Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Tabela de seguro de carros

Atualmente no mercado existem diversos modelos de carros e cada um possui suas características. Veja a tabela de seguro de carros e tenha uma ideia de quanto custa o seguro deles.

Para manter o veículo protegido é preciso contar com um seguro de carros.

A questão é que o valor do serviço pode variar bastante de um modelo para outro, assim como por conta do perfil do motorista e coberturas contratadas, dentro das exigências da Susep.

Isso quer dizer que não existe um valor fixo para a proteção do carro e os motoristas devem fazer a cotação de maneira individual.

Fatores como local de residência, idade, modelo do carro e muitos outros acabam influenciando no preço do seguro.

São esses itens que contribuem para a formação do preço final e diferenciam a cotação de uma pessoa para outra.

Apesar dessas variações, sempre existe uma forma de conseguir o melhor preço para o seu bolso.

Para que você possa ter uma ideia, pegamos alguns dos carros mais emplacados até outubro 2019, segundo a FENABRAVE, e pesquisamos o valor do seguro auto.

Veja os resultados encontrados na tabela de seguro de carros, lembrando que os motoristas possuem perfis diferentes.

Tabela de seguro de carros

Imagem: Getty Images

Confira a tabela de seguro de carros mais vendidos

Preço do seguro auto Onix

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Onix Hatch Ltz 1.4 8V Flexpower 5P Aut 2019 Feminino, 61 anos Nova Lima (MG) R$ 1.150,04
Onix Hatch Lt 1.4 8V Flexpower 5P Aut 2019 Feminino, 54 anos São Paulo (SP) R$ 1.256,33
Onix Hatch Ltz 1.4 8V Flexpower 5P Mec 2018 Masculino, 49 anos Rio de Janeiro (RJ) R$ 1.942,67
Onix Hatch Lt 1.4 8V Flexpower 5P Mec. 2017 Masculino, 31 anos Teresina (PI) R$ 1.799,35
Onix Hatch Effect 1.4 8V F.Power 5P Mec 2016 Feminino, 57 anos Videira (SC) R$ 1.056,06

Confira mais sobre o preço médio do seguro auto Onix.

Preço do seguro auto Ka

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Ka 1.0 Se/Se Plus Tivct Flex 5P 2019 Feminino, 20 anos Londrina (PR) R$ 2.524,82
Ka 1.0 Se/Se Plus Tivct Flex 5P 2019 Feminino, 58 anos Nova Friburgo (RJ) R$ 1.227,98
Ka 1.0 Se/Se Plus Tivct Flex 5P 2018 Masculino, 65 anos Porto Alegre (RS) R$ 1.415,27
Ka 1.0 Se/Se Plus Tivct Flex 5P 2017 Masculino, 31 anos Mogi das Cruzes (SP) R$ 1.154,16
Ka 1.0 Se/Se Plus Tivct Flex 5P 2016 Feminino, 54 anos Salvador (BA) R$ 1.098,90

Aproveite para conhecer mais sobre o preço médio do seguro auto Ka.

Preço do seguro auto HB20

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Hb20 Comf./C.Plus/C.Style 1.0 Flex 12V 2019 Masculino, 44 anos Campinas (SP) R$ 1.560,70
Hb20 Unique 1.0 Flex 12V Mec 2019 Masculino, 56 anos Petrópolis (RJ) R$ 1.461,78
Hb20x Premium 1.6 Flex 16V Aut. 2018 Feminino, 50 anos Barbacena (MG) R$ 1.930,02
Hb20 C./C.Plus/C.Style 1.6 Flex 16V Mec 2017  Feminino, 61 anos Cascavel (PR) R$ 1.357,75
Hb20 C.Style/C.Plus 1.6 Flex 16V Aut 2016 Feminino, 23 anos Manaus (AM) R$ 2.778,43

Veja outras opções de preço médio do seguro auto HB20.

Preço do seguro auto Argo

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Argo Drive 1.0 6V Flex 2019 Feminino, 55 anos Arapongas (PR) R$ 1.624,83
Argo 1.0 6V Flex. 2019 Masculino, 64 anos Samambaia (DF) R$ 1.708,54
Argo Hgt 1.8 16V Flex Aut. 2018 Masculino, 76 anos Nova Friburgo (RJ) R$ 1.777,67
Argo Drive 1.3 8V Flex 2018 Masculino, 42 anos Hidrolândia (CE) R$ 1.705,24
Argo Drive 1.0 6V Flex 2017 Feminino, 53 anos Taboão da Serra (SP) R$ 1.506,76

Preço do seguro auto Polo

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Polo Comfort. 200 Tsi 1.0 Flex 12V Aut 2019 Feminino, 52 anos Brasília (DF) R$ 1.477,02
Polo 1.0 Flex 12V 5P 2019 Masculino, 24 anos Bauru (SP) R$ 2.829,99
Polo 1.6 Msi Flex 16V 5P 2018 Feminino, 51 anos Bariri (SP) R$ 1.169,44
Polo 1.0 Flex 12V 5P 2018 Masculino, 41 anos Mauá (SP) R$ 1.233,84
Polo Comfort. 200 Tsi 1.0 Flex 12V Aut 2017 Masculino, 49 anos Taguatinga (DF) R$ 1.816,04

Preço do seguro auto Renegade

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Renegade Trailhawk 2.0 4X4 Tb Diesel Aut 2019 Feminino, 55 anos Chapecó (SC) R$ 4.066,98
Renegade Sport 1.8 4X2 Flex 16V Aut. 2019 Feminino, 55 anos Belo Horizonte (MG) R$ 1.733,56
Renegade Longitude 1.8 4X2 Flex 16V Aut 2018 Feminino, 48 anos Apucarana (PR) R$ 1.845,33
Renegade 1.8 4X2 Flex 16V Aut.(Pcd) 2017 Masculino, 43 anos Apucarana (PR) R$ 2.582,22
Renegade Longitude 1.8 4X2 Flex 16V Aut 2016 Feminino, 45 anos Belo Horizonte (MG) R$ 2.838,77

Preço do seguro auto Gol

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Gol 1.0 Flex 12V 5P 2019 Masculino, 31 anos Maceió (AL) R$ 1.874,46
Gol 1.6 Msi Flex 16V 5P Aut. 2019 Feminino, 51 anos Curitiba (PR) R$ 1.586,15
Gol Trendline 1.0 T.Flex 12V 5P 2018 Feminino, 30 anos Taguatinga (DF) R$ 1.573,28
Gol City 1.0 Total Flex 12V 4P 2017 Feminino, 41 anos Praia Grande (SP) R$ 1.827,84
Gol Rock In Rio 1.0 Mi Total Flex 8V 5P 2016 Masculino, 36 anos Piracicaba (SP) R$ 1.068,05

Confira mais sobre o preço médio do seguro auto Gol.

Preço do seguro auto Corolla

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Corolla Xei 2.0 Flex 16V Aut. 2019 Feminino, 69 anos João Pessoa (PB) R$ 1.903,88
Corolla Xrs 2.0 Flex 16V Aut 2019 Masculino, 61 anos Viamão (RS) R$ 2.509,19
Corolla Gli 1.8 Flex 16V Aut 2018 Feminino, 42 anos Cabedelo (PB) R$ 1.311,24
Corolla Xei 2.0 Flex 16V Aut. 2017 Masculino, 29 anos Areal (RJ) R$ 2.963,33
Corolla Gli 1.8 Flex 16V Aut. 2016 Masculino, 64 anos Vitória (ES) R$ 1.571,87

Preço do seguro auto Kwid

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Kwid Zen 1.0 Flex 12V 5P Mec 2019 Masculino, 33 anos  São José dos Pinhais (PR) R$ 1.140,18
Kwid Intense 1.0 Flex 12V 5P Mec 2019  Feminino, 38 anos São Paulo (SP) R$ 2.101,16
Kwid Zen 1.0 Flex 12V 5P Mec 2018 Feminino, 69 anos Belo Horizonte (MG) R$ 1.104,88
Kwid Intense 1.0 Flex 12V 5P Mec 2018 Feminino, 38 anos Rio de Janeiro (RJ) R$ 1.936,20
Kwid Zen 1.0 Flex 12V 5P Mec 2017 Feminino, 39 anos Curitiba (PR) R$ 1.051,13

Preço do seguro auto Compass

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Compass Longitude 2.0 4X4 Dies. 16V Aut. 2019 Feminino, 53 anos Barra Bonita (SP) R$ 4.699,01
Compass Sport 2.0 4X2 Flex 16V Aut 2019 Feminino, 63 anos Sertãozinho (SP) R$ 2.286,97
Compass Limited 2.0 4X4 Diesel 16V Aut 2018 Masculino, 50 anos  Cruz Alta (RS) R$ 2.918,55
Compass Sport 2.0 4X2 Flex 16V Aut. 2017 Feminino, 34 anos Chapecó (SC) R$ 2.770,65
Compass Longitude 2.0 4X2 Flex 16V Aut 2016 Feminino, 31 anos  Londrina (PR) R$ 2.790,78

 Depois de conferir a tabela de seguro de carros e ter uma ideia de quanto essa proteção custa, faça uma cotação e descubra o investimento necessário para proteger o seu veículo.

*Seguroauto.org não se responsabiliza pelos valores aqui mencionados, visto que o preço do seguro pode variar conforme o perfil de cada motorista.

Preço de seguro de carros em Curitiba

O preço de seguro de carros em Curitiba pode variar conforme o modelo e perfil do condutor.

Quando se adquire um carro é preciso pensar em como conservá-lo e protegê-lo sem que isso afete as finanças.

Se você contrata um seguro auto a ideia é conseguir um pouco mais de tranquilidade e com um valor que cabe no bolso, porém, a questão é que muita gente não tem ideia do preço do seguro, uma vez que ele pode variar bastante, mas sempre seguindo as normas da Susep.

Dentre os fatores que influenciam essa variação está a seguradora que oferta o produto, perfil do motorista, coberturas contratadas entre outros.

Por isso, para ter certeza do valor a ser pago a melhor opção é sempre fazer uma cotação personalizada, colocando as coberturas que deseja e assim tendo uma informação precisa de quanto o seguro custará para você.

Alguns motoristas acabam conseguindo um preço bastante reduzido devido ao seu perfil, já outros pagam caro.

Isso significa que o mesmo modelo para pessoas diferentes pode ter um seguro com valores bem variados.

Portanto, o preço do seguro de carros em Curitiba não é fixo.

Para quem está fazendo uma pesquisa para adquirir o seu próximo veículo pode fazer uma cotação personalizada ou se basear apenas em valores que outras pessoas pagam, esse último pode não ser muito preciso.

Se quer ter apenas uma noção de preço de seguro de carro em Curitiba, veja alguns exemplos que separamos e que podem lhe ajudar.

Preço de seguro de carros em Curitiba

Imagem: Getty Images

Carros com seguro de até R$ 2.000,00

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Onix Hatch Lt 1.0 8V Flexpower 5P Mec 2017 Feminino, 43 anos  Curitiba (PR) R$ 1.065,79
Ka 1.0 Se/Se Plus Tivct Flex 5P 2018  Feminino, 40 anos  Curitiba (PR) R$ 1.350,62
Hb20 C./C.Plus/C.Style 1.6 Flex 16V Mec 2017 Feminino, 57 anos  Curitiba (PR) R$ 1.577,43
Argo Drive 1.0 6V Flex 2018 Masculino, 56 anos  Curitiba (PR) R$ 1.674,59
Renegade Sport 1.8 4X2 Flex 16V Aut 2016 Masculino, 70 anos  Curitiba (PR) R$ 1.951,48
Gol Rock In Rio 1.0 Mi Total Flex 8V 5P 2016 Feminino, 29 anos  Curitiba (PR) R$ 1.565,84
Kicks Sl 1.6 16V Flexstar 5P Aut 2019 Masculino, 69 anos  Curitiba (PR) R$ 1.838,17
Mobi Easy 1.0 Fire Flex 5P 2017 Masculino, 42 anos  Curitiba (PR) R$ 1.518,72
Virtus Comfort. 200 Tsi 1.0 Flex 12V Aut 2019  Feminino, 51 anos  Curitiba (PR) R$ 1.916,27
Sandero Expression Hi-Power 1.0 16V 5P 2015 Feminino, 46 anos  Curitiba (PR) R$ 1.460,64

Carros com seguro a partir de R$ 2.000,01

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Compass Longitude 2.0 4X4 Dies. 16V Aut 2017 Masculino, 44 anos Curitiba (PR) R$ 4.209,28
Argo Drive 1.0 6V Flex 2018 Masculino, 29 anos  Curitiba (PR) R$ 2.270,38
Polo 1.6 Msi Flex 16V 5P 2018 Feminino, 33 anos  Curitiba (PR) R$ 2.452,04
Corolla Xrs 2.0 Flex 16V Aut 2018 Masculino, 42 anos  Curitiba (PR) R$ 3.173,72
Kwid Intense 1.0 Flex 12V 5P Mec 2019 Feminino, 22 anos  Curitiba (PR) R$ 2.170,58
Creta Sport 2.0 16V Flex Aut. 2019 Feminino, 33 anos  Curitiba (PR) R$ 2.766,57
T-Cross Comfortline 1.0 Tsi Flex 5P Aut 2020 Feminino, 53 anos  Curitiba (PR) R$ 2.821,00
Hr-V Ex 1.8 Flexone 16V 5P Aut. 2016 Masculino, 37 anos  Curitiba (PR) R$ 2.109,07
Ecosport Freestyle 1.5 12V Flex 5P Mec 2020 Feminino, 34 anos  Curitiba (PR) R$ 2.618,97
Yaris Xls 1.5 Flex 16V 5P Aut 2020 Feminino, 46 anos  Curitiba (PR) R$ 2.663,53

Agora que já sabe o preço de seguro de carros em Curitiba para outros motoristas, que tal fazer uma cotação personalizada e saber quanto fica para você?

*Seguroauto.org não se responsabiliza pelos valores aqui mencionados, visto que o preço do seguro pode variar conforme o perfil de cada motorista.

10 carros importados com seguro barato‏

Quem disse que para manter os carros importados é preciso gastar muito?

Quem gosta de ter carros importados, sabe que nem sempre é barato manter a manutenção desse, porém não é preciso deixar de ter um desses.

Dentre um dos fatores que pode ser levado em consideração na hora de escolher o seu importado é o seguro auto.

Saiba como evitar receber uma multa e qual o valor delas, ;)

Nem sempre o valor do seguro será tão caro como algumas pessoas imaginam, é possível encontrar veículos importados com preços bastante acessíveis.

Isso acontece porque existem diferentes fatores que influenciam na formação do preço do seguro, um deles é o índice de roubo.

Os modelos mais chamativos e com grande número de carros na rua têm maiores chances de serem levados pelos bandidos.

Os importados nem sempre figuram nessa lista por serem facilmente visualizados.

Há também a questão das peças de reposição, se elas forem muito caras e difíceis de encontrar no mercado nacional podem elevar o custo do seguro auto.

Por outro lado,se esses fatores forem favoráveis os carros importados com seguro barato podem ser encontrados.

Veja alguns modelos que se destacam por essa característica.

10 carros importados com seguro barato‏

Imagem: Getty Images

Carros importados e o valor do seguro

Confira a lista a seguir dos carros importados e use como base para escolher o seu próximo veículo.

Picanto

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Picanto Gt 1.0 12V Flex Aut 2018 Feminino, 29 anos São Paulo (SP) R$ 3.259,68
Picanto Ex 1.1/1.0/ 1.0 Flex Aut. 2018 Feminino, 73 anos São Paulo (SP) R$ 2.233,86
Picanto Ex 1.1/1.0/ 1.0 Flex Aut 2017 Feminino, 62 anos Porto Alegre (RS) R$ 2.177,10
Picanto Ex 1.1/1.0/ 1.0 Flex Aut 2016 Feminino, 28 anos Pato Branco (PR) R$ 1.976,98
Picanto Ex 1.1/1.0/ 1.0 Flex Aut 2015  Feminino, 23 anos Osasco (SP) R$ 1.830,24

Golf Variant

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Golf Variant High. 250 1.4 Tsi Flex Aut 2018 Masculino, 52 anos Londrina (PR) R$ 3.726,65
Golf Variant High. 250 1.4 Tsi Flex Aut 2018 Feminino, 35 anos Guaratinguetá – SP R$ 2.917,20
Golf Variant Highli. 1.4 Tsi T.Flex Aut 2017 Feminino, 35 anos Pinhais (PR) R$ 2.443,56
Golf Variant Comfortline 1.4 Tsi Aut 2016 Masculino, 73 anos Curitiba (PR) R$ 2.711,50
Golf Variant Highline 1.4 Tsi Aut 2015 Feminino, 35 anos Florianópolis (SC) R$ 2.082,21

C4 Picasso

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
C4 Picasso Intensive 1.6 Turbo 16V Aut 2019 Feminino, 75 anos  Natal (RN) R$ 3.049,02
C4 Picasso Intensive 1.6 Turbo 16V Aut 2019 Feminino, 35 anos Curitiba (PR) R$ 2.980,26
C4 Picasso Intensive 1.6 Turbo 16V Aut 2018 Masculino, 39 anos Concórdia (SC) R$ 3.602,18
C4 Picasso Intensive 1.6 Turbo 16V Aut. 2017 Feminino, 42 anos Laranjeiras do Sul (PR) R$ 3.298,73
C4 Picasso Intensive 1.6 Turbo 16V Aut 2016 Masculino, 57 anos Curitiba (PR) R$ 2.500,00

Você sabia que é possível contratar um seguro auto com peças usadas?

Journey

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Journey Rt 3.6 V6 Aut 2018 Masculino, 40 anos São Paulo (SP) R$ 3.755,62
Journey Rt 3.6 V6 Aut 2018 Masculino, 50 anos Curitiba (PR) R$ 2.988,69
Journey Rt 3.6 V6 Aut. 2017 Feminino, 47 anos Núcleo Bandeirante (DF) R$ 3.882,78
Journey Rt 3.6 V6 Aut 2017 Feminino, 53 anos Garopaba (SC) R$ 5.399,42
Journey Rt 3.6 V6 Aut 2015  Feminino, 32 anos  Ibiporã (PR) R$ 3.644,56

Vitara

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Vitara 4Sport Allgrip 1.4 Tb 16V Aut. 2019 Feminino, 39 anos Natal (RN) R$ 1.947,60
Vitara 4You Allgrip 1.6 16V Aut 2019  Masculino, 49 anos Natal (RN) R$ 2.546,58
Vitara 4You Allgrip 1.6 16V Aut 2018 Feminino, 62 anos Rio de Janeiro (RJ) R$ 3.215,55
Vitara 4You 1.6 16V Aut 2017 Feminino, 52 anos Curitiba (PR) R$ 1.655,48
Vitara 4You Allgrip 1.6 16V Aut 2017 Feminino, 61 anos  João Pessoa (PB) R$ 2.397,37

Quer conhecer mais sobre o seguro auto completo? Nós já escrevemos sobre isso, :)

Cruze

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Cruze Sport Ltz 1.4 16V Tb Flex 5P Aut. 2019 Feminino, 61 anos  Foz do Iguaçu (PR) R$ 2.205,90
Cruze Ltz 1.4 16V Turbo Flex 4P Aut. 2018 Feminino, 50 anos  Bauru (SP) R$ 2.085,92
Cruze Sport Ltz 1.4 16V Tb Flex 5P Aut 2017 Masculino, 43 anos Diamante D’Oeste (PR) R$ 2.420,08
Cruze Hb Sport Ltz 1.8 16V Flexp. 5P Aut  2016 Masculino, 19 anos Foz do Iguaçu (PR) R$ 2.178,68
Cruze Lt 1.8 16V Flexpower 4P Aut 2015 Feminino, 56 anos Monte Sião (MG) R$ 1.694,81

Tracker

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Tracker Midnight 1.4 Turbo Flex Aut. 2019 Masculino, 55 anos Xangri-lá (RS) R$ 2.351,53
Tracker Premier 1.4 Turbo 16V Flex Aut 2018 Feminino, 71 anos Vitória (ES) R$ 2.507,92
Tracker Ltz 1.4 Turbo 16V Flex 4X2 Aut 2017 Feminino, 54 anos Timbó (SC) R$ 1.784,21
Tracker Ltz 1.8 16V Flex 4X2 Aut 2016 Masculino, 58 anos Curitiba (PR) R$ 2.724,76
Tracker Ltz 1.8 16V Flex 4X2 Aut 2015 Feminino, 42 anos Belo Horizonte (MG) R$ 1.606,36

Chery

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Cronos Drive Gsr 1.3 8V Flex  2019 Feminino, 30 anos  Brasília (DF) R$ 1.346,31
Cronos Drive 1.3 8V Flex 2019 Masculino, 32 anos Recanto das Emas (DF) R$ 2.192,22
Cronos Precision 1.8 16V Flex Aut 2019  Feminino, 45 anos Cascavel (PR) R$ 1.781,01
Cronos Precision 1.8 16V Flex Aut 2018 Masculino, 34 anos Sete Lagoas (MG) R$ 1.772,66
Cronos Drive 1.3 8V Flex 2018 Masculino, 53 anos Foz do Iguaçu (PR) R$ 2.051,30

New Fiesta Sedan

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
New Fiesta Sedan Se 1.6 16V 125Cv P.Shift 2016 Masculino, 63 anos Contagem (mg) R$ 2.044,33
New Fiesta Sedan Se 1.6 16V 125Cv P.Shift F 2016 Feminino, 62 anos Teresina (pi) R$ 1.854,60
New Fiesta Sedan 1.6 16V Flex Aut 2015 Masculino, 29 anos Porto Velho – Ro R$ 2.348,58

Veja o que escrevemos sobre o seguro completo, parcial e popular e saiba qual contratar!

X60

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
X60 Vip 1.8 16V 128Cv 5P Aut Feminino, 59 anos Campo Grande (MS) R$ 2.530,43
X60 1.8 16V 128Cv 5P Mec. 2018 Feminino, 48 anos  Ibirama (SC) R$ 2.180,94
X60 1.8 16V 128Cv 5P Mec 2016 Feminino, 44 anos  Bauru (SP) R$ 2.313,63
X60 1.8 16V 128Cv 5P Mec 2016 Masculino, 38 anos Porto Alegre (RS) R$ 2.791,24
X60 1.8 16V 128Cv 5P Mec. 2015 Masculino, 61 anos  Brasília (DF) R$ 2.337,00

Depois de saber que existem carros importados com seguro barato já pode repensar qual será o seu próximo veículo.

*Seguroauto.org não se responsabiliza pelos valores aqui mencionados, visto que o preço do seguro pode variar conforme o perfil de cada motorista.

Buracos nas ruas e estradas são causas de acidentes

As condições das ruas nas cidades e pistas no país oferecem desafio aos condutores. Boas condições de pavimentação e sinalização podem reduzir a ocorrência de acidentes.

O motorista nas vias e estradas do Brasil precisa estar duplamente atento. Se em alguns locais a pavimentação e a sinalização estão condições aceitáveis, uma boa parte das ruas e pistas está esburacada e sem sinalização, até mesmo em áreas urbanas. O motorista não pode se distrair ao volante, porque em seu trajeto sempre podem surgir vias acidentadas.

O tamanho do Brasil não pode ser desculpa para que isso aconteça. Outros países de dimensão continental enfrentaram e resolveram esse problema.  Na verdade, trata-se de falta de prioridade para essa questão nos investimentos públicos, além de ineficiência na gestão de recursos. O cidadão que paga pesados impostos quando compra seu carro e combustíveis, além dos impostos municipais anuais para circular com seu veículo e muitas vezes não vê o retorno de sua contribuição.

Os proprietários das frotas de veículos pesados como caminhões e ônibus, que causam o maior desgaste e prejuízo ao pavimento das ruas e estradas, deveriam pagar impostos proporcionais à sua utilização das vias públicas, para continuar a obter boas condições para a operacionalização de suas empresas.

Buracos nas ruas e estradas são causas de acidentes

Imagem: Pixabay / Comfreak

Dicas para os motoristas ao enfrentar más condições

O Observatório Nacional de Segurança Viária oferece algumas dicas para os motoristas na hora de enfrentar vias em más condições:

– Poças de água.

Mais atenção e cuidado ao dirigir em vias desconhecidas depois de chuvas. Principalmente se encontrar poças d’água é preciso se desviar delas, porque podem esconder buracos.

– Estepe calibrado.

Verifique se o estepe está sempre bem calibrado, para estar prevenido caso aconteçam danos nos pneus ao passar em buracos. Existe o risco de os pneus estourarem ou das rodas amassarem. Calibre o estepe a cada 15 dias, no máximo.

– Proteja amortecedores e suspensão.

Diminua a velocidade ao circular em vias esburacadas ou irregulares, porque há o risco de amortecedores e suspensão sofrerem danos e comprometerem a segurança do veículo.

– Mantenha distância.

Manter distância do carro que vai à frente é atitude do motorista consciente. Quando se está muito próximo se perde a oportunidade de enxergar problemas na via a tempo de desviar, comprometendo as reações para proteger a sua segurança.

– Em vias esburacadas, vá devagar.

Para tentar desviar de buracos, muitos motoristas sofrem acidentes. Em caso de alta velocidade pode acontecer o capotamento do veículo. Portanto, se o asfalto está crítico, é preciso reduzir a velocidade e redobrar a atenção nos veículos que trafegam em direção contrária à sua.

– Faça revisão antes de viajar.

Antes de viajar, consulte seu mecânico de confiança sobre as condições da coluna de direção, buchas das bandejas e molas. São elementos do carro que quando quebram podem levar à perda de controle do veículo e um grave acidente como consequência.

– Mantenha as luzes em ordem.

Não deixe de verificar periodicamente as condições de todas as luzes externas, faróis, lanternas e setas, além dos freios. Mantenha as palhetas do limpador de para-brisas em boas condições, bem como verifique sempre o nível do reservatório de água do limpador.

Buracos nas ruas e estradas são causas de acidentes

Imagem: Pixabay / Free-Photos

 Relação entre infraestrutura das rodovias e gravidade de acidentes

Existe uma surpreendente relação entre os índices de acidentes em estradas e as condições de infraestrutura das rodovias. Ao contrário do que se supõe, de que quanto mais esburacado o asfalto, mais graves são os acidentes nas rodovias, é na verdade a melhor condição de infraestrutura das rodovias federais brasileiras que proporcionalmente registram os acidentes de maior gravidade, segundo estudo realizado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária – ONSV.

Isto porque, o estudo demonstra que os melhores pavimentos proporcionam condições para velocidades mais elevadas, que é o fator determinante para a gravidade dos acidentes. A pesquisa que demonstra essa realidade é a “Acidentes Rodoviários e Infraestrutura”, da Confederação Nacional do Transporte (CNT). O que ocorre é que as más condições no asfalto alagado por chuvas levam a falta de dirigibilidade, com perda do controle do veículo e danos nos pneus e na estrutura do carro.

O ONSV – Observatório Nacional de Segurança Viária destaca a importância da fiscalização de velocidade, com novos procedimentos para essa tarefa, como a regulamentação da fiscalização da velocidade máxima por trecho, estabelecida com base no tempo gasto entre dois pontos de controle. As melhorias das condições do pavimento precisam ser acompanhadas de medidas de controle da velocidade, além de boa sinalização.

Buracos nas ruas e estradas são causas de acidentes

Imagem: Pixabay / Kasman

Estrutura das ruas leva a acidentes de trânsito

A pesquisa que demonstra a relação entre acidentes de trânsito e as condições de estrutura das vias públicas foi realizada pelo Instituto Cordial em parceria com o WRI Brasil, a Iniciativa Bloomberg para a Segurança Global no Trânsito e a Vital Strategies.

O levantamento forneceu elementos para o Painel da Segurança Viária 2019, para enfrentar o desafio de tornar as ruas seguras é de todos e promover a mobilidade em grandes centros urbanos brasileiros.

 

O estudo inédito analisou 86 mil acidentes de trânsito com vítimas, ocorridos entre 2014 e 2018, na cidade de São Paulo. O objetivo era entender a relação entre os acidentes e as características das ruas, nos locais em que eles ocorreram Os fatores incluídos foram localização, largura de calçadas, comprimento e largura das vias, existência de ciclovias, faixas exclusivas ou corredores de ônibus e indicação de redução do limite de velocidade.

Buracos nas ruas e estradas são causas de acidentes

Imagem: Pixabay / 422737

O Painel de Segurança Viária 2019 foi apresentado no Connected Smart Cities & Mobility 2019, reunindo 2.300 pessoas, com a presença de cerca de 300 prefeituras. O resultado desse esforço colaborativo é parte do Seminário de Apresentação do Painel da Segurança Viária 2019, com um diagnóstico das mais de 140 hipóteses levantadas ao longo do processo, com informações necessárias para ampliar ações e intervenções no campo da mobilidade segura.

O Painel da Segurança Viária 2019 em números:

– 86 mil acidentes de trânsito analisados

– 50 organizações, empresas e órgãos públicos ligados à mobilidade

– 70 participantes com apresentações no seminário

-140 hipóteses levantadas em 20 mesas de discussão

Sobre o Painel da Segurança Viária

O Painel da Segurança Viária é uma iniciativa realizada com base na pesquisa de segurança viária desenvolvida pelo Instituto Cordial, que tem como objetivo acompanhar padrões e tendências observados na forma como os acidentes ocorrem na cidade e assim contribuir com o embasamento e direcionamento de ações e intervenções voltadas à mobilidade segura.

O Painel da Segurança Viária é um desdobramento do estudo realizado em 2018 pelo Instituto Cordial. Na pesquisa de 2018, foram analisados 2.350 quilômetros de vias e 35% dos acidentes viários entre 2013 a 2017. A partir dos dados, o Instituto Cordial identificou 200 pontos críticos que devem receber atenção prioritária para a realização de intervenções, dentro do Plano de Segurança Viária para a cidade na próxima década.

Preço médio do seguro do IX35

Quer saber o preço médio do seguro Hyundai IX35? A média é de R$ 2.384,20. Confira aqui a cotação do seguro auto realizada por motoristas de várias localidades. Aproveite para ver a ficha técnica do Hyundai IX35 2019!

O modelo é considerado uma das melhores SUVs do Brasil e por isso merece toda a atenção de seus proprietários. Um carro tão bem avaliado não pode ficar desprotegido em nenhum momento, por isso contar com um seguro auto IX35 se torna algo fundamental.

Veja aqui qual é o preço médio do seguro Hyundai IX35!

Qual é o preço médio do seguro Hyundai IX35?

O preço médio do seguro Hyundai IX35 é de R$ 2.384,20. Porém sofre variação decorrente de diversos fatores, pois as seguradoras analisam uma série de informações.

Entre elas, a idade do motorista, tempo de CNH, local residência e trabalho, entre outras, além da análise do carro.

Porém, muitas pessoas não tem a menor ideia do custo de um seguro e por isso ficam receosas de contratar. Para que possamos ajudar fizemos uma pesquisa, levantando esses valores. Confira a cotação do seguro Hyundai IX35!

Qual é o preço médio do seguro Hyundai IX35

Imagem: Hyundai

Quanto custa o seguro do IX35 2019?

O preço do seguro do IX35 2019 é de R$ 2.711,70, em média. Confira a tabela de preço do seguro para carros!

Modelo Perfil de condutor Localidade Preço
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 45 anos Ceará R$ 2.567,96
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut 2019 Feminino, 69 anos Rio Grande do Norte R$ 2.680,77
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 55 anos Goiás R$ 2.453,02
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 46 anos Rondônia R$ 2.872,26
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 40 anos Mato Grosso R$ 2.793,09
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 40 anos Rio Grande do Sul R$ 2.766,36
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Masculino, 59 anos Paraíba R$ 2.133,18
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Masculino, 41 anos Santa Catarina R$ 2.440,80
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Masculino, 79 anos Bahia R$ 2.456,96
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 35 anos São Paulo R$ 1.889,37
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 54 anos Pernambuco R$ 2.479,84
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 51 anos Mato Grosso do Sul R$ 2.711,70
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 27 anos Sergipe R$ 1.485,29
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 39 anos Piauí R$ 2.838,63
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 50 anos Distrito Federal R$ 2.342,85
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Masculino, 70 anos Paraná R$ 2.952,27
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 33 anos Minas Gerais R$ 2.433,06
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 56 anos Rio de Janeiro R$ 3.313,53
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2019 Feminino, 33 anos Espírito Santo R$ 2.702,71

Qual é a média de preço do seguro do IX35 2018?

A média de preço do seguro do IX35 2018 é de R$ 2.841,12. Confira a tabela de preço do seguro para veículos!

Modelo Perfil de condutor Localidade Preço
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 36 anos Rondônia R$ 2.950,17
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 40 anos Espírito Santo R$ 2.576,51
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 53 anos Rio de Janeiro R$ 4.490,20
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 70 anos Mato Grosso do Sul R$ 2.884,17
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 69 anos Pernambuco R$ 2.855,74
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 29 anos Distrito Federal R$ 3.443,96
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 88 anos São Paulo R$ 3.793,32
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 55 anos Minas Gerais R$ 3.120,46
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 39 anos Paraná R$ 2.321,00
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 57 anos Ceará R$ 4.275,94
Ix35 Gls 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 67 anos Rio Grande do Sul R$ 2.877,75
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 32 anos Maranhão R$ 2.841,12
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 62 anos Pará R$ 2.258,76
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 33 anos Goiás R$ 3.877,40
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 33 anos Sergipe R$ 2.398,45
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 62 anos Bahia R$ 2.908,89
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 73 anos Paraíba R$ 2.373,00
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 49 anos Amazonas R$ 3.943,80
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 53 anos Piauí R$ 3.099,55
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 45 anos Santa Catarina R$ 3.185,58
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Feminino, 50 anos Mato Grosso R$ 2.951,26
Ix35 Gl 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2018 Masculino, 57 anos Rio Grande do Norte R$ 3.077,29

Quanto custa o seguro do Hyundai IX35 2017?

O valor do seguro do Hyundai IX35 2017 é de R$ 5.583,64, em média. Confira a tabela de preço do seguro para carros!

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Ix35 2.0 16V 2Wd 2017 Feminino, 49 anos São Paulo R$ 2.295,93
Ix35 Gls 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2017 Feminino, 32 anos Minas Gerais R$ 4.528,13
Ix 35 2.0 16V 2Wd Flex 2017 Feminino, 51 anos São Paulo R$ 10.217,57
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2017 Masculino, 43 anos São Paulo R$ 3.905,71
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut 2017 Masculino, 59 anos Paraná R$ 3.737,81
Ix 35 2.0 Aut 2017 Masculino, 84 anos Paraná R$ 3.118,31
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex At 2017 Feminino, 72 anos Paraíba R$ 2.982,50
Ix35 Gl Aut. 2.0 16V Flex 4P 2017 Feminino, 33 anos Rondônia R$ 4.569,52
Ix35 Aut. 2.0 16V Flex Launching Edition 4P 2017 Feminino, 40 anos Santa Catarina R$ 2.263,85
Ix35 Nac 2.0 16 2Wd Flex 2017 Feminino, 54 anos Mato Grosso R$ 3.547,60
Ix 35 2.0 16V 2Wd Flex 2017 Masculino, 32 anos Piauí R$ 5.583,64
Ix35 2.0 2Wd Flex At Nac 2017 Masculino, 70 anos Rio de Janeiro R$ 3.045,97
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2017 Ceará R$ 2.354,23

Qual é o valor médio do seguro do IX35 2016?

O valor médio do seguro do IX35 2016 é de R$ 4.051,64. Confira a tabela de preço do seguro de automóvel!

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Ix35 Gls 2Wd A T 2.0 16V Flex Aut. 4P 2016 Masculino, 45 anos Santa Catarina R$ 2.412,04
Ix35 Gls 4X2 At 2.0 16V Nac. Flex A G 4P 2016 Feminino, 45 anos Paraíba R$ 2.722,48
Ix35 2Wd A T 2.0 16V Flex 4P 2016 Feminino, 50 anos São Paulo R$ 3.208,50
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut 2016 Feminino, 49 anos Rio Grande do Sul R$ 13.843,87
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex At 2016 Feminino, 46 anos Rio de Janeiro R$ 3.458,02
Ix35 2.0 2Wd Aut. 2016 Feminino, 58 anos Paraná R$ 4.051,64
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2016 Feminino, 36 anos Minas Gerais R$ 3.038,21
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut 2016 Masculino, 31 anos Pernambuco R$ 5.415,08
Ix 35 2.0 Launching Edition 16 2016 Feminino, 40 anos Bahia R$ 4.217,86

Qual é o valor do seguro do IX35 2015?

O valor do seguro do IX35 2015 é de R$ 3.408,73, em média. Confira a tabela de preço do seguro de automóvel!

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2015 Feminino, 49 anos Mato Grosso R$ 3.892,89
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2015 Feminino, 46 anos São Paulo R$ 2.652,14
Ix35 Gls 4X2 At 2.0 16V 4P 2015 Feminino, 40 anos Paraná R$ 3.180,59
Ix35 Gls 4X2 2.0 16V Flex Aut 2015 Masculino, 47 anos Espírito Santo R$ 2.256,41
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2015 Masculino, 65 anos Rio de Janeiro R$ 2.196,24
Ix35 Autom. 2.0 16V Flex 4P 2015 Feminino, 39 anos Minas Gerais R$ 3.543,82
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut 2015 Masculino, 60 anos Paraíba R$ 3.408,73
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2015 Masculino, 37 anos Santa Catarina R$ 2.532,62
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2015 Feminino, 57 anos Bahia R$ 2.977,13

Qual é o preço médio do seguro Hyundai IX35 2014?

O preço médio do seguro Hyundai IX35 2014 é de R$ 2.691,00. Confira a tabela de preço do seguro para carros!

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Ix35 Gls 2.0 16V 2Wd Flex 2014 Feminino, 45 anos Santa Catarina R$ 2.587,64
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut 2014 Masculino, 36 anos São Paulo R$ 2.068,17
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2014 Feminino, 44 anos Paraná R$ 2.045,93
Ix35 Gls 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2014 Masculino, 45 anos Pernambuco R$ 2.322,90
Ix35 Gls 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2014 Masculino, 52 anos São Paulo R$ 3.986,05
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut 2014 Masculino, 50 anos Minas Gerais R$ 2.691,00
Ix35 Gls 2.0 16V Flex 4X2 Aut. 2014 Masculino, 69 anos Distrito Federal R$ 3.887,25
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex At 2014 Feminino, 41 anos Rio de Janeiro R$ 2.248,99
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut 2014 Masculino, 43 anos Rondônia R$ 2.584,54
Ix35 4X2 2.0 16V Flex Aut 2014 Feminino, 60 anos Paraíba R$ 1.609,52

Qual é a média de preço do seguro do IX35 2013?

A média de preço do seguro do IX35 2013 é de R$ 2.623,06. Confira a tabela de preço do seguro para veículos!

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2013 Feminino, 63 anos Rio de Janeiro R$ 5.208,37
Ix35 Gls 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2013 Feminino, 49 anos Paraná R$ 2.988,71
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut 2013 Masculino, 46 anos Santa Catarina R$ 2.623,06
Ix 35 2.0 16V 2Wd Flex 2013 Feminino, 48 anos Distrito Federal R$ 2.914,30
Ix35 2.0 16V Flex At Imp 2013 Feminino, 52 anos Minas Gerais R$ 2.433,80
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2013 Masculino, 39 anos São Paulo R$ 2.175,72
Ix35 2.0 16V Flex Aut. 2013 Feminino, 27 anos Mato Grosso R$ 5.554,18

Qual é o valor médio do seguro do Hyundai IX35 2012?

O valor médio do seguro do Hyundai IX35 2012 é de R$ 2.471,05. Confira a tabela de preço do seguro de automóvel!

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Ix35 2.0 16V 170Cv 2Wd Aut. 2012 Masculino, 49 anos Santa Catarina R$ 2.042,19
Ix 35 2.0 16V 2Wd 4Wd 2012 Masculino, 69 anos Paraíba R$ 2.941,59
Ix35 Gls 2.0 16V 2Wd Flex Aut. 2012 Feminino, 58 anos São Paulo R$ 2.273,30
Ix35 2.0 16V 170Cv 4Wd Aut 2012 Feminino, 43 anos Minas Gerais R$ 2.375,96
Ix35 2.0 16V 2Wd 4Wd 4P 5P Aut. Código Veíc 2012 Feminino, 48 anos Paraná R$ 1.903,64
Ix35 2.0 16V 2Wd Flex Mec. 2012 Masculino, 55 anos Rio Grande do Sul R$ 2.471,05
Ix35 2.0 16V 170Cv 2Wd 4Wd Aut. 2012 Feminino, 60 anos Mato Grosso R$ 4.263,24

Qual é o preço médio do seguro do IX35 2011?

O preço médio do seguro do IX35 2011 é de R$ 2.618,08. Confira a tabela de preço do seguro de carro!

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Ix35 2.0 16V 170Cv 2Wd Aut 2011 Masculino, 46 anos Santa Catarina R$ 1.661,57
Ix35 4X2 2.0 16V Aut. 2011 Feminino, 64 anos São Paulo R$ 3.151,04
Ix35 2.0 16V 170Cv 4Wd Aut 2011 Feminino, 43 anos Rio de Janeiro R$ 2.119,12
Ix35 2.0 16V 170Cv 2Wd Aut 2011 Masculino, 32 anos Paraná R$ 1.770,34
Ix35 2.0 16V 170Cv 2Wd 4Wd Mec. 2011 Masculino, 51 anos Minas Gerais R$ 3.743,80
Ix35 2.0 16V 4X2 2011 Feminino, 37 anos Mato Grosso R$ 2.618,08
Ix35 2.0 16V 170Cv 2Wd Mec 2011 Masculino, 46 anos Rio Grande do Sul R$ 2.349,36
Ix35 2.0 16V 170Cv 2Wd Aut 2011 Masculino, 39 anos Mato Grosso do Sul R$ 2.675,60
Ix 35 2.0 16V 2Wd 4Wd 2011 Feminino, 33 anos Espírito Santo R$ 3.656,11

Quanto custa o seguro do Hyundai IX35 2014?

O preço do seguro do Hyundai IX35 2014 é de R$ 4.370,00, em média. Confira a tabela de preço do seguro para carros!

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Ix35 Gls 4X2-At 2.0 16V Gas. 4P 2010 Feminino, 35 anos São Paulo R$ 4.025,76
Hyundai ix35 2.0 16V 170cv 2WD/4WD Aut. 2010 Goiás R$ 4.370,00
Hyundai ix35 2.0 16V 170cv 2WD/4WD Aut. 2010 Goiás R$ 5.160,00

*Pesquisa realizada em janeiro/2019. Fontes: Seguroi e Segfy.

Os exemplos acima são reais e recentes e permitem que se tenha uma boa noção sobre a variação do valor do seguro Hyundai IX35 .

Mesmo que resida nas mesmas cidades da pesquisa, tenha o mesmo modelo e perfil parecido, ainda sim é preciso solicitar uma cotação. Somente com a cotação personalizada será possível saber o valor exato a ser pago em cada caso.

Aproveite e cote aqui no SeguroAuto.org. Você receberá os planos oferecidos por várias seguradoras e será atendido por um corretor registrado na Susep.

Ficha técnica do Hyundai IX35 2.0 GLS Intermediário Aut 2019

Combustível Gasolina
Torque 19,78 kgfm
Motorização 2.0
Potência 163 cavalos
Tração Dianteira
Câmbio Automático com modo manual de 6 marchas
Direção Hidráulica
Peso 1.492 kg
Freios Quatro freios à disco com dois discos ventilados.
Largura 1.820 mm
Altura 1.660 mm
Comprimento 4.410 mm
Tanque 55L
Entre-eixos 2.640 mm
Ocupantes 5
Porta-Malas 591 L
Ar condicionado Sim
Segurança Alarme, airbag motorista e passageiro, freios ABS e distribuição eletrônica de frenagem.
Travas elétricas Sim
Piloto automático Sim
Volante com regulagem de altura Sim
Bancos de couro Sim
Computador de bordo Sim
Vidros elétricos dianteiros e traseiros Sim
Sensor de farol Sim

*Publicado em: 30/09/2016 e atualizado em 19/11/2019.

*O SeguroAuto.org não se responsabiliza pelos valores aqui mencionados, visto que o preço do seguro pode variar conforme o perfil de cada motorista.

Dicas para renovar o seguro do carro

Sua apólice de seguros está prestes a vencer e você deseja fazer um bom negócio na renovação? Então acompanhe este artigo e conheça as dicas mais importantes para renovar o seguro do carro.

Quem tem seguro auto sabe que essa é uma proteção necessária para garantir mais tranquilidade em relação ao veículo, e para minimizar os prejuízos financeiros em caso de sinistro.

No entanto, mesmo entendendo a importância desse serviço, nem todo mundo está disposto a pagar uma alta quantia para contratar ou renovar o seguro auto.

Se você é uma dessas pessoas, precisa acompanhar este artigo e conhecer algumas importantes dicas para renovar o seguro do carro e economizar.

Dicas para renovar o seguro do carro

Imagem: Getty Images

Por que é tão importante ter um seguro auto?

Quem tem um veículo, seja ele um carro, moto, caminhão ou de qualquer outra categoria, sabe como é importante ter um seguro automotivo de qualidade atualmente.

Afinal, os riscos envolvidos são muitos, e o seguro auto pode trazer mais tranquilidade.

Esse serviço é capaz de proteger em casos de furto, roubo ou acidentes, além de muitas outras situações, arcando com parte do prejuízo, ou dependendo do sinistro com o valor total do veículo.

Dessa forma, perdas financeiras são evitadas para o proprietário.

Por isso, quem tem um seguro auto não deve vê-lo como um custo a mais, mas sim como um investimento.

Afinal, caso o motorista se envolva em algum dos tipos de acidentes cobertos pelo seguro contratado o veículo poderá ser reparado mais facilmente, minimizando assim as perdas.

Como renovar o seguro do carro

Se você está lendo este artigo certamente tem um veículo e já possui um seguro auto contratado.

E, as chances de sua apólice estar próxima do fim devem ser altas.

Logo, as chances de estar cercado de dúvidas sobre a renovação do seguro auto, são altas.

A primeira coisa que você precisa saber é que sim, é importante renovar o seguro e manter seu veículo protegido de possíveis problemas e sinistros aos quais ele está exposto todos os dias.

Saiba que para renovar o seguro do carro o processo é simples, mas demanda um certo tempo e muita atenção.

Afinal, durante a renovação é possível escolher outra seguradora, coberturas, benefícios, negociar descontos e mais uma série de detalhes.

Veja algumas dicas para renovar o seguro do carro

Para ajudar com as principais questões sobre o assunto, preparamos uma lista com inúmeras dicas para renovar o seguro do carro, obtendo o melhor custo-benefício, acompanhe!

Conheça as 5 seguradoras mais confiáveis antes de ver se optará pela sua atual :)

  1. Não deixe para última hora

A primeira dica para renovar o seguro do carro é sobre o prazo para fazer essa renovação.

Quanto antes você começar a pesquisar sobre a renovação, maiores serão suas chances de fazer um bom negócio.

O melhor prazo para renovar seguro auto é no mínimo um mês antes do vencimento da sua apólice.

Quem deixa para renovar o seguro do carro próximo ao vencimento sempre acaba fazendo tudo correndo, e nem sempre consegue as melhores vantagens.

O ideal é pesquisar pelos planos com antecedência, assim pode-se pesquisar preços e coberturas distintas.

Vale lembrar que você não é obrigado a fazer o seguro com a atual seguradora.

Dessa forma, verifique também o que as outras empresas têm a oferecer.

Para quem não tem muita prática, vale muito a pena consultar um corretor.

Um especialista poderá apresentar as melhores propostas ao usuário, buscando um valor justo e a cobertura mais benéfica.

  1. Pesquise com muita atenção!

Como citado, é fundamental pesquisar antes da contratação ou renovação de um seguro.

São muitas as seguradoras disponíveis no mercado e, é comum achar diferenças significativas de valores e ofertas de benefícios entre elas.

Por isso, é aconselhável fazer várias cotações, assim será mais fácil encontrar de fato uma empresa que ofereça uma boa cobertura com o melhor preço e condições.

E lembre-se que, considerar apenas o menor preço não é a melhor escolha.

É importante também considerar questões relacionadas ao atendimento da seguradora, coberturas, benefícios, tempo de espera para resolução de problemas em caso de sinistro e muito mais.

Por vezes, um plano um pouco mais caro pode ser bem mais vantajoso no final das contas.

Além disso, ter uma lista de propostas também permite melhor negociação com as empresas.

Muitas seguradoras cobrem as ofertas das concorrentes, mas para aproveitar esse benefício será preciso que você tenha em mãos diversas propostas realizadas para o seu perfil e bem detalhadas.

  1. Negocie os valores

Não aceite de primeira os valores apresentados pela seguradora.

Em muitos casos, com apenas um pouco de barganha é possível reduzir consideravelmente os valores propostos.

Se você tem um bom histórico ao volante, use isso ao seu favor.

Uma das formas de conseguir um desconto é aumentando a sua responsabilidade em relação ao valor da franquia.

Nessa situação, caso ocorra algum sinistro ao veículo, a sua franquia terá um valor maior.

Ou seja, você arcará com uma parte considerável do prejuízo.

Em contrapartida, os valores das parcelas do seguro se tornam menores.

Se nada acontecer ao veículo, melhor ainda, seu investimento terá valido ainda mais a pena.

  1. Faça uso da sua classe de bônus

Muita gente não sabe, mas o tempo de contratação de um seguro, sem o registro de nenhum sinistro, gera pontos em um sistema conhecido como classe de bônus em todas as seguradoras.

Esses pontos podem ser usados a favor do motorista na renovação do seguro do carro, sendo convertidos em descontos significativos no pagamento total do prêmio.

A melhor parte é que esses pontos são vinculados ao CPF do segurado, ou seja, mesmo que ele troque de seguradora na renovação, terá esse benefício.

Muitas vezes, porém, as empresas não abordam essa possibilidade — então, pergunte!

  1. Informe a seguradora sobre alterações no veículo

Se você pretende renovar o seguro do carro com a mesma seguradora que o protege atualmente, saiba que as chances de se livrar da vistoria obrigatória são imensas, especialmente se você fizer essa renovação dentro do prazo de vigência da apólice atual.

No entanto, se alguma alteração foi realizada no veículo, é fundamental que a seguradora seja informada na hora da renovação.

E, neste caso uma nova vistoria será inevitável.

Não importa se foi apenas uma troca de farol, ou se uma modificação mais complexa foi feita na estrutura do veículo, como o rebaixamento, por exemplo, é importante que todas as alterações sejam informadas.

Isso porque, quando a seguradora não está ciente dessas mudanças e um sinistro ocorre, ela pode se recusar a pagar a indenização.

A alegação comum é que o cliente agiu de má fé.

Para evitar esse problema, então, sempre comunique à seguradora sobre as mudanças.

  1. Invista em recursos para a segurança do veículo

Além de contar com o seguro auto, vale a pena investir em outros equipamentos de segurança.

Eles ajudarão a garantir a sua tranquilidade e ainda poderão reduzir bastante o valor do prêmio do seu seguro, seja na contratação ou renovação do serviço.

Vale a pena considerar a instalação de rastreadores, alarmes, travas e mecanismos especiais, estacionamentos fechados e mais uma série de possibilidades.

Equipamentos e medidas como essas, dificultam a subtração do veículo e facilitam a recuperação dele no caso de roubos e furtos.

Por exemplo: um carro que fica estacionado em uma garagem particular, durante todo o dia, pode ter um seguro com custo até 15% menor do que um veículo que permanece parado em via pública.

  1. Analise com cuidado a seguradora

Independentemente de você renovar o seguro do carro com a sua seguradora atual ou uma nova empresa, é importante que você verifique as credenciais das seguradoras e a qualidade de atendimento de cada uma delas.

Uma seguradora só pode atuar se estiver devidamente cadastrada no site da SUSEP – Superintendência de Seguros Privados, e consequentemente autorizada a tal.

Por isso, é importante acessar o site da Superintendência e pesquisar sobre a empresa com a qual você tem negociado.

Também é importante avaliar a facilidade de contato com a seguradora.

Assim como a facilidade em obter auxílio e o pagamento dos valores, em caso de sinistro.

Caso você já tenha um contrato com a companhia, relembre como foi atendido nos últimos meses.

  • Quando um sinistro ocorreu, você teve auxílio fácil?
  • O seu corretor estava a postos, ou foi necessário insistir no contato?

Vale, da mesma forma, verificar a opinião de outros consumidores sobre a empresa.

Pesquise sobre a companhia na internet, e leia os comentários sobre cada uma em suas páginas nas redes sociais.

Muitos consumidores manifestam sua satisfação, ou insatisfação, em sites como o Facebook e o Twitter.

  1. Leia a apólice com cuidado

Para finalizar é importante que você esteja muito atento na hora de assinar a apólice e leia ela atentamente antes.

Ao assinar você concordará com todas as cláusulas discriminadas nela, por isso, fique atento a questões como:

  • Quais as regras para a obtenção da cobertura?
  • Quais os valores das parcelas e da franquia?
  • Quais as formas de pagamento, as normas para não-cobertura e outros?

Todos os dados devem estar explícitos no acordo, e ambas as partes devem concordar com as condições.

Na dúvida sobre qualquer aspecto, questione o assunto ao corretor.

Como funciona a renovação de seguro com sinistro?

Se você está querendo renovar o seguro do carro, mas teve um sinistro durante a atual vigência, a primeira coisa que precisa saber é que, nenhuma seguradora é obrigada a aceitar qualquer tipo de risco.

Ou seja, existe sim a possibilidade de a seguradora atual recusar a renovação de seguro com sinistro.

Assim como é possível que ela aceite, mas cobre um valor mais alto do que na primeira contratação, devido a ocorrência do sinistro.

Se sua seguradora atual se recusar a realizar a renovação do seguro do carro, é importante que você saiba que ainda existem muitas outras empresas no mercado e, não é porque uma recusou sua proposta de seguro que outras também recusaram.

Por isso, é muito importante pesquisar a contratação do serviço com diferentes empresas, independentemente de ter um sinistro ou não em seu histórico.

Você pode contar com ajuda do SeguroAuto.org na hora de renovar o seguro do carro, pois pode pesquisar os valores de diversas seguradoras no portal.

Então, terá maior facilidade em negociar com a sua seguradora atual e em fechar o melhor negócio, para o seu carro e bolso.

Todo o processo é rápido e simples.

Para fazer a sua consulta, basta que você indique as coberturas desejadas.

Em seguida, um corretor especializado em seguros te ajudará a comparar os planos, mostrando aquele que tem melhor custo-benefício aos seus objetivos.

O seguro auto cobre? Tire suas dúvidas

É normal que surjam dúvidas na hora de contratar um seguro auto. Entre elas, as mais frequentes são sobre o fato de determinadas situações serem cobertas ou não pelo seguro. Neste artigo separamos uma série de perguntas sobre esse tema, acompanhe.

A verdade é que existem inúmeras coberturas diferentes e, toda essa variedade na oferta de seguros automobilísticos acaba gerando confusão na cabeça dos clientes, até porque nem todas são contratadas pelos segurados.

Por isso, antes de fazer a adesão do seu seguro auto, procure se informar sobre a existência ou não da cobertura para cada uma das situações que mais lhe interessam.

E procure se informar bem sobre todas as situações que não são cobertas pelo seguro, geralmente denominadas como ‘Riscos Excluídos’ na apólice.

Neste artigo, você poderá sanar algumas dessas dúvidas sobre o que o seguro auto cobre.

Mas, se mesmo depois de ler ele, você ainda ficar com alguma dúvida pergunte-nos ou então entre em contato com o seu corretor.

O seguro auto cobre? Tire suas dúvidas

Imagem: Getty Images

Principais dúvidas sobre o que o seguro auto cobre ou não!

Separamos a seguir uma lista com mais de 40 dúvidas sobre o que o seguro auto cobre ou não, acompanhe e saiba mais:

  1. Seguro auto cobre enchente?

A resposta para essa questão é, depende.

Se o segurado contratou uma cobertura que cobre esse tipo de situação, a resposta é sim.

Geralmente as coberturas mais completas, chamadas de compreensivas, incluem enchentes.

Ela vai proteger o carro contra os chamados “fenômenos naturais” e se você acha que eles são poucos, vai se surpreender.

Quem possui a cobertura compreensiva está protegido contra:

  • Ventos fortes;
  • Enchentes;
  • Chuva de granizo;
  • Queda de objetos em cima do carro;
  • Deslizamento de terra;
  • Incêndio;
  • Raios.

Vale ressaltar que, apenas alagamentos promovidos por água doce são cobertos pelo seguro auto, se o alagamento foi causado por água salgada ele não estará incluso na cobertura do seguro auto.

  1. Seguro auto cobre pára-choque?

O seguro cobre pára-choque desde que, o segurado tenha a cobertura compreensiva, que abrange colisões.

Caso o dano no pára-choque aconteça em uma situação como essa, o seguro cobre o reparo.

Entretanto, se o dano for em um carro de terceiro, a situação muda.

O pára-choque do seu carro está coberto com o seguro compreensivo, mas se você danificar o pára-choque de outro deverá ter o seguro contra terceiros.

Somente nessa situação é que os demais carros também estarão protegidos.

  1. Seguro auto cobre motor fundido?

Se está em dúvida se o seguro cobre motor fundido, a resposta é não.

Se o motor do seu carro fundiu, só pode ser por dois motivos: falta de manutenção ou problema de fábrica.

Ambas as situações são consideradas problemas mecânicos, portanto, não são cobertos pelo seguro, afinal, é de responsabilidade do segurado cuidar da manutenção do veículo.

  1. Seguro auto cobre vandalismo?

Não, o seguro auto não cobre vandalismo, tumulto, guerra, rebeliões, revoluções ou insurreições, greves, confiscos ou qualquer outro tipo de perturbação da ordem que aconteça e venha a promover danos no seu veículo.

Nenhuma dessas situações está incluída nas coberturas do seguro auto e nesses casos as seguradoras não se responsabilizam.

  1. Seguro auto cobre chuva de granizo?

O seguro cobre chuva de granizo desde que, o segurado tenha a proteção contra desastres naturais e isso esteja devidamente especificado na apólice.

Se esta informação não constar no documento de contratação do seguro, não haverá cobertura.

Vale dizer que a cobertura contra desastres naturais não protege apenas contra chuva de granizo, ela também oferece proteção contra diversos outros eventos da natureza como tempestades, queda de árvores e raios e muito mais.

  1. Seguro auto cobre terceiros?

O seguro cobre terceiros, contanto que você tenha contratado uma cobertura específica para isso.

A prioridade do seguro auto é proteger o veículo do segurado, no entanto, existem outras proteções que podem ser contratadas.

O seguro de Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos é que garantirá a cobertura a terceiros, ele é dividido em duas categorias: material e corporal.

No primeiro caso ele cobre, por exemplo, o reparo do outro carro.

Já o segundo é utilizado para cobrir despesas médicas causadas pelo acidente.

O valor da cobertura pode variar, mas no geral a cobertura mínima que pode ser contratada é de R$ 50 mil.

  1. Seguro auto cobre retrovisor?

Se o seguro cobre retrovisor, vai depender de cada segurado.

É preciso verificar a apólice, se consta esse tipo de cobertura e qual o valor da franquia para ela.

Por ser um item mais barato, acaba tendo uma franquia diferenciada, assim como os vidros.

Entretanto, muitos segurados acabam optando por fazer a troca por conta própria, pois, o trabalho de abrir um sinistro e o valor da franquia podem não compensar.

  1. Seguro auto cobre arranhões?

Para o seguro cobrir arranhões, dependerá muito do tipo de serviço que foi contratado e do que ocasionou o arranhão.

Geralmente, não há cobertura para esse tipo de dano, porém, se estiver especificado na apólice, ele pode ser coberto, em casos em que ele é resultado de um acidente de trânsito.

Na dúvida, sempre se informe com a sua seguradora.

  1. Seguro auto cobre danos da natureza?

Depende, o seguro cobre danos da natureza se o segurado optar por esse tipo de proteção.

Nas apólices mais comuns esse tipo de cobertura, não está incluída.

Por isso, se quiser proteção contra alagamentos, chuva de granizo e outros, peça ao corretor para incluir essa cobertura na sua apólice.

Dessa forma o seguro cobre desastres naturais.

  1. Seguro auto cobre carros rebaixados?

Os carros rebaixados são comumente rejeitados por boa parte das seguradoras, isso porque essas modificações apresentam uma maior chance de acidentes.

Entretanto, existem seguradoras que atendem carros rebaixados, mas para que isso seja possível é preciso que o seguro seja contratado com o veículo já nessa condição, quando passar pela vistoria.

Caso você realize essa mudança na estrutura do veículo depois de contratar o seguro e não informe a seguradora sobre a alteração, poderá haver recusa no pagamento da indenização.

  1. Seguro cobre IPVA atrasado?

Uma dúvida bastante comum é se o seguro cobre IPVA atrasado.

É de responsabilidade do segurado regularizar os documentos, caso você sofra um sinistro e esteja com o IPVA atrasado, a seguradora pode até cobrir os danos, no entanto, irá descontar o valor do IPVA na indenização do sinistro.

Isso varia muito de uma seguradora para outra, algumas exigem que primeiro os documentos sejam regularizados para que depois a indenização seja paga.

São poucas as situações em que o seguro cobre documentação atrasada, como o IPVA e o licenciamento atrasado, mas sempre descontando os valores devidos.

  1. Seguro cobre lanterna?

A seguro cobre lanterna, mas normalmente esse item possui uma cobertura opcional.

Isso porque o valor do reparo costuma ser baixo quando comparado ao valor da franquia.

Nesse caso, o segurado precisa ter uma franquia específica que cobre lanterna para que a seguradora arque com os custos.

Os seguros tradicionais e com cobertura básica não costumam possuir esse tipo de proteção, nesse caso, compensa ao segurado fazer a substituição por conta própria.

  1. Seguro cobre para-brisa trincado?

A regra de quando o seguro cobre para-brisa trincado é similar à da lanterna.

Sendo assim, o segurado deve ter uma cobertura adicional que inclui vidros e conte com uma franquia diferenciada.

Essa regra é válida também para seguro cobre queda de vidro e vidros laterais.

Caso não haja esse tipo de proteção é bem provável que o para-brisa trincado não seja coberto pela seguradora.

  1. Seguro cobre carros com molas esportivas?

Uma das coisas que não costuma entrar na proteção dos veículos, é o seguro cobrir carros com molas esportivas.

Isso porque, quando o carro passa por modificações, os riscos de acidentes e problemas de funcionamento são ampliados e o valor do veículo aumenta.

Existem poucas seguradoras que costumam assumir esse risco, no caso de carros com molas esportivas, é preciso encontrar uma empresa que ofereça seguro para carros modificados.

Vale dizer que, esse tipo de cobertura costuma contar com valores bastante altos.

Por isso, muitas vezes compensa mais ficar com o carro original do que pagar muito por um seguro cobre mola esportiva que, além de ser mais caro, dificilmente, será encontrado.

  1. Seguro cobre amassado na lataria?

Sim, mas essa cobertura dependerá diretamente do problema que causou o amassado.

Se ele for resultado de uma colisão e o veículo estiver coberto contra esse tipo de sinistro, tudo bem.

Porém, se a causa do amassado não estiver coberta pelo seguro, não conte com esse serviço.

Dependendo do tipo do amassado, não compensa acionar o seguro, pois, será necessário pagar a franquia para que a seguradora faça o reparo.

Se o valor for baixo, procure arrumar por conta própria.

  1. Seguro cobre alta velocidade?

Se o motorista estiver em alta velocidade, acima do permitido para a via, não adianta tentar, o seguro não cobrirá.

O seguro cobre alta velocidade apenas se o veículo estiver trafegando dentro do limite permitido.

Se o motorista ultrapassar o limite estipulado, ele passará a assumir o risco por desrespeitar as leis de trânsito.

Essa regra é válida tanto para disputas de corridas ilegais (rachas) como para os motoristas apressadinhos.

  1. Seguro cobre água no motor?

Essa cobertura dependerá do motivo que ocasionou o problema, no entanto, quando se tem proteção contra desastres naturais, o seguro cobre água no motor, mas é preciso ficar atento a alguns detalhes.

O Seguro cobre água no motor, apenas se os danos forem provocados por água doce e resultado de uma enchente.

Se os danos forem causados por água salgada, esqueça a cobertura do seguro.

Isso porque, a seguradora entenderá que os danos promovidos pela água salgada foram causados porque o motorista trafegou em local inapropriado, ou seja, dirigiu pela praia, o que é proibido por lei.

  1. Seguro cobre ar-condicionado?

O seguro cobre ar-condicionado se esse for de fábrica e estiver discriminado na nota fiscal, sendo reconhecido como parte integrante do veículo.

Nesse caso, se houver algum sinistro relacionado que cause danos ao equipamento, ele estará coberto.

  1. Seguro cobre assalto?

As coberturas mais básicas do seguro auto incluem roubo e furto, sendo assim, o seguro cobre assalto (roubo, quando a subtração do veículo ou bem é feita na presença do proprietário) e furto (quando o veículo ou bem é subtraído sem a presença do proprietário).

Porém, vale ressaltar que, apenas a subtração do veículo é coberta pelo seguro, caso o motorista seja abordado por um assaltante e tenha seu dinheiro e bens pessoais levados, mas o veículo fique, o seguro não se responsabiliza por essas perdas.

Além disso, caso seja comprovado que o roubo foi facilitado pelo segurado, de maneira intencional ou não, ele não será coberto pelo seguro.

Por esse motivo, as seguradoras possuem um prazo de até 30 dias para providenciar a indenização, para poder analisar com calma a situação, ou tentar recuperar o veículo.

  1. Seguro cobre carteira vencida?

O seguro cobre carteira vencida em apenas uma situação, quando ela está vencida a menos de 30 dias.

Esse período é aceito pela legislação de trânsito, sendo um prazo para que o motorista possa renovar o documento e o seguro cobre CNH vencida.

Se o documento estiver vencido há mais de 30 dias, significa que o motorista cometeu uma infração e, nesse caso, costuma ocorrer recusa da seguradora em relação ao pagamento do sinistro.

  1. Seguro cobre correia dentada?

O seguro cobre correia dentada para os casos no qual é preciso acionar o serviço de assistência 24 horas.

Neste caso, um mecânico é encaminhado até o local, para que seja feita a troca do item danificado, fora essa condição, não costuma haver cobertura.

Isso porque a seguradora entende que se trata de falta de manutenção do veículo, que é responsabilidade do motorista.

  1. Seguro cobre mecânico de automóvel?

O seguro auto cobre mecânico de automóvel apenas nos casos de perdas parciais, onde o seguro é acionado para realizar os reparos e a franquia é paga.

Nestes casos, o segurado deve arcar com uma pequena parte do custo e o seguro com a maior parte do custo do reparo.

Se você tiver um problema mais comum com seu veículo e necessitar de um mecânico de automóvel, poderá contar com o seguro para conseguir um profissional ou mesmo a indicação de uma oficina, mas os custos do reparo serão inteiramente de responsabilidade do segurado.

  1. Seguro cobre colisão?

O seguro cobre colisão, essa proteção é bastante comum nas apólices de seguro.

Entretanto, quando se contrata um serviço mais básico, é possível que esse tipo de proteção, não esteja incluída.

Por isso, é preciso se certificar que na sua apólice consta essa informação.

  1. Seguro cobre embriaguez?

O seguro cobre embriaguez? A resposta é não.

Se o segurado assume o volante, após ingerir bebida alcoólica, ele está assumindo um risco maior de acidentes e desrespeitando as leis de trânsito.

Por esses motivos, as seguradoras se isentam da responsabilidade nesses casos.

  1. Seguro cobre espelho retrovisor?

O seguro cobre espelho retrovisor desde que se tenha uma cobertura específica para isso.

Como o valor do retrovisor costuma ser baixo, não compensaria fazer a troca pagando a franquia normal.

Quando não se tem essa cobertura para ele, o mais indicado é que a troca seja feita de maneira particular, ou seja, que os custos sejam assumidos pelo condutor.

  1. Seguro cobre embreagem?

Se está na dúvida se o seguro cobre embreagem, saiba que não.

Esse é um item que dá problemas quando não passa por uma devida manutenção.

E, garantir a manutenção do veículo, para que ele funcione adequadamente é responsabilidade do segurado.

Mas, se for comprovado que o problema é de fábrica, basta que você acione a fabricante para que seja realizado o recall.

A mesma regra é válida quando o questionamento é se o seguro cobre falha mecânica ou suspensão de ar.

Ela não estará coberta por ser de responsabilidade do motorista manter o carro em ordem.

  1. Seguro cobre motor e câmbio?

Algumas seguradoras possuem um serviço conhecido como seguro mecânico que pode cobrir motor e câmbio.

Mas de uma maneira geral, o reparo desses itens é coberto apenas quando os danos são promovidos por uma das situações previamente cobertas na apólice como colisão, enchente, ou outras.

  1. Seguro cobre farol de neblina?

O seguro cobre farol de neblina e farol de milha, desde que se tenha uma cobertura adicional para esse fim.

Os seguros tradicionais não contam com esse tipo de proteção, porém, algumas seguradoras oferecem coberturas adicionais específicas para a proteção de faróis, mesmo os mais diferenciados.

Como os de xênon, por exemplo, que são cobertos apenas por algumas empresas e em determinadas situações, isso porque ele possui um custo muito alto.

Portanto, quando for contratar a cobertura para os faróis, verifique se esse item está contemplado.

  1. Seguro cobre motor batido?

O seguro cobre motor batido, quando esse dano é resultado de uma colisão em que o motorista não tenha cometido nenhuma infração.

Nesse caso, a seguradora fará o reparo, desde que o conserto do veículo não seja superior a 75% do valor do carro.

Caso esse limite seja ultrapassado, a seguradora entenderá que houve perda total.

E, o segurado é indenizado sobre o valor do veículo, não ocorrendo o conserto do motor batido.

  1. Seguro cobre rodas?

O seguro cobre rodas que sejam roubadas ou furtadas desde que elas sejam originais de fábrica.

Se foram substituídas e não aceitas pela seguradora ficarão sem proteção.

  1. Seguro cobre raio?

O Seguro cobre raio e essa proteção é disponibilizada até mesmo nos seguros mais básicos.

Ela conta com um diferencial, pois, se o veículo for atingido por um raio, não há franquia.

Independentemente de o caso ser de perda total ou dano parcial, o segurado não terá nenhum custo extra.

  1. Seguro cobre som?

O seguro cobre aparelho de som, contanto que se contrate uma cobertura opcional para o equipamento.

No geral, o seguro protege o casco do veículo e não os seus acessórios.

Assim, o som, aparelho de DVD e outros, precisam ser segurados a parte, o que pode elevar o valor do seguro.

  1. Seguro cobre teto solar?

O seguro cobre teto solar, desde que ele venha de fábrica, afinal, faz parte do casco do veículo.

Entretanto, se a modificação for realizada posteriormente fica a critério da seguradora aceitar ou não o carro e oferecer proteção para ele.

  1. Seguro cobre vendaval?

O seguro cobre vendaval se, o carro tiver uma proteção contra desastres naturais.

Essa cobertura vai abranger, não apenas o vendaval, como outros fenômenos da natureza, entre ele, a chuva de granizo e tornados.

  1. Seguro cobre vidro quebrado?

O vidro quebrado pode ou não ser coberto pelo seguro.

Isso porque existem coberturas que são vendidas separadamente para esse tipo de proteção.

Como o valor do reparo não costuma ser tão alto, o seguro cobre vidro quebrado desde que se tenha uma cobertura específica, com uma franquia diferenciada.

Essa mesma regra é válida para o seguro cobre vidro trincado.

O reparo ou substituição só será realizado se houver uma cobertura específica.

  1. Seguro cobre furto?

Os furtos (subtração de bem ocorrida sem a presença do proprietário), são cobertos pelas seguradoras, assim como foi explicado no caso do ‘Seguro cobre assalto’, prática que também é conhecida como roubo, subtração quando o proprietário está presente.

  1. Seguro cobre pneu estourado?

O seguro cobre pneu estourado em determinadas situações, como roubo ou colisão.

Porém, para que o seguro seja utilizado é preciso que o valor do reembolso ou reparado, seja superior ao valor da franquia.

Para os casos de desgaste o seguro não vai cobrir os pneus, visto que isso é decorrente da utilização, ou seja, é de responsabilidade apenas do motorista.

  1. Seguro cobre calço hidráulico?

O calço hidráulico normalmente apresenta problemas após o veículo passar por uma situação de alagamento, fazendo com que entre água no motor.

Nesses casos pode ser que seguro cobre calço hidráulico desde que se tenha algumas determinadas proteções.

Se o seguro cobre causas naturais então o veículo estará protegido neste caso.

  1. Seguro cobre defeito mecânico?

A dúvida é se o seguro cobre defeito mecânico? A resposta é não.

O defeito pode ser decorrente de dois fatores, falta de manutenção, o que é responsabilidade do motorista e problemas de fabricação, de responsabilidade da montadora.

Porém, os motoristas em alguns casos podem contar com o serviço de guincho para remover o carro até uma oficina, caso eles possuam o serviço de assistência 24 horas.

Entretanto, o reparo será por conta do segurado.

  1. Seguro cobre incêndio criminoso?

Se a dúvida é se o seguro cobre incêndio?

A resposta é sim, porém, se a questão é se o seguro cobre incêndio criminoso, então a resposta é não.

O incêndio possui cobertura desde que ele seja resultado de problemas no veículo ou por conta de um acidente.

Já no caso de incêndio criminoso essa cobertura não costuma ser oferecida, uma vez que o risco é alto.

  1. Seguro cobre radiação ou poluentes?

Caso seu veículo seja danificado por problemas relacionados a radiação ionizada ou outras contaminações radioativas, saiba que não haverá cobertura.

Os reparos deverão ser feitos por conta do motorista.

Isso vale para os casos onde os danos sejam promovidos por contaminações derivadas de poluente ou mesmo, contaminações ambientais.

  1. Seguro cobre multas e despesas criminais?

Caso o motorista sofra um sinistro que gerem multas ou mesmo processos criminais ou administrativos, ele não poderá contar com a cobertura do seguro auto.

No entanto, se as custas judiciais em questão forem derivadas de processos causados por acidentes envolvendo terceiros, e o segurado contar com a cobertura a terceiros, então ele poderá ter acesso a essa cobertura.

Essas são as principais dúvidas sobre o que o seguro auto cobre ou não, se você tiver mais questões sobre o seguro auto vale a pena procurar um corretor de sua confiança, um de nossos profissionais, ou mesmo realizar uma pesquisa por conta própria.

Além do site da SUSEP – Superintendência de Seguros Privados, empresa responsável por regulamentar todo o setor de seguros no país, ainda existem outras fontes confiáveis.

Quais os tipos de coberturas de seguro auto

É fundamental conhecer os tipos de coberturas de seguro auto. Assim, você saberá exatamente o que contratar para o seu veículo. Veja no texto.

São diversas as coberturas de seguro auto e, antes de assinar o contrato do seguro, é essencial conhecer quais são as proteções garantidas pelo plano.

Assim, você terá a certeza das situações em que seu carro estará protegido.

Aliás, uma cobertura de seguro auto é exatamente isso: a situação na qual o carro estará coberto.

Ou seja, em que o sinistro será ressarcido pela seguradora.

Com o ressarcimento pela seguradora, o consumidor fica protegido de um grande prejuízo.

Além disso, ele tem sua vida facilitada, já que o conserto do veículo será agilizado pela empresa responsável.

Existem basicamente duas modalidades de coberturas do seguro auto: a básica e a compreensiva.

A modalidade básica contempla apenas roubo, furto e incêndio.

Já a compreensiva vai abranger colisão, abalroamento, capotagem ou derrapagem e queda sobre o veículo de objeto externo.

As coberturas compreensivas de um seguro ainda incluem:

  • Dano causado quando o veículo estiver sendo transportado;
  • Ato danoso praticado por terceiros;
  • Alagamento, enchente e inundação;
  • Ressaca, vendaval, granizo e terremoto;
  • Raio, incêndio ou explosão;
  • Roubo ou furto total ou parcial;
  • Dano causado pela carga transportada.

A seguir, falamos um pouco mais sobre cada uma das coberturas que é possível contratar no seguro de carro. Acompanhe!

Quais os tipos de coberturas de seguro auto

Imagem: Getty Images

Roubo

O roubo do carro ocorre quando existe contato com a vítima, e isso pode incluir violência.

A situação só é considerada quando o veículo todo é levado.

A subtração apenas de acessórios requer uma cobertura específica para eles.

Furto

Nos casos de furto, o segurado só percebe que o carro foi assaltado depois.

Isso porque, ele não terá presenciando o fato.

A regra é a mesma do roubo, dizendo respeito apenas à subtração do carro por completo.

Incêndio

O incêndio do carro pode ocorrer devido a algum problema de funcionamento ou por conta de fatores externos.

Colisão

Uma colisão costuma afetar principalmente a parte externa do carro mas, dependendo de sua gravidade, pode prejudicar o motor e outras partes do veículo.

O tipo mais conhecido de colisão é a batida, mas o seguro também cobre engavetamento.

Capotagem ou derrapagem

Quando o motorista perde o controle do veículo, o carro pode capotar ou derrapar.

Pode, inclusive, sair da pista ou então rolar.

Queda sobre o veículo de objeto externo

A cobertura de objeto sobre o veículo cobre qualquer objeto que possa causar danos ao veículo.

Como uma pedra que quebre o vidro frontal ou outro objeto que se desprenda, por exemplo, de um caminhão.

Dano causado pela carga transportada

Isso ocorre quando o veículo leva um objeto que pode se desprender e causar danos.

A cobertura do seguro cobre os prejuízos provocados por essa situação.

Ato danoso praticado por terceiros

Nesse caso, o carro é danificado por conta de outras pessoas.

É essencial conhecer as regras desse tipo de cobertura no seu contrato.

Isso porque, muitas vezes a seguradora solicita que o causador do dano (o terceiro), pague pelo prejuízo.

Se for esse o caso, você poderá não contar com auxílio da empresa, tendo que esperar pela boa vontade do outro indivíduo.

Alagamento, enchente e inundação

As três situações ocorrem em decorrência de problemas climáticos e da estrutura das cidades.

O grande volume de água pode prejudicar a parte externa do carro, seu motor e parte interna do veículo.

Ressaca, vendaval, granizo, terremoto e raio

Todos os citados são decorrentes de problemas climáticos.

Os problemas podem provocar danos, principalmente, à lataria e vidros do carro.

Com a proteção da seguradora, os prejuízos eventuais serão ressarcidos.

Mas é importante saber quais partes do veículo serão cobertas.

Em vários casos, a cobertura para vidros é comercializada à parte.

Coberturas para danos a terceiros

Essa cobertura também pode ser adicionada ao seguro conforme solicitação do segurado.

Ela é conhecida como Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V).

Uma cobertura para terceiros vai garantir o pagamento de indenizações para outras pessoas que tenham sido lesionadas em um acidente com o segurado.

Esse tipo de cobertura garante o ressarcimento dos danos morais, materiais e também o pagamento de advogado e custas judiciais.

Acidentes Pessoais de Passageiros

Já a cobertura para passageiros é responsável por indenizar os passageiros do veículo segurado que tenha se envolvido em um sinistro.

A indenização é paga em caso de despesas médica e hospitalares, falecimento ou invalidez permanente.

Em todas as situações, os valores limites estarão estabelecidos em contrato.

Coberturas adicionais

As coberturas adicionais de um seguro auto podem ser adquiridas uma a uma desde que a seguradora disponibilize essa opção.

Elas servirão para tornar o seguro auto mais completo e para proteger o carro contra mais situações.

Acessórios

A cobertura adicional para acessórios cobre equipamentos de som e imagem e outros que estejam instalados no carro.

É preciso indicar à seguradora todos os itens que precisam de proteção.

Blindagem

É válida para carros que saíram com essa característica de fábrica ou que foi adicionada posteriormente.

Por meio dessa cobertura, danos à blindagem do veículo serão cobertos pela seguradora, prevenindo o prejuízo do segurado.

Vidros

Enquanto isso, a cobertura para vidros serve para reparo ou reposição dos vidros após algum dano.

Normalmente, é apenas com a sua contratação que os vidros do carro são cobertos pela seguradora.

Kit gás

A cobertura para kit gás, por sua vez, é válida para danos no equipamento ou roubo e furto do veículo.

Carro reserva

Com a opção de carro reserva, a seguradora disponibiliza um carro emprestado em caso de furto, roubo ou reparo conforme discriminado no contrato.

Assistência 24 horas

Os serviços de assistência 24 horas são adicionais e incluem opções como guincho, eletricista, mecânico e outros.

Muitas seguradoras, inclusive, oferecem serviços para casa como adicional do seguro auto.

Carta Verde

Finalmente, a Carta Verde garante cobertura no caso de o carro sofrer sinistros enquanto estiver em países do Mercosul.

Existem ainda outras coberturas adicionais, que podem variar de uma seguradora para outra.

Por isso é sempre preciso verificar junto a elas quais são as opções disponíveis.

Coberturas de seguro auto e a franquia

Após contratar uma cobertura do seguro auto, é essencial saber quando ela será válida.

São duas as situações em que a ajuda da seguradora pode ser solicitada: na perda parcial, e na perda total.

A perda parcial acontece quando os danos ao veículo são inferiores a 75% do valor do carro.

Nessa situação, a seguradora paga pelo conserto do auto.

No entanto, para esse pagamento, o usuário precisa arcar com a franquia do seguro.

No seguro, a franquia é o custo de responsabilidade do segurado na hora do reparo do veículo.

É por meio dela que seguradora e segurado dividem os prejuízos com o auto.

Por exemplo: seu carro sofre uma colisão, e o conserto terá custo de R$ 3 mil.

A franquia do seu seguro é de R$ 1 mil e, por isso, você pagará R$ 1 mil à oficina.

A seguradora quitará os R$ 2 mil restantes.

Além da franquia principal, o usuário pode precisar pagar a franquia relacionada à cobertura adicional contratada.

Principalmente se for necessário acionar apenas a cobertura adicional.

Isso significa que o conserto dos vidros do carro, por exemplo, podem precisar do pagamento de uma franquia proporcional.

As regras ficarão listadas no contrato, e também podem ser consultadas com a seguradora.

Além da perda parcial, o carro pode sofrer perda total.

Ou seja, quando os danos ultrapassam os 75% do valor de mercado do auto.

Nesse caso, não é preciso pagar franquia.

O consumidor receberá a indenização integral do veículo, para a compra de um novo.

O mesmo acontecerá se o carro for roubado ou furtado, e não recuperado pela polícia.

Pronto! Agora você já conhece os principais tipos de coberturas de seguro auto.

Antes de contratar às suas, converse com a seguradora.

Isso vai garantir maior segurança e acerto na escolha das proteções.

Conheça o seguro de moto Porto Seguro

Nem sempre encontrar informações sobre um tipo de seguro ou mesmo empresa é uma tarefa simples. Se você está à procura desse tipo de informação, acompanhe este artigo e conheça melhor o seguro de moto Porto Seguro.

Apenas quem tem uma moto sabe como esse veículo pode ser ágil e econômico no dia a dia, fora a sensação de liberdade que ele promove.

Por essas e outras razões, contar com um seguro de moto é fundamental atualmente.

Além dos índices de roubo e furto de motocicletas, os números de acidentes de trânsito com esse tipo de veículo são assustadores.

Por isso, contratar um seguro de moto é tão importante atualmente.

No entanto, assim como em qualquer contratação de um serviço, antes de escolher uma empresa para fornecer seu seguro é importante conhecê-la melhor.

Se informando sobre seus tipos de coberturas, condições e reputação de mercado.

E, para ajudar nessa pesquisa, criamos esse artigo com todas as informações necessárias sobre o seguro de moto Porto Seguro.

Conheça o seguro de moto Porto Seguro

Imagem: Getty Images

Conheça o seguro de moto Porto Seguro

O seguro de moto Porto Seguro é um serviço de proteção veicular que oferece coberturas mais completas e serviços importantes como serviços de manutenção e mais.

Ele pode ser contratado para motos a partir de 90 cilindradas e possui diferentes condições para veículo até 300 cilindradas e acima de 301 cilindradas.

Sua contratação pode ser feita diretamente pelo cliente no site da empresa ou em um dos postos de atendimento, ou através de um corretor de seguros, que é a maneira mais indicada de fazer essa contratação.

As coberturas oferecidas no seguro da Porto Seguro são:

  • Cobertura total: atende em casos de danos parciais ou integrais à motocicleta devido a colisões, incêndios ou roubo e furto;
  • Cobertura para danos a terceiros: que garante indenização para danos corporais e/ou materiais provocados por acidentes com outras pessoas;
  • Cobertura para acessórios: que promove o ressarcimento de perdas relacionadas a acessórios como capacetes, por exemplo;
  • Assistência 24 horas: com serviços como guincho, envio de mecânico, socorro para pane seca e elétrica e mais;
  • Incêndio, furto e roubo: voltada para o reparo de danos parciais ou a indenização, em sinistros com perda total da moto decorrente de um dos sinistros citados.

Além dessas coberturas a Porto Seguro ainda oferece outros benefícios e coberturas como:

  • Devolução do valor da moto 0 km em um período de até seis meses;
  • Descontos em oficinas especializadas em motos, de diversos modelos e estilos diferentes;
  • Assistência 24 horas com guincho e técnico, para problemas mecânicos, pane seca e elétrica, problemas de bateria e troca de pneus;
  • Curso de condução segura com aulas práticas e teóricas;
  • Possibilidades de desconto com despachantes, aluguel de carros ou motos e outros;
  • Coberturas para motos do dia a dia, para a estrada, esportivas e de lazer e urbanas;
  • Descontos em casos de motoristas sem pontuação na CNH, acessórios, de 25% na franquia e no lava-rápido;

A Porto Seguro possui um seguro de moto barato?

Se você está preocupado em saber se a Porto Seguro possui um seguro de moto barato, saiba que um orçamento menor não é motivo para não contratar uma proteção adequada para seu veículo.

O primeiro caminho para saber se as coberturas necessárias para o seu perfil cabem no seu orçamento é realizando uma simulação de seguro de moto.

Se as coberturas mais completas forem caras não se preocupe.

Existe a possibilidade de reduzir as opções de coberturas e serviços, conseguindo assim um valor mais em conta ou até mesmo investir em equipamentos de segurança como alarmes e rastreadores, que costuma baratear o valor do seguro.

Entre em contato com a Porto seguro

Se você quiser saber informações mais detalhadas sobre as possibilidades que essa empresa oferece, ou mesmo se você já é cliente, você pode entrar em contato com ela através do telefone da Porto Seguro Moto.

Os números das centrais de atendimento são:

  • Central de serviços: 333 76786 (atende a grande São Paulo e grande Rio de Janeiro) / 4004 76786 (atende capitais e regiões metropolitanas) / 0800 727 0800 (atende as demais localidades);
  • Atendimento para Mercosul: +55 (11) 3366 3189;
  • SAC: 0800 727 2766 / 0800 727 8736 (atendimento para deficientes auditivos ou de fala);
  • WhatsApp: (11) 3003 9303;
  • Ouvidoria: 0800 727 1184 / 0800 701 5582 (atendimento para deficientes auditivos);
  • Canal de denúncias: 0800 707 0015.

Além da possibilidade de entrar em contato através do telefone da Porto Seguro Moto, você também pode falar com a empresa através do site oficial.

No entanto, é importante dizer que, se você busca por informações para a contratação do seguro de moto, o melhor caminho é falar com um corretor especializado no assunto.

Aqui em nosso site é possível encontrar os melhores profissionais da área, capazes de promover todo o suporte que você precisa de uma maneira simples e muito clara.

Para isso, basta nos enviar uma mensagem e aguardar o contato de um de nossos colaboradores.

Agora que conhece um pouco melhor o seguro de moto Porto Seguro, entre em contato com a empresa para mais informações.

Além dos serviços da Porto Seguro estarem disponíveis para motos a partir de 90 CC.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

Será que vale a pena contratar um seguro auto? Compare os valores e descubra!

Será que compensa contratar um seguro auto ou esse é um investimento desnecessário? Descubra aqui!

Você já deve ter se questionado sobre investir ou não na contratação do seguro auto. A maioria dos brasileiros consideram essa uma despesa que pode comprometer a renda da casa.

Outros sabem que o valor do seguro não pesa tanto no orçamento, se considerar o gasto ao sofrer um sinistro. Porém, existem os motoristas que possuem essa proteção há anos, mas nunca acionaram a seguradora. Para esses, a dúvida é sobre o valor investido, que poderia ter rendido muito se aplicado em outros investimentos.

Para ambos os casos, a dúvida sobre contratar um seguro auto ou não é bastante comum. Então, será que vale a pena ficar sem essa proteção?

Será que vale a pena contratar um seguro auto? Compare os valores e descubra!

Imagem: Pixabay/Aymanejed

Especialista em seguros recomenda a contratação do seguro auto

De acordo com Jeniffer Elaina, especialista em seguros e gerente de conteúdo e SEO do site Smartia Seguros, ficar sem essa proteção é um erro. Ela explica que, por experiência própria, não vale a pena achar que cortar o seguro é uma forma de economizar.

Isso porque, no momento de um imprevisto, você terá que tirar dinheiro de outras dívidas e até fazer um empréstimo, contraindo assim, outras dívidas para consertar o seu veículo e, em muitos casos, de terceiros.

Levantamento realizado pela Smartia Seguros compara preços dos gastos com e sem seguro de carro

Confira alguns levantamentos realizados pela Smartia Seguros, junto com a TEx, e compare os preços dos gastos mais comuns, com e sem o seguro para carros!

  1. Veja alguns exemplos do valor do seguro auto completo e o total dos gastos mais comuns no conserto do carro, sem o seguro!
Modelo Média dos gastos sem seguro= capô, Para-choque dianteiro, farol e Para-lama dianteiro, respectivamente Média de preço do seguro auto
EcoSport R$ 600 + R$ 800 + R$ 900 + R$ 333= R$ 2.633,00 Niterói/RJ: R$ 3.683,18
Gol R$ 1.100 + R$ 950 + R$ 601 + R$ 240= R$ 2.891,00 Chapecó/SC: R$ 2.037,52
Fox R$ 640 + R$ 1.100 + R$ 506 + R$ 300= R$ 2.546,00 São Gonçalo/RJ: R$ 5.995,34
  1. Confira os gastos, em média, com Hyundai HB20 para motoristas sem seguro auto:
  • Capô: R$ 805,31
  • Para-lama dianteiro (cada): R$ 188,35
  • Para-choque dianteiro: R$ 515,42
  • Farol (cada): R$ 414,11
  • Total: R$ 1.923,19

Se o motorista tivesse contratado o seguro para o carro, além de contar com outras coberturas inclusas e serviços, não teria a dor de cabeça de ter que resolver tudo sozinho e imediatamente.

Veja o valor do seguro auto completo para um motorista que reside nas seguintes cidades:

  • Ribeirão Preto/SP: R$ 2.039,48
  • Osasco/SP: R$ 3.408,60

Saiba que o valor do seguro de veículo acima inclui outras proteções, como: contra roubo e furto, danos por fenômenos da natureza, serviços como a troca de pneu, guincho, serviço de funilaria, revisão elétrica, carro reserva, motorista amigo, entre outras.

Além disso, esse é um exemplo de cotação realizada no perfil acima, ou seja, para um morador do estado de São Paulo que contratou um seguro completo.

Vale destacar que o preço do seguro auto varia conforme o perfil do motorista, análise e modelo do veículo, coberturas contratadas e outros fatores.

É válido saber que os valores dos serviços descritos também variam, conforme o lugar em que se realiza o conserto do veículo.

Para obter o valor do seguro de carro, é preciso realizar uma cotação personalizada.

Vale a pena contratar um seguro auto?

 

Será que vale a pena contratar um seguro auto?

Imagem: Pixabay/robert-o

Ao somar os gastos de um sinistro, é mais rentável contratar o seguro para carros. Por mais alto que pareça ser o valor do seguro, ele pode ser parcelado e cobre vários serviços.

Sem contar que, em caso de roubo e furto, quando o veículo não é localizado, o motorista é reembolsado, conforme a tabela FIPE. E nos momentos mais difíceis e de grande estresse, o segurado conta com o apoio de profissionais especializados. Estes cuidam de toda a parte burocrática.

Seguro auto pode ser mais barato

Jeniffer Elaina afirma que, para economizar ao contratar um seguro auto, é fundamental contratar coberturas essenciais. Na dúvida, ela recomenda consultar um corretor de seguros registrado na SUSEP.

Além disso, existem formas de deixar o seguro de automóvel mais barato. Elas incluem:

  • Não ter multas e se envolvido em sinistros.
  • Ser mulher (o valor do seguro auto para mulher é menor).
  • Ter mais tempo de CNH (tempo de experiência ao volante conta).
  • Não morar em locais com alta taxa de criminalidade.
  • Contratar o seguro popular.

Portanto, contratar ou não o seguro para carros depende do que o motorista considera mais. Ao optar pela contratação, é possível não precisar acionar a seguradora. Mas saiba que se precisar, vai valer muito mais a pena ter essa proteção.