dcsimg

Seguro para carros com molas esportivas

Uma verdadeira paixão entre os homens (principalmente), os carros esportivos ficam no meio da encruzilhada entre possuir o seguro ou rebaixar e/ou usar molas esportivas. Veja a seguir como fazer para ter o Seguro para carros com molas esportivas instaladas!

Os apaixonados por carro desejam muita e muitas vezes fazerem a troca das molas originais por molas esportivas. Entretanto, o caso entre molas esportivas e seguro automotivo é longo e muitas vezes não sai tão bem como os donos dos carros desejam. Afinal, em muitos casos, as modificações feitas nos carros não são aceitas pela seguradora.

Seguro para carros com molas esportivas

Por que as seguradoras não cobrem as molas esportivas?

A explicação mais plausível para esse tipo de cobertura é que quando um automóvel passa por modificações, os riscos acabam aumentando e, consequentemente, o valor do carro também aumenta. Porém, com o aumento de carros modificados, as seguradoras também tiveram que se modificar. Algumas empresas que trabalham com seguros de automóveis começaram a oferecer uma cobertura para carros modificados. Entretanto, os valores para esse tipo de cobertura, costumam ser muito altos.

O que fazer para conseguir um seguro para carros com molas esportivas?

Como a polêmica em torno desse assunto é enorme, é preciso ter muito cuidado na hora de colocar as molas esportivas em seu automóvel, caso queria ter um seguro nele. Algumas pessoas indicam o uso de molas da Eibach (empresa alemã) em carros da Volkswagen, pois, na Alemanha, o uso dessas molas foi liberado e homologado pela VW.

Desta forma, a dica é entrar em contato com sua seguradora, com a fabricante das molas e a fábrica de carros, afim de saber se o seguro poderá ou não ser feito, após a instalação das molas.

O seguro já é aceito no Brasil?

Como já dito anteriormente, o Seguro para carros com Molas Esportivas ainda não está totalmente liberado e nem é algo fácil de ser conseguir no Brasil. Porém, se você deseja muito fazer a modificação, procure todas as partes envolvidas e então faça a modificação.

Não se esqueça de procurar a empresa fabricantes das molas, a empresa fabricante do carro e a seguradora de automóveis. Esta última deve ser a parte mais interessada por você, motorista, afinal, é ela quem decide se cobre ou não o seu carro modificado.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário