Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Posso ter um seguro para veículos antigos sem aceitação?

Compartilhe nas redes sociais:

Quem tem um carro antigo, normalmente tem muito zelo com o patrimônio. Seja por uma questão financeira ou sentimental, muita gente conserva veículos fabricados há muito tempo. Esses carros via de regra são excelentes em sua mecânica e o proprietário pensa muitas vezes antes de passar para frente.

Se a pessoa se enquadra nesse perfil, provavelmente se preocupa em proteger o patrimônio através da contratação de um seguro. No entanto, ao procurar por uma seguradora para fazer a contratação do seguro, depara-se com a negativa na aceitação do risco.

Qual opção de seguro para veículos antigos sem aceitação?

Por que as seguradoras podem recusar um veículo no seguro auto?

As seguradoras costumam declinar o seguro para veículos com mais de 10 anos, por exemplo, por conta da dificuldade de reposição de peças.

Como as oficinas credenciadas pelas seguradoras têm o compromisso de utilizar apenas peças originais, quando um carro mais antigo sofre alguma colisão a dor de cabeça para encontrar as peças é grande.

Outro fator que contribui para a negativa na aceitação dos seguros para carros antigos é o custo do seguro, comparado ao valor de indenização nos casos de perda total por roubo ou furto.

Atualmente, existem algumas alternativas para proteger veículos dessa categoria, mas são raras as seguradoras que aceitam o risco ou oferecem uma cotação. Quando apresentam a cotação, quase sempre o custo do seguro inviabiliza a contratação.

É comum o questionamento sobre essa relação. Se o veículo é “velho”, por que o valor do seguro é caro? Justamente pelo preço de reposição de peças e pela maior probabilidade de utilização de serviços de assistência em casos de pane.

Posso ter um seguro para veículos antigos sem aceitação?

Quando um proprietário de veículo antigo se conforma com a dificuldade de fazer um seguro que cubra danos ao seu patrimônio, muitos ainda ficam bastante incomodados com a possibilidade de causar danos a terceiros.

Principalmente quem trafega nas grandes cidades, sabe que o risco de se envolver em uma colisão não é pequeno. Por mais perícia que se tenha ao volante, imprevistos podem acontecer, gerando uma grande monta de prejuízo quando há o dever de ressarcir a perda que causamos a alguém.

Quem tem esse tipo de preocupação e se encaixa no grupo de proprietários de veículos antigos, pode contratar o seguro de responsabilidade civil facultativa.

O processo de contratação é idêntico ao do seguro normal, mas nesse caso só haverá cobertura para bens de terceiros e não haverá para o veículo segurado.

Essa modalidade permite a contratação para danos materiais, danos corporais e até mesmo danos morais. ou seja, se o segurado colidir contra outro veículo, poste, muro, portão ou qualquer outro bem para o qual seja responsabilizado a ressarcir o dano, terá o amparo do seguro.

A cobertura de danos corporais vai amparar as indenizações devidas em um caso de atropelamento, por exemplo, ou ainda ferimentos dos passageiros dos veículos de terceiro.

A cobertura de danos morais que garantirá a indenização, caso determinada por um juiz, dos danos morais originados pelo dano material provocado.

Desta forma, apesar de o bem da propriedade do segurado permanecer sem uma solução definitiva de proteção, os danos que podem eventualmente ser causados por ele, podem ter a garantia de um seguro que traga a tranquilidade necessária nos momentos de dificuldade. Fique sempre atento às regras da Susep.


Compartilhe nas redes sociais:
Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *