Seta Balao

Simule o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Seguro auto contra roubo e furto

Quer saber por que é importante ter um seguro auto contra roubo e furto? Veja as respostas aqui neste artigo e proteja o seu bem contra esse imprevisto que está cada vez mais recorrente.

O sonho do carro próprio pode virar um pesadelo quando somos vítimas dos atos de violência, como o furto e roubo de veículos.

Nesses casos, um seguro que cubra roubos e furtos é a solução para amenizar as dores de cabeça e aumentar as chances de reaver o veículo.

Mas o consumidor, sempre ligado nas melhores opções para as suas necessidades, tem a opção de esmiuçar o mercado atentamente, para checar qual seguro é a opção mais viável, além de querer se informar, sobre o que é necessário para que ele formalize com a seguradora de sua preferência uma apólice automotiva contra roubo e furto.

Por isso, realizamos uma pesquisa aprofundada, no assunto, para ajudar o leitor a tirar as suas conclusões acerca desse tipo de seguro auto contra roubo e furto, e assim, garantir, assim, a integridade do seu veículo para transitar todos os dias.

Seguro auto contra roubo e furto

Imagem: Getty Images

Seguro auto contra roubo e furto

Aproveite para conhecer mais sobre o seguro parcial contra roubo e proteja seu veículo. ;)

Perfil

Muitas seguradoras trabalham com uma análise de perfil, que nada mais é que uma espécie de identificação do tipo de cliente que deseja contratar o seguro.

E é assim que se obtém descontos ou encarecimentos no seguro, pois tudo é capaz de influenciar na análise de perfil do condutor, desde a sua idade ao sexo, quilometragem rodada por ano, quais pessoas utilizam o veículo e locais onde costuma estacionar o carro, entre outros fatores.

Pessoas com menos situações de risco, na visão da seguradora, pagam menos de seguro.

Veículo

O carro influencia muito, também, no valor do seguro automotivo.

Desde o ano do modelo à incidência de roubos e furtos do modelo, tudo pode oscilar no valor final da apólice.

Isso porque, em caso de perda total, a empresa normalmente indeniza o segurado com o valor de 100% do valor do carro de acordo com a Tabela Fipe.

Ou seja, é o valor do carro que determina o “prejuízo” da seguradora.

Com funciona o seguro auto contra roubo e furto

Uma das estratégias mais recentes da seguradora, para diminuir o valor do seguro roubo e furto, é oferecer menos proteção ao segurado.

No caso de furto e roubo – duas das mais comuns ocorrências –, a proteção garante ao condutor assistência somente em caso de roubo (que, para eles, significa a situação na qual o segurado é subtraído de seu bem – o automóvel – enquanto o mesmo está à sua vista) ou furto (situação similar, mas na qual o proprietário não está presente no momento da ocorrência).

Seguro parcial contra roubos e furtos

O seguro auto contra roubo e furto garante algumas tranquilidades cotidianas ao condutor, que pode transitar sem medo de perder o seu bem para sempre, caso ocorra alguma das ocorrências mencionadas, mas é sempre recomendável a procura por um seguro roubo e furto que supra todas as necessidades do condutor, e não somente as mais básicas, conforme mostra o site do Idec.

Ele protege contra roubos e furtos e é uma alternativa para quem quer economizar no valor do seguro.

Ele não cobre acidentes como colisões, apenas os dois tipos de sinistros.

Essa opção vale a pena para aqueles motoristas que não possuem grandes riscos de sofrer acidentes.

No entanto, ainda assim, é possível encontrar diversas vantagens em diferentes seguradoras, e por isso, é importante pesquisar em mais de uma empresa.

Por exemplo, mesmo que o seguro seja apenas para roubos e furtos, alguns oferecem assistência 24 horas para serviços mecânicos de emergência como guincho e consertos diversos.

Por serem mais baratos, esses seguros costumam oferecer um número limitado de acionamentos.

Mas ainda assim, essa quantidade normalmente atende bem às necessidades dos motoristas em geral.

Cobertura de carro reserva

Mesmo quem escolhe um seguro parcial como alternativa mais barata deve pensar em incluir uma cobertura de carro reserva.

Isso porque, até que todo o processo seja concluído, o motorista pode utilizar o carro da seguradora, e não ficar na mão de repente.

Esse é um exemplo de adicional que vale a pena.

Que tal algumas dicas para escolher um veículo com menores chances de roubo

O que eu faço se precisar acionar o seguro roubo e furto?

Se você precisar acionar o seguro roubo e furto, siga essas recomendações.

Mas lembre-se que aqui estão dicas de como proceder no geral, então, atente-se sempre as regras da sua seguradora.

Comunique a seguradora

A primeira atitude é ligar no 190 e fazer o B.O. (Boletim de Ocorrência), registrando o furto/roubo.

Em seguida, você terá que entrar em contato com a sua seguradora em caso de sinistro.

Afinal, você conta com seguro roubo e furto, não é mesmo?

Cada seguradora possui uma política para esse caso, e no momento da contratação do seguro é importante perguntar detalhes sobre como reagir diante dessa situação.

A seguradora irá pedir o B.O., por isso é importante que você registre assim que ocorrer o roubo ou furto pois esse documento é um dos mais importantes para solicitar a indenização e prosseguir com o processo.

Processo

Ao receber o seu B.O., a seguradora vai enviar o seu processo para análise.

Uma equipe especializada vai verificar a sua apólice e todas as coberturas que tem no seu contrato.

No caso do seguro parcial, é importante que o motorista saiba a cobertura para danos ocorridos em furtos na hipótese de o carro ser localizado.

Veículo localizado

Se o seu veículo for recuperado, informe imediatamente a central da sua seguradora.

Ela te guiará sobre os demais procedimentos, tanto para o caso de avarias no veículo ou não, incluindo guincho.

O prazo para encontrar o carro é de 30 dias, caso passe esse período, é dado como perda total.

No entanto, se o carro for encontrado, será preciso avaliar a situação do veículo.

Se os danos ultrapassarem o valor de 75% do valor total do carro, também é motivo para perda total.

Mas se o valor foi inferior, o carro é mandado para o conserto, e o pagamento dependerá da cobertura do seguro.

Proteja o seu bem contra roubos e furtos, seguindo as nossas dicas. 

Veículo não localizado

Se o veículo não for localizado, você deve aguardar o contato da seguradora.

Ela vai te guiar sobre os documentos necessários para que você receba a indenização.

Após a apresentação de toda a documentação solicitada pela seguradora, a empresa tem o prazo de 30 dias para realizar o pagamento da indenização.

O seguro contra roubos e furtos é essencial diante de um cenário com tanta violência como o que estamos vivendo atualmente.

Assim, mesmo que seja através de um seguro parcial, essa cobertura é quase que indispensável.

Portanto, evite preocupações e ande mais tranquilamente com seu carro.

Faça uma cotação agora mesmo e adquira seu seguro contra roubo e furto.

Restituição do IPVA

Outro ponto que poucas pessoas sabem é que se o IPVA do veículo roubado já estiver pago, e o veículo não for encontrado, é possível pedir restituição do valor.

Algumas seguradoras oferecem essa assistência para seus clientes.

Ou então, o proprietário mesmo pode fazer a solicitação no Detran ou na Secretaria da Fazenda de seu estado.

Leia mais artigos sobre:
Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV e atualmente cursa Gestão de Seguros. Possui mais de 2.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *