Topo

Seguro APVS é bom? Entenda sobre a APVS proteção veicular

Você já ouviu falar sobre o seguro APVS? Sabe como ele funciona? Não? Então acompanhe este artigo e entenda mais sobre a APVS proteção veicular.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

Se você já ouviu falar na APVS seguro, certamente deve ter ficado com muitas dúvidas sobre o assunto. Acredite, isso é comum.

O seguroauto.org deseja que você adquira o melhor seguro para o seu carro. Veja como!

Ultimamente muito tem se falado sobre esse serviço, mas poucas pessoas realmente explicam do que ele se trata ou como ele funciona.

Por isso, criamos um artigo explicando mais profundamente o que é o seguro APVS, como ele funciona, como pode ser contratado e se realmente ele é bom ou se vale a pena.

Acompanhe e descubra tudo sobre a APVS seguro!

Seguro APVS é bom? Entenda sobre a APVS proteção veicular

Imagem: Getty Images

O que é o seguro APVS?

O seguro APVS, na verdade, não se trata exatamente de um seguro de carro, mas sim de uma proteção veicular.

Mais especificamente, uma Associação de Proteção Veicular.

Ela é por vezes chamada como seguro APVS porque oferece serviços semelhantes às coberturas oferecidas por seguradoras.

Porém, suas condições de contratação e funcionamento são diferentes.

A APVS Brasil é uma associação que atua há mais de 10 anos no mercado e conta com inúmeros associados em todo o país, oferecendo proteção para os mais diferentes tipos de veículos.

Essa empresa atua na proteção de embarcações, caminhões, carros e motos.

Seu serviço mais comum entre os brasileiros é a proteção para veículos terrestres, onde é possível contar com coberturas de incêndio, roubo, colisão, furto, perda total e fenômenos da natureza, entre outros.

Além disso, a empresa oferece serviços como a assistência 24 horas e rastreadores.

A APVS é a maior associação de proteção veicular da América Latina.

Simule o preço do seu seguro auto em nosso formulário.

Ela iniciou sua atuação em 2008 e hoje tem mais de 200 escritórios pelo Brasil.

A empresa já possui cerca de 150 mil associados ativos.

Como o seguro APVS funciona?

Como mencionado anteriormente, o seguro APVS é uma associação de proteção veicular.

Ou seja, essa empresa funciona por meio do mutualismo, princípio em que todos os associados dividem as despesas de roubo, furto, colisão ou outros problemas que qualquer um dos associados possa ter.

Por exemplo: vamos supor que você e um amigo se associem a uma APVS para proteger seus veículos.

Caso você se envolva em uma colisão e precise solicitar os reparos por meio dessa empresa, todos os gastos necessários para a solução do seu problema serão igualmente divididos entre todos os associados.

Inclusive seu amigo.

Aliás, as regras também valem para seu amigo e qualquer outro associado.

Se ele ou outro tiver seu veículo roubado, a indenização integral paga a ele sairá do bolso de todos os associados da APVS, incluindo você.

Neste caso, se a indenização dele for de R$ 60 mil, esse valor será dividido igualmente entre os participantes da associação e não da conta bancária da empresa, como funciona com as seguradoras.

Cote agora o preço do seu Seguro Auto!

A melhor cotação, com as melhores corretoras, pelos melhores preços.

Logo, não há uma empresa que paga pelos prejuízos.

Quem lida com os prejuízos são os próprios “segurados”, em conjunto.

A Associação só existe para organizar esses grupos e demandas.

Como contratar o seguro APVS?

A contratação desse tipo de proteção veicular, ou associação ao grupo, é bem simples e pode ser feita de maneira rápida.

Para isso, basta que você procure uma das empresas responsáveis pela comercialização do serviço e forneça os documentos necessários.

Diferentemente do seguro auto, esse tipo de proteção não possui análise de perfil, nem leva em consideração o modelo ou ano de fabricação do veículo.

Isso acontece porque a empresa não se responsabiliza por assumir os riscos de possíveis sinistros com o veículo.

Afinal, caso isso aconteça, os gastos serão dos associados e não da empresa.

Uma seguradora, por sua vez, assumiria os riscos do carro.

Assim, cobraria a mais para perfis com mais chances de sofrer sinistros, como os jovens motoristas.

O seguro APVS possui valores mensais fixos.

Eles ficam definidos no contrato do serviço.

É interessante dizer também que, para se associar à proteção veicular, não existem as consultas aos órgãos de proteção ao crédito.

Logo, qualquer indivíduo, inclusive os negativados, podem fazer a contratação da APVS.

Isso acontece porque, caso o cliente pare de pagar a mensalidade, o serviço de proteção é simplesmente suspenso, sem que nenhum prejuízo aconteça para a empresa.

Por essas características, o seguro APVS é procurado especialmente por quem não quer gastar muito com a proteção, e por quem está com crédito negativado no mercado.

Qual a diferença entre a proteção APVS e o seguro auto tradicional?

Muitas pessoas confundem a proteção veicular APVS com o seguro auto, mas é importante que fique claro que estes são dois serviços diferentes.

O seguro para carro é uma cobertura que garante diversos tipos de proteção ao veículo e as pessoas envolvidas, sem que seja necessário o pagamento de uma mensalidade.

A principal diferença do seguro auto e a APVS é que o seguro, para ser contratado, necessita de um pagamento único.

Ele é chamado de prêmio da apólice, que pode ser feito a vista ou em parcelas.

Ou seja, o que o consumidor paga é uma parcela do seguro, se optar por dividir o custo total da proteção em várias vezes.

Além disso, o seguro tem um período de validade preestabelecido em contrato.

Quando ele é contratado, todos os riscos são assumidos pela empresa.

Isso significa que, se você tiver um seguro para carro e sofrer um sinistro, deverá pagar a franquia e todo o restante da indenização ficará por conta da seguradora e não de outros clientes dela, como funciona com a APVS.

Além disso, é importante mencionar que o seguro auto deve ser sempre oferecido por uma seguradora devidamente cadastrada junto a Susep (Superintendência de Seguros Privados).

A Susep é o órgão governamental responsável por regulamentar e fiscalizar o setor de seguros.

Isso garante ao cliente que a empresa contratada será obrigada a cumprir todos os termos que constam na apólice.

Tudo isso tornando a contratação desse serviço mais segura do que a associação a proteção veicular.

Afinal de contas, a APVS não oferece garantias concretas de que todos os gastos necessários serão cobertos caso você precise.

Para saber se uma seguradora ou um corretor de seguros está devidamente cadastrado junto à Susep é simples.

Basta acessar o site do órgão e realizar uma pesquisa através do nome da empresa ou prestador de serviço.

Entenda a APVS versus Seguro auto

A APVS e o seguro auto têm semelhanças e diferenças.

Conhecê-las é essencial para fazer a melhor escolha da proteção para o seu carro.

Veja abaixo!

Franquia do seguro auto

Assim como o seguro de carro, a contratação do seguro APVS pode contar com as coberturas que o consumidor desejar.

Para isso, basta que ele escolha quais proteções dará ao seu carro na hora de assinar o contrato com a associação.

Mas na APVS, as regras para perda total e perda integral são diferentes.

Começando pela franquia: a associação não é regulamentada pela Susep.

Por isso, não existe um órgão próprio que fiscaliza as proteções veiculares no Brasil.

Isso significa, basicamente, que a APVS trabalha com as próprias regras.

Então, se ela estabelecer que cobrará franquia no seu contrato, em qualquer situação, ela fará isso.

A franquia no seguro do carro é a parte de responsabilidade do usuário no conserto do veículo.

Por exemplo: sua franquia é de R$ 500, e o conserto do carro terá custo de R$ 2 mil.

Logo, você pagará R$ 500 à oficina, e a seguradora pagará os R$ 1.500 restantes.

Claro que a regra vale para os seguros comuns, mas é parecida na proteção veicular.

Nessa última, o restante dos valores necessários será pago pelo resto do grupo que faz parte da Associação.

A cobrança da franquia no seguro só acontece para a perda parcial.

Já na proteção veicular, ela também pode ser cobrada na perda integral, caso a associação assim determine.

Seguro APVS é bom

Imagem: Getty Images

Perda parcial e perda integral

No seguro ou na associação, a perda parcial acontece quando os danos ao carro são inferiores a 75% do seu valor de mercado.

Aqui, o carro será consertado na oficina.

Já na perda integral, os danos são maiores que 75% do valor de mercado do auto.

Nessa situação, o veículo não será consertado.

Em vez disso, o usuário receberá uma indenização integral para a compra de um novo auto.

Tudo isso acontece na APVS de acordo com o contrato do seguro.

Por isso, é muito importante ter atenção aos termos antes de assiná-los.

Assim, você saberá exatamente com o que poderá contar.

É seguro contratar a APVS? 

Antes de contratar a APVS Brasil, é importante pesquisar a opinião dos clientes. Assim será possível ver como é a experiência com os serviços prestados pela empresa. 

Vale ressaltar que fazer parte da APVS proteção veicular, não é contratar o seguro para carro. Portanto, esse serviço não está sendo regulamentado pela SUSEP, que é responsável por regulamentar as empresas de seguro de carro. 

Recomendamos fazer uma busca nas redes sociais, no site oficial da empresa e também em sites especializados, como o Reclame Aqui.

Seguro APVS no Reclame Aqui

Uma das maneiras de saber se um produto ou serviço é bom ou não, é pesquisar melhor sobre ele, procurando sempre informações sobre a opinião de atuais e ex-clientes do mesmo.

Para isso, o caminho mais simples e confiável atualmente é o site do Reclame Aqui.

O Reclame Aqui é uma plataforma que reúne a opinião de inúmeros clientes sobre os mais variados produtos e serviços.

Para saber se o seguro APVS é bom, realizamos uma pesquisa junto a esse site, coletando informações passadas em um período de 12 meses por usuários desse serviço.

Veja o resultado da APVS Reclame Aqui!

Segundo a pesquisa realizada no site do Reclame Aqui, no período de 01/12/2021 – 30/11/2022, a APVS – Associação de Proteção Automotiva recebeu um total de 1202 reclamações, das quais quase todas foram respondidas, conferindo a empresa um percentual de 99,9% de respostas.

Neste período analisado, a empresa foi avaliada por 329 clientes.

Esses clientes atribuíram à APVS um índice de 67.5% de resolução de problemas e, de todos os clientes que avaliaram a empresa, 40.7% disseram que voltariam a negociar com a APVS.

A APVS recebeu nota 4.61 por parte dos clientes que a avaliaram, e teve uma nota atribuída a ela pelo site Reclame Aqui de 6.2/10, que lhe confere uma reputação de classificação “Regular”.

Se você quiser saber mais sobre a avaliação do site e a opinião dos clientes sobre os problemas mencionados, vale a pena acessar a página da APVS no site do Reclame Aqui.

Esse passo é importante para que você possa avaliar o desempenho da empresa e concluir por si próprio se a APVS seguro é boa ou não.

Se você quiser entender melhor a diferença entre esse tipo de serviço e um seguro auto tradicional, além de conhecer todas as vantagens que cada um deles oferece, vale a pena procurar um corretor de seguros e pedir mais informações ou falar diretamente com a APVS telefone de atendimento ao usuário.

Vale a pena contratar os serviços da APVS proteção veicular?  

Como você já viu, o seguro APVS é, na verdade, proteção e não seguro veicular. Acima selecionamos algumas informações muito importantes, inclusive como a APVS Reclame Aqui está classificada. 

Além disso, você já viu a diferença entre seguro e proteção veicular. Mas, se ainda está em dúvidas se escolhe ou não esta opção, veja quais são as suas necessidades. 

É importante considerar a experiência de outros motoristas com as seguradoras e as empresas de proteção veicular. Assim, poderá identificar as vantagens de cada tipo de serviço. 

Você também pode falar direto com a APVS telefone de contato e tirar as suas dúvidas. Somente assim você saberá se vale a pena contratar ou não a APVS Brasil. 

E então, acha que o seguro APVS é bom? Ele é a melhor opção para a proteção do seu carro?

*Publicado em: 

4.5/5 - (34 votes)

Artigos relacionados

melhores seguradoras de moto 2024

Melhores Seguradoras de Moto em 2024: Um Guia Completo

Data: 13/06/24

Tempo estimado de leitura:

6 min
Categoria: Seguradoras Leia agora

Seguro veicular barato: 5 dicas para contratar o seu!

Data: 05/04/23

Tempo estimado de leitura:

4 min
Categoria: Seguradoras Leia agora

3 dicas para uma corretora online alcançar o sucesso

Data: 27/03/23

Tempo estimado de leitura:

4 min
Categoria: Seguradoras Leia agora

102 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • V
    Valdelirio says:

    Fiz o meu cancelamento do seguro e agora estão me cobrando lamentável isso por que meu nome foi incluído no SPC fui cliente durante 1 ano e não indico essa empresa


    • J
      Juliana Souza says:

      Olá Valdelirio,

      Lamentamos muito por qualquer transtorno que você tenha enfrentado com a empresa. É importante lembrar que, de acordo com a legislação brasileira, as empresas de seguros têm o direito de incluir o nome do cliente no SPC em caso de inadimplência. No entanto, elas devem cumprir uma série de requisitos antes de tomar essa medida, como notificar o cliente sobre o débito e conceder um prazo para regularização.

      Sugerimos que entre em contato com a empresa para verificar se houve alguma falha nesse processo e buscar uma solução para o seu caso. Se necessário, você também pode buscar ajuda jurídica para garantir seus direitos.

      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • A
    Alex says:

    o causador do acidente tem proteção veicular,eu não tenho, sou terceiro nessa situação queria saber se tenho direito de ter as notas fiscais das peças trocadas no meu carro.


    • J
      Juliana Souza says:

      Olá Alex,

      Lamentamos pelo ocorrido e oferecemos nossos sentimentos. Com relação à sua dúvida, de acordo com o Código Civil Brasileiro, você tem direito à reparação dos danos causados pelo acidente, incluindo a substituição das peças danificadas. Se o causador do acidente possui proteção veicular, ele pode arcar com as despesas de reparo do seu veículo como terceiro, e você tem direito de ser indenizado. Sugerimos que você procure um advogado especializado em direito do trânsito para orientações mais precisas.

      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • A
    Alex says:

    Não tenho seguro e nem proteção veicular, mas, o causador do acidente sim , queria saber se tenho direito de ter as notas fiscais das peças trocadas no meu carro.


    • J
      Juliana Souza says:

      Prezado Alex,

      Sentimos muito pelo ocorrido e esperamos que você esteja bem. Em relação ao seu questionamento, de acordo com o Código Civil Brasileiro, o causador do acidente é obrigado a reparar os danos causados, incluindo os custos das peças trocadas no seu carro. Você tem o direito de exigir as notas fiscais para comprovar os gastos com o reparo. Esperamos ter esclarecido suas dúvidas e estamos à disposição para qualquer outra informação.

      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto

  • M
    Mainara da… says:

    Como funciona , o seguro de terceiros,
    Tem que paga a franquia?
    Ou não ?


  • F
    Fábio Costa says:

    Sou associado APVS desde julho/2022. Bateram no meu carro em novembro/2022 e a pessoa não assumiu com a responsabilidade, fiz o B.O e acionei a APVS.
    Meu carro foi concertado em 15 dias, serviço de qualidade. Paguei uma franquia de aproximadamente $2000,00.
    Não tenho o que reclamar da APVS quanto ao atendimento.


    • A
      Augusta Miranda says:

      Olá, Fábio!
      Obrigada por comentar no SeguroAuto e contribuir com os nossos leitores!
      Atenciosamente,
      Equipe Seguro Auto