dcsimg

Como funciona o seguro de moto com rastreador?

Você já deve ter ouvido falar que não compensa contratar um seguro para moto, pois, o valor é muito alto. Mas veja a seguir como funciona o seguro de moto com rastreador e entenda como pode ser vantajoso para a segurança do seu veículo.

A falta de conhecimento leva ao erro de não se contratar um seguro de motocicleta. Somente em São Paulo, a média de motos roubadas ou furtadas foi de 106 ao dia em 2017. Nas grandes metrópoles, as pessoas compram mais motos por ser um veículo rápido, por isto também estão mais sujeitas a acidentes de trânsito e a sinistros como, roubo e furto.

Tentando diminuir esse problema para os proprietários, o seguro de moto com rastreador chegou a fim de amenizar futuros problemas. Entenda melhor sobre esse tipo de seguro.

Como funciona o seguro de moto com rastreador?

Como funciona o seguro de moto com rastreador?

A seguir entenda melhor como funciona o seguro de moto com rastreador e tudo o que envolve sua contratação.

Qual a diferença entre o seguro carros e motos?

 A única diferença entre o seguro de moto e carro é que algumas seguradoras não aceitam o seguro total para motos. O seguro total é aquele que cobre:

  • Roubos;
  • Furtos;
  • Colisão e;
  • Incêndio.

Caso deseje contratar o rastreador, a instalação pode ser feita em domicílio ou na seguradora e, geralmente, o sistema permite rastreamento também pela internet, o que facilita a vida do condutor.

É possível contratar uma cobertura parcial?

Como as motos são veículos muito visados e os furtos sobem a cada dia, o valor do seguro total é alto. Para driblar esse inconveniente e não andar desamparado pelas ruas, você pode contratar um seguro de furto e roubo.

Este seguro tem um preço mais baixo, mas não cobre colisões ou danos a terceiros, por exemplo. Mas mesmo se a cobertura for limitada você ainda estará protegido.

Por que existe uma dificuldade de se contratar o seguro para moto?

Como falado acima, o índice de furtos é alto. O valor do seguro é calculado de acordo com o risco, então se sua moto for muito visada o preço será maior e vice-versa.

Experimente para sua moto em um estacionamento, por exemplo. Assim o custo do seguro já abaixa um pouco.

As seguradoras também costumam checar o histórico do condutor e, quanto mais ocorrências você tiver, mais caro o valor do seguro. Quando fizer uma cotação, responda as perguntas com veracidade para não ter o risco de não receber sua indenização.

Não é muito difícil entender como funciona o seguro de moto com rastreador. Espero que estas dicas te ajudem na hora na contratação e, para que o processo seja feito com mais tranquilidade, não se esqueça de entrar em contato com um corretor e contratar seu seguro de moto com rastreador.

Leia mais artigos sobre:

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário