dcsimg

Quando usar a tabela FIPE

Sabia que você pode usar a tabela FIPE em vários momentos? Veja 5 casos onde pode fazer isso!

A tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) precifica veículos usados utilizando como base os preços médios praticados em 24 estados brasileiros. Ela é nacional, e hoje a maior referência para os preços de veículos usados.Quando usar a Tabela FIPE

Como consultar a tabela FIPE

Para consultar a tabela FIPE basta acessar o site da FIPE e inserir informações como marca, modelo e ano de veículo para conseguir essa informação. Mas, afinal, para que ela pode ser utilizada?

1- Compra e venda de veículos

Quando se vai comprar ou vender um veículo se usa como base os valores da tabela FIPE. Isso não quer dizer que você irá pagar o valor que lá está discriminado porque o valor comercial para venda costuma sempre estar acima da tabela. Salvo alguns casos como, por exemplo, quando há redução de impostos, é possível encontrar veículos com valor de venda abaixo da tabela.

2 – Calcular IPVA

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é um imposto que todo proprietário de veículo deve pagar no começo de cada ano. Seu valor corresponde a uma porcentagem do valor do veículo que varia de um estado para o outro. Para saber o valor do bem, o Estado utiliza como base a tabela FIPE. Se desejar se programar para o IPVA do ano que vem, você mesmo pode consultar a tabela e fazer uma previsão.

3 – Fazer o seguro

O seguro automotivo usa como base para cálculo o valor do veículo, por isso, de acordo com a tabela, será fixado o valor total do seguro combinado com outros aspectos também analisados como grau de risco e características do condutor.

Algumas seguradoras ainda permitem negociar esse valor, fazendo com que o seguro cubra o valor de até 110% da tabela.

4 – Receber sinistro

O sinistro é pago para quem possui seguro automotivo e sofreu perda total do veículo. A perda total ocorre quando o dano ao veículo corresponde ao valor igual ou maior de 75% de veículo. Nesse caso, a seguradora irá ressarcir o proprietário com o valor correspondente ao da tabela, de acordo com o modelo e ano de veículo, com a exceção de haver outro acordo anterior.

Não perca as nossas dicas infalíveis para contratar o melhor seguro para o seu carro!

5 – Saber a depreciação do veículo

É fato que ao sair da concessionaria o carro já começa a desvalorizar e a cada ano que passa essa depreciação aumenta mais. Para saber essa redução de valores basta consultar a tabela FIPE e ir alterando os anos.

Agora você pode usar a tabela FIPE em vários momentos para saber valores e dados do seu veículo. Aproveite!

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário