Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Bônus do seguro

Antes de falarmos sobre o bônus do seguro é preciso primeiro entender como o seguro funciona. O seguro é um contrato firmado entre duas partes (segurado e seguradora) que envolve um bem. Para que esse contrato seja firmado, é preciso uma apólice de seguro. É na apólice que ficam detalhados o bem, quais são as coberturas do seguro, os riscos, prêmio e todas as outras informações fundamentais ao acordo.

Dentre todos, o prêmio e o bônus do seguro são os que costumam causar maior dúvida. Mas eles não são “bichos de sete cabeças”.

Para começar, o prêmio é o valor que o segurado paga para que o bem fique protegido. Esse valor varia, de acordo com a seguradora e com o que foi combinado. Portanto, o prêmio é o valor que se paga pelo seguro, e é sobre ele que incidirá o bônus.Bônus do seguro

Como funciona o bônus do seguro?

O bônus é algo interessante para as duas partes. Ele serve como um atrativo para quem tem o seguro, e também uma vantagem para a seguradora.

Seu funcionamento é bastante simples: quando faz o seguro, o consumidor assina um acordo com o valor predeterminado do prêmio e da indenização. Se, durante o período estipulado de contrato, nenhum sinistro ocorrer, o usuário pode obter um bônus. Ou seja, ao renovar o seguro, ele pode obter um desconto sobre o valor do prêmio.

Porém, existem algumas regras para obtenção do bônus. Primeiro, como citado, o sinistro não pode ter sido acionado em nenhum momento durante a vigência do contrato.

Não conta como sinistro a solicitação do auxílio 24 horas, já que o consumidor não precisa aguardar a avaliação da seguradora para este serviço.

A assistência 24 horas é muitas vezes considerada como um “mimo” ao usuário, e por isso basta que o motorista ligue para a empresa e solicite o auxílio em caso de pneu furado, pane elétrica ou outros semelhantes.

Isso significa que, mesmo que tenha solicitado a assistência, o consumidor tem direito ao bônus do seguro. Também é preciso que a renovação da proteção seja feita dentro do prazo, logo ao fim da vigência do acordo.

Geralmente, as seguradoras permitem a renovação com bônus em até 30 dias após o vencimento do contrato.

A porcentagem do bônus varia de uma seguradora para outra, e também de acordo com o tempo da relação entre segurado e seguradora. Quanto mais tempo vigente de contratos, e quanto maior o período sem sinistro, maior o bônus obtido.

Classes de bônus

A cada vez que renova o seu seguro sem ter registrado nenhum seguro, o motorista ganha uma classe de bônus. Funciona como um ponto cumulativo, que vai somando classes ao longo dos anos.

Imagine, então, que você já tenha renovado seu seguro quatro vezes com a seguradora. Isso significa que você terá 4 classes de bônus. Cada classe garante, neste exemplo, 5% de desconto ao consumidor. Por isso, você possui 20% de dedução na renovação do seu seguro.

Quando aciona um sinistro, porém, o usuário vai perdendo classes de bônus. Não todas de uma vez, mas uma a uma.

Ou seja, se você solicitar um conserto ou indenização tendo 4 classes de bônus, na próxima vez que renovar seu seguro terá 3 delas — no nosso exemplo, 15% de desconto.

Após a renovação, começa a contar um novo período de vigência. Se, neste tempo, não houver abertura de sinistro, forma-se uma nova classe. Se o sinistro ocorrer, perde-se uma classe, e assim por diante.

A classe de bônus varia em uma escala de 0 a 10.

É importante destacar que uma classe de bônus está ligada ao segurado, e não a um carro. Por isso, mesmo que o usuário troque de veículo, o bônus do seguro pode ser utilizado na próxima renovação.

Mudanças de seguradora e transferências de classes

As seguradoras também aceitam o bônus acumulado em outras empresas. Logo, a renovação não precisa ser com a mesma gerenciadora de seguro.

Como há prazo para aproveitamento do bônus, porém, é fundamental fazer a cotação da proteção antes do fim do contrato. Assim, com o período de vigência finalizado, o consumidor poderá escolher rapidamente o seu novo seguro.

Algumas seguradoras ainda permitem a transferência da classe de bônus para outro indivíduo. A transferência geralmente é autorizada entre cônjuges, e entre pais e filhos.

Também é possível fazê-la de pessoa jurídica para pessoa física, caso a pessoa física seja sócia da jurídica.

Quando o consumidor perde o bônus do seguro?

Tal como explicado, o motorista não perde seu direito a bônus do seguro quando aciona a assistência 24 horas da empresa. Também não perde o benefício quando troca de seguradora, nem se solicitar a cobertura para vidros, para-brisas, retrovisores, lanternas e faróis.

Outra situação em que o bônus do seguro continua a valer é quando o acidente acontece, mas quem assume os reparos do carro é o causador do evento. Ou seja, o outro envolvido no acidente.

Se aciona o seguro para perda parcial ou total, porém, o usuário perde sua classe de bônus. Se essa classe for a única que ele possui no momento, ele não contará com o desconto na renovação da sua proteção.

Caso possua outra classe de bônus, esse sinistro contará como um ponto a menos, diminuindo o desconto do novo contrato.

Considera-se como perda parcial o conserto com custo menor do que 75% do valor do veículo. Já a perda total corresponde a um conserto com custo maior do que 75% do valor do carro.

Na primeira situação, o consumidor precisa arcar com a franquia do seguro. Na segunda, a franquia é dispensada, e a seguradora entrega ao usuário o valor para a compra de um novo automóvel.

Quando o seguro é acionado para reparo de terceiros, ou para passageiros, também há perda da classe de bônus. Assim como quando o usuário escolher mudar a categoria do seguro.

Mudar a categoria significa escolher uma proteção de menor valor e cobertura. Neste caso, as classes começam a ser contadas novamente.

Por que fazer um seguro auto?

Se você ainda não entende a importância de um bom seguro, é importante ficar de olho nos índices de violência e pensar no quão grande pode ser seu prejuízo se você não se cuidar.

Imagine ser roubado, furtado, sofrer um acidente, ter o carro incendiado e ficar com todo o prejuízo. Algo desagradável, não é mesmo? Pois o seguro de carro auxilia nesse momento e ajuda a deixá-lo tranquilo, pagando parte ou o total das despesas.

Faça sua cotação de seguro auto agora!

Se você quer aproveitar o bônus do seguro, ou se deseja acumular os bônus para ter descontos na contratação do seu novo seguro, o SeguroAuto.org é o lugar ideal. No site,  é possível fazer uma cotação em pouco tempo e ter em mãos as informações que você precisa para proteger seu carro da melhor forma.

Aqui, você também pode falar com o corretor e tirar suas dúvidas sobre os bônus. Fazendo a sua cotação, você saberá se tem direito ao benefício para economizar ainda mais.

Agora que você já sabe o que é o bônus do seguro, aproveite do desconto e obtenha uma ótima cobertura. Assim, você terá tranquilidade ao utilizar o seu carro, e obterá indenização em caso de sinistro.

Leia mais artigos sobre:

Comentários estão fechados.