada à empresa, para que sejam feitas as correções necessárias.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • C
    Cristiana Gonçalves says:

    Boa tarde.
    É possível o meu namorado, não tendo carta, ser o proprietário de um veículo e ter o seguro em seu nome mas ser eu a condutora principal?
    Obrigada


    • A
      Augusta Miranda says:

      Olá, Cristiana!
      Não.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • S
    Sara says:

    Boa noite,

    Comprei um carro que está em meu nome mas o condutor principal vai ser meu namorado.
    Ele pode fazer um seguro para o carro em nome dele? Sem eu estar incluída no seguro?


    • A
      Augusta Miranda says:

      Olá, Sara!
      Sim. Mas, lembre-se que é importante não omitir informações ao contratar o seguro.
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto