Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

O que é sinistro no seguro de carro

Compartilhe nas redes sociais:

A seguradora pediu para você fazer um sinistro e não tem noção por onde começar ou não sabe o que esta palavra significa? Calma! Isso não é um bicho de sete cabeças.

Afinal, este é um termo muito usado pelas seguradoras quando existe uma indenização de danos materiais de um veículo. Ou seja, sempre que você precisar acionar o seguro após ter sofrido algum tipo de acidente ou roubo terá que fazer um sinistro – uma ocorrência.

Por isso, vamos te ajudar com algumas dicas!

O que é sinistro no seguro de carro

Saiba a diferença de sinistro parcial ou integral

Existem dois tipos de sinistros: o parcial e o integral. O sinistro parcial é quando o conserto das avarias fica abaixo de 75% do valor do carro. Neste caso, a seguradora pagará somente a diferença do valor do conserto se ele ficar maior que a sua franquia.

Já o sinistro integral é quando o dano causado no veículo após um acidente, por exemplo, tenha uma reparação inviável no quesito econômico, ou seja, o valor do reparo é maior que 75% do valor do carro. Por conta disso, a seguradora reembolsará o valor do veículo de acordo com o contrato pelo cliente.

Se você precisar passar por alguma situação de sinistro, deverá realizar alguns procedimentos padrão, dentro de um prazo de 30 dias no máximo:

  • Realizar uma apuração de danos, onde serão analisados a causa, natureza e extensão das avarias através de vistorias, registros policiais etc.
  • Acontecerá uma análise do evento para saber se ele está coberto ou não.
  • Depois de avaliar os dois itens acima acontece o pagamento da indenização ou acaba o processo sem indenização.

Como fazer um sinistro?

Cada seguradora pode ter o seu procedimento específico para abertura de sinistro, mas temos alguns pontos que são básicos para você realizar o processo. Tem operadoras de seguro que a abertura do sinistro pode ser feita através de telefone ou também pelo site oficial.

A primeira coisa que deve ser feita é comunicar o seguro do seu veículo o acontecimento. Lembrando, claro, que se você se envolver em algum acidente com vítimas, o ideal é primeiro prestar o socorro necessário e depois se preocupar com os outros passos com a seguradora.

Depois disso, você deverá fazer um boletim de ocorrência, que é obrigatório apenas no caso de roubo e furto. Mas este procedimento também é indicado quando o acidente envolve terceiros.

Lembrando que o sinistro só deve ser feito se você for acionar o seguro para realizar os danos no seu carro. Caso o estrago seja pequeno e não vale pagar a franquia, não será necessário comunicar o seguro do ocorrido.


Compartilhe nas redes sociais:
Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *