Seta Balao

Cote o preço do seu seguro da sua moto

Qual é a marca da sua moto?

Cote seu Seguro

Existe seguro para moto usada? Descubra!

Para quem tem dúvidas se existe seguro para moto usada a resposta é sim. E ele pode ser facilmente encontrado no mercado. Entenda como funciona o seguro de moto usada e saiba quais seguradoras oferecem essa proteção para sua motocicleta.

A procura por esse serviço tem sido cada dia maior, uma vez que o roubo de motos tem aumentado.

Para se ter uma ideia, no estado de São Paulo ocorre um roubo a cada três minutos.

Por isso, motoqueiros e motociclistas cada vez mais têm buscado saber se existe seguro para moto usada e se ele está disponível, assim como para motos novas.

Para se ter uma noção de quão grave está a situação, a chance de perda de uma moto é muito grande, já que foi registrado um número de roubos de motos 3 vezes maior que o número de roubo de carros.

Ou seja, não dá mais para arriscar perder um bem de tanto valor.

Entenda melhor sobre como funciona.

Existe seguro para moto usada? Descubra!

Imagem: Getty Images

Existe seguro para moto usada? Como funciona?

Para ter um seguro de moto, o primeiro passo é fazer uma cotação em um site especializado ou com uma das seguradoras que oferecem esse serviço.

Ao fazer a solicitação é possível ter acesso a diferentes propostas.

Elas costumam apresentar quais serão as coberturas disponibilizadas e os valores.

Em relação às coberturas é possível optar por um seguro mais simples, como a que protege apenas contra roubo e furto.

Esse é indicado para aquelas pessoas que possuem uma grande preocupação em relação aos roubos apenas e não podem ficar no prejuízo, caso um ocorra.

Já o chamado seguro total, além dessas coberturas costuma proteger o veículo também contra colisões, eventos naturais, danos à pintura, entre outros.

Para ter uma ideia sobre o valor, os seguros convencionais possuem um valor mais alto, que varia entre 30% e 40% do valor total da moto.

Enquanto que, por possuírem uma cobertura menor, os seguros contra roubos e furtos são  mais acessíveis, e  seu valor normalmente representa entre 20% e 30% do valor da moto.

Assim, há uma alternativa independente do tipo do condutor, e para diferentes orçamentos.

De acordo com o que for contratado e constar na apólice é que o motorista estará protegido e poderá contar com o suporte da seguradora, caso um sinistro ocorra.

Compensa ter um seguro para moto usada?

Ter um seguro sempre vale a pena pela segurança que proporciona ao segurado, pois ele sabe que poderá minimizar os seus prejuízos financeiros em caso de um sinistro.

Além disso, quem utiliza o veículo com frequência, seja para se locomover ou trabalhar, sabe que ficar sem ele pode trazer uma série de transtornos e atrapalhar a rotina.

Entretanto, é possível que o valor do seguro fique elevado, por isso, para que isso não seja um empecilho para contratar o serviço é indicado fazer uma pesquisa antes da adesão.

Seguro para motos de uso comercial

Algumas empresas não realizam seguro para motos que são utilizadas para fins comerciais, como para motoboys, por exemplo.

Isso porque o risco de essas motos sofrerem algum sinistro é muito maior.

No entanto, de nada adianta omitir essa informação no momento da contratação do seguro, já que caso aconteça alguma coisa que esteja fora do que está no contrato, a seguradora pode não cobrir.

Equipamentos de segurança ajudam a reduzir o valor do seguro

Motos que possuem equipamentos de segurança tendem a ter um seguro mais barato.

Isso porque, o risco de ocorrer um roubo ou furto destes veículos é menor.

Esses equipamentos são, por exemplo, os alarmes, rastreadores e corta combustível.

Empresas que oferecem um seguro para moto usada

Sabendo que existe um seguro para moto usada é necessário identificar quais são as seguradoras que oferecem esse produto.

Separamos algumas delas e as principais coberturas oferecidas. Confira.

Porto seguro

  • Incêndio;
  • Roubo;
  • Furto;
  • Colisão;
  • Danos a terceiros;
  • Reembolso de despesas extraordinárias;
  • Carta verde.

Mapfre

  • Roubo;
  • Furto;
  • Colisão;
  • Granizo;
  • Danos à pintura;
  • Acidentes durante o transporte da moto;
  • Despesas referentes a danos materiais.

BB

  • Roubo;
  • Furto;
  • Colisão;
  • Enchentes;
  • Quedas em precipícios ou pontes.

Suhai

  • Roubo;
  • Furto.

Quanto custa um seguro para moto usada

O valor do seguro varia de acordo com o modelo da moto, coberturas contratadas e análise de risco do motorista.

Para que possa ter uma ideia, veja alguns exemplos.

Valor do seguro de para moto usada 2017

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Cg 160 Fan Flexone Feminino, 30 anos Goiás R$ 1.601,60
Mt 03 321 Masculino, 39 anos Rio de Janeiro R$ 2.387,03
Mt 07 689Cc Feminino, 34 anos Paraná R$ 3.373,64

Valor do seguro de para moto usada 2016

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Cg 160 Titan Flexone Feminino, 43 anos Paraná R$ 1.922,48
Tiger 800 Xrx Masculino, 39 anos Santa Catarina R$ 1.307,19
Cb 500F Feminino, 35 anos Minas Gerais R$ 2.302,86

Valor do seguro de para moto usada 2015

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Xre 300/ 300 Abs/ Flex 2015 Feminino, 37 anos Minas Gerais R$ 812,66
Tiger 800 Xc Gas. Masculino, 27 anos Rio de Janeiro R$ 19.356,36
Biz 125 Es Feminino, 33 anos Bahia R$ 1.348,38

Valor do seguro de para moto usada – 2012 e 2014

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Cg 125 Fan / Fan Ks 2014 Feminino, 37 anos Minas Gerais R$ 1.906,38
Xre 300 2012 Masculino, 53 anos Rio de Janeiro R$ 1.763,52
Cb 500F 2014 Masculino, 32 anos Paraná R$ 2.187,74

Curiosidades sobre seguro de moto

Existem alguns fatores que interferem no valor do seguro e poucas pessoas sabem.

Por exemplo, quanto maior a cilindrada, mais caro será o seguro.

A justificativa para isso é que a quantidade de cilindradas influencia nas chances de o motociclista andar em alta velocidade, o que, consequentemente, aumenta o risco de acidentes.

Além disso, ao contrário do que muitas pessoas pensam, o seguro para motos mais sofisticadas, e que são utilizadas quase que exclusivamente para eventos, pode ser mais barato quando comparado aos seguros das outras motos.

Isso porque, essas motos tendem a rodar menos e em estradas mais tranquilas, além de que costumam receber mais atenção e cuidado dos donos.

Atenção! Tome cuidado com os seguros piratas!

A opção mais barata, nem sempre é a melhor, por isso o ideal é pesquisar o máximo possível.

No entanto, é preciso tomar cuidado com seguros piratas, que se denominam como “associações”, “cooperativas” ou ainda como “proteção veicular”.

Essas empresas não são consideradas seguradoras e não são fiscalizadas pelo órgão máximo desse tipo de serviço, a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados).

Essas empresas podem até aparecer como uma solução mais barata no início, mas depois, no momento de pedir a indenização, podem se negar ou até mesmo sumir.

Agora que já está informado que existe seguro para moto usada já pode pensar em contratar essa proteção para o seu veículo.

Para isso é só pedir uma cotação personalizada e escolher o seu próximo seguro.

*Fonte: MeuSeguroNovo. Consulta realizada em Janeiro/2020

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

*Seguroauto.org não se responsabiliza pelos valores aqui mencionados, visto que o preço do seguro pode variar conforme o perfil de cada motorista.

Leia mais artigos sobre:

2 Comentários

  • Eliana says:

    Oi,

    Quero cotação de moto usada.

    Obrigada

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde,

      Obrigada por comentar no SeguroAuto,
      Visite nosso site e faça sua cotação já! Preencha o formulário em nossa página clicando no link https://www.seguroauto.org/cote/ e aguarde um corretor parceiro entrar em contato com você para tirar suas dúvidas.

      Atenciosamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *