Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Como fica o seguro quando o carro roubado é recuperado?

Compartilhe nas redes sociais:

Quer saber o que acontece com o seguro quando o carro roubado é recuperado? Descubra nesse artigo a resposta para isso e mais algumas questões relacionadas ao tema.

Todas as pessoas que tem seguro auto sabem que se seu carro for roubado ou furtado, é preciso registrar um boletim de ocorrência e então acionar o seguro. Se o veículo não for encontrado em um determinado período, que normalmente gira em torno de cinco a sete dias, a seguradora terá até 30 dias para indenizar o segurado conforme o previsto em apólice. Nesses casos o seguro do carro é cancelado. Já que o bem segurado (o carro) não é mais de seu dono.

Já nos casos de furto ou roubo que o veículo é encontrado é preciso que o carro passe por uma avaliação para que a melhor solução seja encontrada. Caso ele tenha um dano igual ou superior a 75% do valor do carro a seguradora deverá pagar uma indenização integral, como nos casos em que o veículo não é encontrado, e o seguro deverá ser cancelado.

No entanto, nos casos em que o carro é encontrado com danos que não atinjam 75% do valor de seu valor, ele é encaminhado para uma oficina, consertado e devolvido ao segurado. Mas, você sabe como fica o seguro nesses casos? Descubra a seguir.

Como fica o seguro quando o carro roubado é recuperado?

Veja como fica o seguro quando o carro roubado é recuperado

O prazo esperado pela seguradora para que o carro seja encontrado é entre cinco e sete dias. Depois desse período é preciso que alguns documentos sejam entregues a seguradora. Só então começa a valer o prazo de 30 dias para que a seguradora pague ao segurado o valor integral da indenização.

Durante esse período de 30 dias, é aberto um processo de transferência de posse do carro, do segurado para o nome da seguradora. E só depois que esse processo é concluído que o segurado poderá receber a indenização integralmente.

Porém, caso o carro seja encontrado antes que essa transferência seja concluída, o processo é cancelado, e o pagamento indenizatório é suspenso. O carro segue para a oficina, caso necessite de reparos e posteriormente é devolvido ao segurado. Lembrando que, nesse caso o segurado terá que arcar com a franquia do seguro para ter o serviço realizado.

Nesta situação, a apólice de seguros continua vigente normalmente, mas, se o carro for encontrado com avarias que o caracterizem como perda total. Então deverá se prosseguir com o pagamento indenizatório ao cliente e a apólice será cancelada.

Se o carro for encontrado após o processo de transferência de posse ser concluído, o cliente permanecerá com o direito de receber a indenização integralmente pelo veículo, e a apólice deverá ser cancelada. O carro passa a ser então da seguradora. Esse carro passa então a ser chamado de veículo sinistrado.

Entenda melhor o que um carro sinistrado

Todas às vezes que um seguro é acionado e paga uma indenização integral, seja por motivo de perda total em uma colisão ou incêndio, ou em um caso de furto ou roubo. A partir do momento que a indenização é paga ao cliente, o carro passa a ser da seguradora.

Nesses casos, os carros são considerados sinistrados, o que significa que, se o veículo for encontrado será mandado diretamente para um dos pátios de leilão do Detran, onde poderá ser recuperado, ou não, e vendido a um preço muito abaixo da tabela.

Ou seja, se sua dúvida era saber como fica o seguro quando o carro roubado é recuperado, a resposta é depende. Se ele puder ser recuperado, é preciso que isso seja feito e ele seja devolvido ao segurado, onde a apólice de seguro auto permanecerá intacta. No entanto, se ele não for recuperado, ou for apenas depois que o processo de transferência de posse para o nome da seguradora for concluído, então o cliente deverá receber a indenização integralmente, e a apólice deverá ser cancelada.


Compartilhe nas redes sociais:
Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *