Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Como funciona o seguro para carros com GNV

Você tem um carro adaptado ou está pensando em modificar o seu, mas, possui dúvidas sobre como funciona o seguro para carros com GNV? Então acompanhe esse artigo e saiba o que é preciso saber sobre esse assunto.

Adaptar um veículo para que ele seja abastecido com o GNV é uma escolha que precisa ser muito bem pensada, pois, existem muitos pontos que precisam ser analisados e que podem causar preocupações na hora de tomar essa decisão.

Uma das situações que costumam causar preocupação nessa tomada de decisão é o seguro auto para carros com GNV.

Se você já analisou todos os pontos, mas, ainda não tem certeza sobre o seguro nessa situação. Acompanhe esse artigo e entenda como ele funciona.

Como funciona o seguro para carros com GNV

Fonte: Wikipedia

Conheça um pouco melhor o GNV

Antes de explicar mais sobre o seguro para carros com GNV, vale a pena apontar algumas informações sobre esse tipo de combustível.

O Gás Natural Veicular é um combustível fóssil, encontrado no estado gasoso em abundância no subsolo do planeta.

Além de ser o combustível menos nocivo ao meio ambiente, também é o mais barato e o que ‘mais rende’, mesmo nas situações em que uma pequena porcentagem da potência do veículo é perdida na conversão.

Atualmente, os veículos não saem de fábrica prontos para funcionar com ele, por isso, sempre que se ouve falar de GNV, as palavras, conversão ou instalação do kit gás, estão presentes.

Apesar do que algumas pessoas dizem, a conversão para o uso do GNV não promove nenhum dado a longo prazo ao veículo, desde que seja realizada da maneira correta, e conte com manutenções regulares.

Muitas pessoas procuram pela conversão em busca de economia, visto que, o abastecimento com o GNV é muito mais baixo quando comparado com qualquer outro tipo de combustível, chegando a economias de abastecimento superiores a 50%.

Como funciona o seguro para carros com GNV?

Agora que alguns detalhes sobre o GNV foram esclarecidos, explicaremos como funciona o seguro para carros com GNV.

De maneira geral, o seguro para carros com GNV funciona exatamente como os demais seguros do mercado.

A diferença está na cobertura do kit gás e nos procedimentos de contratação do serviço.

Mas, antes de explicar melhor essas diferenças, é preciso dizer que, algumas empresas de seguro não trabalham com veículos convertidos para gás natural, portanto, se você já tem um seguro e está pensando em converter seu veículo, procure seu corretor primeiro e informe-se sobre isso.

Se sua seguradora aceitar carros equipados com GNV, será preciso que você faça um endosso sobre a alteração realizada no veículo.

A seguradora solicitará uma inspeção para se certificar que a instalação do kit gás foi feita corretamente e então o valor do prêmio, será recalculado.

Sim, você terá que pagar a diferença da cobertura. A partir disso, o kit de gás aparecerá na sua apólice como item de cobertura adicional.

No entanto, se você ainda não tem um seguro auto, é interessante que saiba que, além de contratar uma cobertura comum contra roubo ou furto, ou uma compreensiva, que atende mais situações, será preciso contratar a cobertura para kit gás.

A proteção para esse equipamento não é oferecida exclusivamente, ou mesmo dentro dos pacotes mais completos.

No entanto, a sua contratação também não é obrigatória. Além de contratar uma cobertura exclusiva para proteger esse bem, caso seja de seu interesse.

Você precisará submeter o veículo a uma inspeção veicular, promovida por um profissional credenciado com a seguradora.

Essa inspeção, assim como já mencionado, serve para que a seguradora saiba que está tudo certo com o seu equipamento.

Como contratar o seguro para carros com GNV?

Caso você ainda não tenha um seguro auto, é preciso que conheça exatamente quais são os pré-requisitos para que essa proteção seja aceita pela seguradora.

Todas as seguradoras exigem o cumprimento de alguns padrões de segurança, para aceitarem o veículo adaptado com o kit.

Para tal, é fundamental que toda a documentação necessária esteja em dia e a instalação tenha sido feita de maneira correta e segura.

Afinal, o gás natural veicular é uma substância altamente inflamável, e qualquer pequeno erro pode acarretar uma catástrofe.

Entre os pré-requisitos obrigatórios para a aceitação do veículo adaptado pela seguradora é possível apontar:

  • Que o equipamento esteja fixado de maneira correta no veículo;
  • Que uma vistoria prévia seja realizada;
  • Que a nota fiscal do serviço seja apresentada;
  • Além da apresentação do CSV – Certificado de Segurança Veicular;
  • Que o certificado referente ao cilindro seja apresentado.

Como funcionam as coberturas do seguro para carros com GNV?

Todas as seguradoras oferecem coberturas especiais para itens instalados nos veículos, exatamente como o acontece com o kit gás.

Essa cobertura adicional oferece proteção ao equipamento instalado, ou seja, em casos de danos causados por uma colisão, roubo do veículo ou apenas do kit gás e incêndio, o segurado será ressarcido conforme o combinado na apólice.

A cobertura do seguro para carros com GNV funciona como as demais coberturas para acessórios disponíveis.

Porém, é preciso que toda sua instalação e regulamentação e vistoria esteja em dia para que ela seja aceita pelo seguro.

A única ressalva nesse caso é que essa contratação desta cobertura fará com que o valor final da apólice de seguros aumente.

No entanto, esse aumento costuma ser de aproximadamente 2% apenas. Ou seja, vale muito a pena.

Como funcionam os sinistros no seguro para carros com GNV?

Para que você entenda ainda melhor como funciona a cobertura do seguro para carros com GNV vamos mostrar alguns exemplos.

Vamos supor que você tenha um seguro auto compreensivo para seu veículo e a cobertura para a proteção do kit gás:

  • Se você sofrer um acidente com danos parciais em que o kit foi danificado, tudo será reparado pela seguradora;
  • Se você tiver um acidente considerado como perda total, mesmo que o kit não sofra nenhuma perda, você será indenizado integralmente e terá a opção de retirar o kit gás do veículo danificado;
  • Se o acidente danificar apenas o kit GNV, a seguradora promoverá o reparo dele;
  • Se você tiver um acidente que cause perda total apenas kit gás, será indenizado no valor referente ao equipamento;
  • Agora se o acidente promover a perda total do veículo e do kit GNV, então você será indenizado pelas duas perdas.

Além disso, não podemos deixar de dizer que, caso o seu kit gás seja roubado ou furtado, a seguradora deverá pagar a indenização integral do equipamento, de acordo com que o foi estipulado em contrato.

Sem a necessidade do pagamento da franquia.

Vale mencionar que, quando a cobertura para o kit gás é contratada como adicional, ela conta com uma franquia exclusiva.

Ou seja, em casos de reparos ao kit será preciso que essa franquia seja paga.

Já nos casos em que é preciso reparar o kit e o veículo, o segurado deverá arcar com as duas franquias.

Por que a contratação do seguro para carros com GNV é mais cara?

A contratação do seguro para carros com GNV pode chegar a uma margem de 40% a mais que uma contratação de seguro para o mesmo modelo, mas, abastecido com combustíveis mais comuns.

O preço maior da contratação do seguro para carros com GNV se deve à observação do perfil do condutor.

Geralmente os motoristas que optam por fazer essa adaptação são aqueles que circulam muito com o veículo e, por isso, acabam sendo expostos a mais chances de sinistros.

Outro motivo que faz com que a contratação do seguro para carros com GNV seja mais alta é que, conforme algumas estatísticas, os motoristas que utilizam o kit gás se envolvem mais em situações como colisão, roubo e furto.

Ainda existem seguradoras que não aceitam a proteger veículos com o kit gás instalado, mas, vale a pena ressaltar que elas não são a maioria.

Por isso, se você está pensando em realizar a conversão, mas, tem medo de não conseguir contratar um seguro para carros com GNV, fique tranquilo.

Basta realizar uma pesquisa cuidadosa e seguir todos os passos indicados por seu corretor, assim, você não terá problema nenhum com a conversão e a contratação do seguro.

E poderá usufruir da imensa economia que esse combustível oferece.

Agora que você já sabe como funciona o seguro para carros com GNV e como esse serviço pode fazer a diferença caso você tenha algum problema com o seu veículo convertido, não perca mais tempo.

Comece já a solicitar cotações e contrate o seguro para carros com GNV que melhor atende suas necessidades.

Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *