Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

O seguro auto é mais caro para quem tem filhos?

Se você está procurando mais informações sobre seguro auto, já deve saber que existem vários fatores que influenciam no preço. Entre eles, está a existência de filhos. Este é o seu caso, então descubra se o seguro auto é mais caro para quem tem filhos, neste artigo.

Como você já deve saber, o preço do seguro auto varia muito de acordo com as informações do motorista, condição do carro e rotina da família. Entre esses fatores que influenciam no preço do serviço, está a existência de filhos.

No entanto, muitas pessoas possuem uma dúvida em comum: será mesmo que o seguro auto é mais caro para quem tem filhos? Neste artigo explicaremos melhor sobre esse assunto, acompanhe.

O seguro auto é mais caro para quem tem filhos?

Afinal, o seguro auto é mais caro para quem tem filhos?

A resposta para essa pergunta é que depende. Quando você faz um seguro auto e não tem filhos, paga um valor X pelo serviço, porém, se você aumentar a família e incluir um pequeno, menor de idade, o valor do seu seguro será menor do que era antes.

Agora, se você tem filhos com idade entre 18 e 25 anos, saiba que seu seguro sairá sim mais caro. Acompanhe as explicações a seguir e entenda melhor se o seguro auto é mais caro para quem tem filhos:

Por que o seguro auto é mais barato com filhos menores de idade?

Quando um motorista tem um filho menor de 18 anos, as seguradoras entendem que este motorista será mais cauteloso na condução, afinal, ele não irá se arriscar ao volante com seu filho pequeno no banco de trás.

Ou seja, filhos menores no banco de trás, significam menores possibilidades de acidentes para o carro, e consequentemente, menores gastos para a empresa de seguros e, para o segurado também. Portanto, se você tem um filho menor de idade, vale a pena informar sobre ele na apólice de seguros.

E o seguro auto para quem tem filhos maiores de idade?

Neste caso, é triste informar que o seguro auto sairá mais caro. Isso acontece porque as seguradoras entendem que, se você tem um filho com 18 anos ou mais, as chances de ele ser habilitado e dirigir seu carro são maiores.

E, é preciso dizer que, o maior índice de acidentes de trânsito é de motoristas entre 18 e 25 anos. Ou seja, se você tem um filho dentro desta faixa etária pagará um seguro bem alto. Se o seu filho tem mais de 25 anos e ainda mora com você, saiba que o valor do seguro ainda será mais alto, mas não tanto como para quem tem filhos menores de 25 anos.

Exemplo: vamos supor que o preço da sua apólice de seguro auto, contando apenas você, fique no valor de R$ 2.540,00. Se você incluir um filho com idade entre 18 e 25 anos, o valor subirá para R$ 3.859,00. Se seu filho tiver mais de 25 anos, o valor poderá ficar em R$ 3.492,00. Nesse caso o seguro auto é mais caro para quem tem filhos.

Você tem filhos menores de 18 anos, mas é separado ou divorciado?

Infelizmente neste caso você não pagará mais barato no seguro auto ao incluir seu filho na apólice de seguros, isso porque, as seguradoras entendem que pessoas divorciadas ou separadas, estão mais propensas a sair com amigos, beber e acabar dirigindo.

Essa ideia se baseia no fato de que o motorista não estará sempre com o filho por perto, a criança morando com ele ou não. Afinal, em algum momento o pequeno está com o pai ou a mãe dele, e o segurado estará livre para sair, podendo se colocar em risco ao volante.

Você tem um enteado menor de idade?

Se você se casar, ou mesmo apenas estabelecer um relacionamento sério com uma pessoa que já tenha um ou mais filhos, casos eles sejam menores de idade, é possível que você consiga um desconto no valor da apólice.

No entanto, está não é uma regra como no caso dos filhos menores de idade, citado acima. Algumas seguradoras podem negar o desconto, alegando que o motorista não será mais cuidadoso ao volante, visto que o filho não é dele.

Mesmo assim, vale a pena tentar, se você mora com alguém que já tem um filho, informe isso no momento da contratação do seguro auto e veja a possibilidade de conseguir um desconto.

Preciso mesmo incluir meu filho no seguro?

Depois de ler essas informações você pode se perguntar, ‘mas e se eu não quiser incluir meus filhos na apólice do seguro auto?’. A resposta para essa questão é que, se você não quer ter problemas futuros com a cobertura do seu seguro auto, você não tem escolha. Precisará incluir seu filho na cotação do seguro.

Independentemente de ele ser ou não menor de idade, ou se ele dirige ou não seu carro, ele precisa ser mencionado na cotação. Pois, caso ele seja maior de 18 anos, pegue seu carro sem sua permissão e sofra um acidente, o seguro não se responsabilizará pelo sinistro. Então, mesmo que você saiba que o seguro poderá sair mais caro ao informar sobre seu filho, faça isso, é sempre melhor prevenir do que remediar.

Caso seu filho seja habilitado e pegue seu carro de vez em quando, coloque-o como motorista adicional no seu seguro. Assim, se ele tiver o azar de bater o carro, você não precisará arcar com o conserto sozinho.

Existe um seguro auto para motoristas menores de 25 anos?

Como mostrado anteriormente, se você tem um filho maior de 18 anos habilitado, que pega seu carro vez ou outra, o mais indicado é que você o inclua no seguro como um motorista adicional. A apólice ficará mais cara, mas você evitará muitas dores de cabeça.

Agora, se seu filho nesta mesma faixa etária possui um carro próprio, vale a pena incluir ele o carro dele no seguro familiar, junto ao seu. Assim você poderá pagar um valor bem menor pelo seguro dele, do que pagaria se contrata-se um seguro individual para ele.

Se seu filho está prestes a tirar carta e você pretende presenteá-lo com um carro já segurado, procure por modelos mais novos e simples, que não sejam muito visados por ladrões e nem contem com peças de reposição caras ou difíceis de serem encontradas. Fazendo isso você conseguirá contratar um seguro familiar muito mais baixo para seu filho.

Outra boa maneira de economizar nessa contratação é, instalando um rastreador ou bloqueador no carro do jovem. Esses tipos de equipamentos fazem com que o valor do seguro caia consideravelmente. Isso acontece porque, carros com rastreadores possuem muito mais chances de serem encontrados caso sejam roubados ou furtados.

Vale a pena também inscrever seu filho em um curso de direção segura e defensiva, oferecido gratuitamente por muitos departamentos de trânsito do país. Caso ele conte com esse atributo, poderá pagar um valor ainda menor na apólice.

Quais são os outros fatores que influenciam no preço do seguro auto?

Além dos filhos, existem outros fatores que também influenciam no seguro auto, os principais são:

Motivos que influenciam no preço Como eles influenciam o preço
Marca do veículo Algumas marcas são mais visadas por ladrões, isso faz com que o seguro saia mais caro. Assim como existem marcas que contam com uma manutenção mais cara.
Ano de fabricação do veículo Quanto mais novo for o veículo, menor será o valor do seguro. Isso porque, carros mais antigos encontram mais dificuldades de encontrar peças.
Existência de garagem Carros que dispõem de garagem contaram com seguros mais baixos, visto que, o tempo que ele ficará exposto ao perigo na rua, será menor.
Região onde o segurado mora Áreas onde a segurança é menor ou as chances de acidentes são maiores, promoverão seguros mais caros.
Tipo de moradia Segurados que residem em casas podem pagar mais caro que aqueles que moram em apartamentos ou condomínios fechados, isso porque as seguradoras acreditam que, segurados que moram em residências estão mais expostos ao perigo de furtos.
Perfil do motorista Sexo, histórico de acidentes e idade são fatores que influenciam no valor do seguro. Mulheres são consideradas mais cuidadosas que homens ao volante, por isso, pagam menos.
Tipo de cobertura contratada Quanto mais serviços do seguro auto forem contratados, maior será o valor da apólice.
Franquia Se optar por uma franquia menor, pagará um valor mais alto no seguro. No entanto, se você escolher uma franquia mais cara, o valor do seguro será menor.

Agora que você já sabe como funciona o seguro auto para quem tem filhos, incluindo os valores. E conhece os principais fatores que influenciam no preço final da apólice de seguros, ficará muito mais simples realizar suas cotações e contratar um seguro que tenha os serviços adequados ao seu caso, com valores mais acessíveis.

Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *