dcsimg

9 truques para escolher o melhor seguro de moto

Pensando em contratar um seguro de moto, mas, não sabe bem como escolher o melhor para o seu caso? Conheça 9 truques para escolher o melhor seguro de moto!

As pessoas que possuem moto, assim como, os proprietários de carros, sabem como é importante ter um seguro de moto. Afinal, elas acabam ficando, de certa forma, mais suscetíveis a problemas como roubos e furtos, ou mesmo maiores danos em casos de batidas.

No entanto, conseguir escolher o melhor seguro pode ser uma tarefa bem complicada. Já que, na hora de contratar uma apólice é preciso que ela tenha uma cobertura que atenda as necessidades do cliente e, ao mesmo tempo, caiba no orçamento.

Se você está em busca de respostas de como conseguir unir esses dois quesitos, e contratar o melhor seguro de moto, sem comprometer seus gastos mensais. Esse artigo foi feito para você. Acompanhe e conheça 9 truques para isso!

9 truques para escolher o melhor seguro de moto

Como funcionam as coberturas do seguro de moto?

É interessante que antes de partimos paras os truques escolhendo o melhor seguro de moto, se entenda melhor como as coberturas de seguro existentes funcionam. A cobertura do seguro de moto deve abranger uma série de fatores, além de possuir uma boa assistência 24h, já que esse serviço pode fazer toda a diferença no dia a dia do motociclista.

Assim como nos seguros de automóveis, os de moto possuem dois tipos de cobertura, que são:

Cobertura compreensiva no seguro de moto

Essa é a cobertura mais completa, que além de contar com a assistência 24 horas, cobre também sinistros como acidentes de trânsito, incêndios, furtos e roubos. Esse tipo de cobertura costuma cobrir tanto os danos parciais como os totais, esse último apenas em casos onde mais 75% ou mais da moto foi comprometida. Sendo que os tipos de indenização para perdas totais variam de acordo com cada empresa, algumas pagam o valor referente ao encontrado na Tabela Fipe, enquanto outras, estipulam um valor no momento da contratação do serviço.

Cobertura não compreensiva no seguro de moto

Trata-se de uma cobertura mais simples, onde apenas as situações como roubo e furto, e em alguns casos, assistências 24 horas são atendidas. Essa segunda opção de cobertura pagará indenizações apenas em casos de perda total, como em roubos ou furto, onde a moto não é recuperada ou acidentes que comprometam 75%, ou mais, do veículo.

Entenda também como as franquias funcionam!

Além de saber como as coberturas funcionam, vale a pena entender um pouco mais sobre as franquias ao escolher o melhor seguro de moto. A franquia é um valor cobrado pela seguradora quando a empresa é acionada para cobrir um dano parcial, ou seja, em casos onde os danos sejam menores que 75%. Existem, basicamente, quatro tipos de franquias disponíveis no mercado atual, elas são:

  • Ampliada;
  • Básica;
  • Reduzida e;

Em relação aos valores, as franquias funcionam da seguinte maneira: quanto maior for o valor da franquia, menor será o valor da apólice contratada, assim como o contrário. Quanto menor for a franquia, maior será apólice. Informe-se, cuidadosamente, com seu corretor qual é a melhor opção a ser escolhida.

Veja 9 truques para escolher o melhor seguro de moto

Acompanhe a seguir quais são as principais dicas para escolher o melhor seguro de moto:

  1. Escolha a melhor cobertura para seu caso

Para algumas pessoas a compreensiva, que se trata de uma cobertura mais completa, pode ser a melhor escolha. Especialmente, nos casos de pessoas que usam a moto, diariamente, como meio de locomoção ou ferramenta de trabalho.

No entanto, existem alguns casos em que as pessoas podem utilizar a motocicleta apenas para passeios, nesses casos, a cobertura não compreensiva pode ser a mais indicada. Se você se encaixa em um perfil que costuma contar com valores mais altos como homens até 24 anos, e não pode arcar com esses valores. É possível que a cobertura não compreensiva também lhe seja a mais indicada.

  1. Faça uma pesquisa completa de preços

Procure fazer orçamento no maior número possível de seguradoras, recolha os valores de ambas as opções de cobertura, e adicionais caso algum lhe interesse, e compare. Observe também, as vantagens que cada uma delas oferece, e todos os serviços inclusos na assistência 24 horas.

  1. Pesquise a reputação das empresas de seguro escolhidas

É importante conhecer bem a reputação das empresas selecionadas para a pesquisa de preço ao pesquisar o melhor seguro de moto. Um bom lugar para se informar sobre isso é o site ‘reclame aqui’. Onde é possível ver a quantidade de reclamações que cada uma delas recebeu no último ano, como elas resolveram as questões e como os clientes se sentiram após seus problemas terem sido solucionados.

Conversar com clientes atuais das empresas também é uma dica muito válida, para saber mais sobre a empresa. Faça algumas perguntas sobre o grau de satisfação em relação ao atendimento e questões burocráticas, por exemplo.

  1. Certifique-se sobre a habilitação dos corretores

É fundamental que os corretores que lhe atenderam estejam, devidamente, credenciados no órgão que regulamenta a classe profissional. Certificar-se disso, trará muito mais tranquilidade e segurança na hora de fechar negócio.

  1. Avalie com cuidado o tipo de franquia escolhida

Não descuide do assunto franquia. Além de escolher o tipo de franquia mais adequada para o seu caso, é importante que fique atento ao valor descrito na apólice no momento do contrato.

  1. Atente-se ao perfil descrito no contrato do seguro

Outro ponto importante que deve ser observado ao escolher o melhor seguro de moto é o perfil do condutor descrito no contrato. Tenha certeza de que ele, assim como todos os seus dados estão corretos. Pois, caso haja alguma contradição, poderão existir sérios problemas quando precisar acionar o seguro.

  1. Leia com atenção o item de exclusão

Nele deve constar todos os itens e situações que não são cobertos pelo seguro que está sendo contratado. Leia ele atentamente, e veja se tudo está de acordo com o combinado com o corretor.

  1. Prefira a cobertura que possui assistência 24 horas

Se pode pagar um pouco mais para contar com uma assistência 24 horas, vale a pena incluí-la na sua cobertura. A maioria delas oferece serviços como guincho, serviços elétricos e hidráulicos e socorros em casos de pane seca ou mecânica.

  1. Não omita nenhuma informação

É de extrema importância que você não omita nenhuma informação, especialmente se sua moto for uma ferramenta de trabalho, como no caso dos motoboys, por exemplo. Existem algumas empresas de seguro que não aceitam esse tipo de veículo. Por eles circularem por muitos lugares diferentes, acaba ficando complicado estipular a margem de risco. Se esse for o seu caso, e você omitir essa informação na contratação do serviço, caso necessite do seguro, poderá ter sérios problemas.

Fique atento a essas dicas quando for escolher o melhor seguro de moto e aproveite para fazer sua cotação agora mesmo para proteger sua motocicleta.

Leia mais artigos sobre:

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário