Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Carro a diesel, opção para escapar do preço da gasolina?

Em uma época de crise derivada das políticas de preços da Petrobrás, o diesel aparece como a opção de combustível mais barata. Mas será que essa seria uma alternativa viável para automóveis de passeio? Veja os prós e os contras.

Na semana do dia 8 de junho, o governo federal mantinha sua posição de adotar subsídios apenas para o óleo diesel, excluindo a possibilidade de a medida ser estendida a outros combustíveis, como gasolina, etanol e biodiesel.

Carro a diesel, opção para escapar do preço da gasolina?

Imagem: portaljipa

Segundo o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, os subsídios ficarão restritos ao óleo diesel, depois da greve dos caminhoneiros. Ele afirmou também que está sendo preparada consulta pública pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), que deverá obter informações para mudanças na periodicidade relativa a ajustes de preços de combustíveis. Subsídios para gasolina e demais combustíveis não estão sendo discutidos.

Segundo o órgão, mesmo com a concessão de subsídios para o preço do diesel, a situação fiscal do país melhorou em relação ao que era esperado há alguns meses. O governo, segundo Mansueto Almeida, tem instrumentos para bloquear mais despesas se for necessário e assegurar o cumprimento da meta fiscal deste ano, cujo limite foi estabelecido em R$ 159 bilhões.

Carro a diesel, opção para escapar do preço da gasolina?

Imagem: noticias.r7

O preço do diesel depois da greve dos caminhoneiros

O preço médio do diesel, depois do que foi conseguido pela greve dos caminhoneiros, passou ter um desconto de R$ 0,34. O preço na bomba, na primeira semana de junho era, em média, de R$ 3,482 o litro, segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). Na semana anterior, a última de maio, o preço era de R$ 3,828.

anterior, de 27 de maio a 2 de junho, quando ainda não havia acordo entre o governo federal e os caminhoneiros, o diesel custava R$ 3,828. Ao firmar acordo com os caminhoneiros, o governo federal previu redução de R$ 0,46 no preço do litro.

Carro a diesel, opção para escapar do preço da gasolina?

Imagem: Abastecimento em posto de gasolina na semana de greve.

O preço médio foi obtido pela ANP pesquisando em 2.855 postos de combustível de todo o Brasil. O menor valor praticado foi encontrado na Região Sul, de R$ 3,312 e o maior foi na Região Centro-Oeste, de R$ 3,695. No mesmo período, o preço médio do litro de gasolina passou a ser de R$ 4,603 e o etanol aumentou 0,98%, passando de R$ 2,953 para R$ 2,982.

Neste mês de junho, o preço do barril de petróleo é de U$ 75. Se o preço do barril no mercado mundial aumentar, muito provavelmente os atuais preços dos combustíveis brasileiros aumentarão ainda mais. Você deve estar se perguntando, será que possuir um veículo a diesel seria uma boa solução para enfrentar o aumento de preços dos combustíveis no Brasil?

Entretanto, há alguns fatores a serem considerados nessa opção, como preço, legislação brasileira, vantagens e desvantagens dos veículos a diesel.

1.   Carros a diesel são mais caros

Carro a diesel, opção para escapar do preço da gasolina?

Imagem: flatout

Nós não encontramos carros a diesel muito frequentemente no mercado brasileiro, como costuma acontecer em países da Europa, porque a legislação cria barreiras para que isso aconteça. Mas esse tipo de veículo é comum entre SUVs, picapes e alguns crossovers.

O carro a diesel consome menos combustível, é mais robusto e tem melhor desempenho, mas é mais caro que um equivalente com motor flex. O preço final também é afetado por um custo de produção maior, porque os componentes precisam ser mais robustos e com mais tecnologia. Seu custo de manutenção é também mais elevado.

Um carro a diesel costuma oferecer maior desempenho, menor consumo de combustível e maior robustez. Por outro lado, ele é bem mais caro que uma versão equivalente com motor flex e os custos também são mais elevados. A diferença de preço é motivada por diversos motivos, entre eles a margem de lucro dos fabricantes e a alta carga tributária no país, que incide sobre os preços.

Carro a diesel, opção para escapar do preço da gasolina?

Imagem: icarros

A procura por picapes a diesel tem sido maior que a dos outros modelos, o que faz com que os fabricantes aumentem o preço e sua margem de lucro. A demanda por parte dos consumidores, que se mostram dispostos a pagar a mais para levar um motor a diesel, exerce um importante efeito de mercado para aumentar o preço. No segmento de seminovos e usados, os modelos a diesel também costumam desvalorizar menos.

Uma comparação foi realizada, tomando como exemplo o Fiat Toro, que é o segundo mais vendido entre as picapes brasileiras. O modelo Volcano, com motor 2.4 flex, câmbio automático de 9 pontos e tração dianteira, custa R$ 115.690. A mesma versão, com o mesmo acabamento, tração nas quatro rodas, mas com o motor turbodiesel, tem o preço de R$ 142.990, isto é, a diferença é de R$ 27.300 a mais pelo modelo diesel.

2 – Autonomia

Carros médios a diesel que estão sendo produzidos na Europa demonstraram consumir um litro de diesel para 25 a 30 quilômetros. Carros pequenos rodam 100 quilômetros com menos de 3 litros de combustível. Um carro com tanque de 50 litros tem a probabilidade de fazer 1000 quilômetros sem abastecimento.

3 – Carga tributária

A carga tributária para um veículo com motor a diesel é maior. O IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) tem uma alíquota de 13% para carros a gasolina, subindo para 25% no caso dos carros com motores turbodiesel, até seis lugares.

4 – Manutenção

Para saber se comprar o modelo a diesel vale a pena, é preciso considerar a manutenção, o gasto de combustível, os demais gastos e a quilometragem. Se o proprietário roda muito em estradas difíceis, principalmente não pavimentadas, os modelos a diesel 4×4 podem ser uma boa opção. Outro fator é a necessidade de transportar cargas, além de passageiros e se a intenção é usar o veículo por muitos anos, confiando na durabilidade. Nesses casos, a versão a diesel compensa e pode ser a melhor escolha.

Carro a diesel, opção para escapar do preço da gasolina?

Imagem: amolgadelas

5 – Legislação brasileira sobre carros a diesel

No Brasil, a lei proíbe a comercialização de carros de passeio com motor a diesel. São muito poucos os países com essa restrição no mundo. Ela existe desde novembro de 1976, depois da primeira crise do petróleo quando o país precisava importar 78% dos combustíveis que eram consumidos. O Brasil já era então inteiramente dependente do petróleo para transporte de cargas e passageiros, depois que as ferrovias deram lugar às rodovias como principal forma de transporte.

Desde essa época, a lei permite que o diesel seja utilizado exclusivamente no transporte de cargas e no transporte coletivo de passageiros. Os veículos habilitados pela lei utilizar o diesel são os ônibus, caminhões e picapes, com carga útil superior a 1.000 kg. Também é permitido para utilitários com tração 4×4.

Mais recentemente, o projeto de lei 84/2015 tenta modificar essa restrição, liberando o uso do motor diesel, como acontece nos Estados Unidos e Europa. Entretanto, o projeto está ainda na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, desde 2017.

Carro a diesel, opção para escapar do preço da gasolina?

Imagem: g1.globo

6 – Poluente ou não poluente?

A fábrica Toyota anunciou em maio de 2018 que deixará de fabricar e vender carros a diesel na Europa e o combustível será totalmente eliminado dos seus automóveis de passageiros em 2018.

O motivo dessa decisão é o escândalo envolvendo a fraude sobre as emissões poluentes, causada pela Volkswagen em 2015. A fraude constatada aumentou muito o descrédito quanto à possibilidade de utilização da tecnologia diesel sem emissão de óxido de nitrogênio e outras partículas nocivas.

Durante alguns anos, os fabricantes de automóveis apostaram no diesel, desenvolvendo esforços para reduzir suas emissões de CO2, apoiados pelas autoridades governamentais. Mas o escândalo da Volkswagen foi um grande golpe nessa tendência. Cidades como Paris já anunciaram planos para proibir o diesel. Na Alemanha, os principais tribunais autorizaram as cidades a proibir os carros a diesel mais antigos de circularem nas ruas.

Além disso, a agência EPA, órgão de regulação ambiental dos EUA constatou que a Volkswagen AG instalou controles fraudulentos de emissão de poluentes, também nos carros a diesel da Porsche e Audi, nos modelos de 2014 a 2016, com motores 3.0. Depois disso, a investigação passou a ser ampliada também para essas marcas de luxo.

Leia mais artigos sobre:

17 Comentários

  • Francisco Ivan Alves Braúna says:

    Bom dia,

    Se o mercado fabricasse carros de passeio a diesel dentro da modernização atual e com isso a manutenção barata, sim optaria por carro a diesel.

    Att.

  • Carlos Cesario says:

    Boa noite,
    Reduzindo o valor dos veículos acho muito viável.

    Abraço.

  • Argemiro says:

    Boa tarde,

    Qualquer engenheiro que se preze deveria saber que motores diesel possuem eficiência energética maior. Os ecochatos deveriam estudar mais.

    Até logo

  • Edna Maria Adorno says:

    Olá, eu não preciso responder, pois tudo que queria dizer já disseram anteriormente. Sou completamente solícita com eles. O que for melhor para a natureza e para nós humanos.

    Até.

  • Lindolfo Würzler says:

    Olá,

    O Brasil deve liderar essa mudança de combustíveis fósseis para combustíveis não poluentes e deixar de ser manipulado pelos grandes interesses econômicos de empresas inescrupulosas.

    Sigamos os bons exemplos de países idôneos.

  • Carlos says:

    Oi,

    Sim, sempre tive vontade de comprar um carro à diesel, mas o preço é muito alto.
    A melhor opção do momento são veículo a GNV, elétrico etc. Gasolina e etanol já era, chega de injetar dinheiro nesta corja dos postos de combustíveis e outros.

    Att.,
    Carlos

  • Valdemir says:

    Boa tarde,

    O diesel deve ser usado só por caminhões e ônibus, os automóveis devem continuar flex e Gnv e também elétricos.

    Até logo.

  • Simone Lemes Sousa says:

    Olá,

    A lei em nosso país é lenta. Não preciso falar ou mesmo escrever, pois nada vai resolver.

    Grata.

  • Fábio José da Silva says:

    Bom dia,

    Sou contra o motor a diesel para automóveis de passeio, preço do carro maior e ainda no nosso país onde o preço do carro é um absurdo. Todas as vantagens que você tem com o carro à diesel você gasta na manutenção que é bem mais cara.

  • Jose Roberto says:

    Olá,

    No Brasil nunca teremos uma alternativa viável, quando inventarem um carro movido a sabugo de milho pode saber que o mercado de sabugos será monopolizado e custará caro! Tenho uma caminhonete diesel e os custos de manutenção e seguro anula qualquer vantagem em relação ao preço do combustível!

    Até mais.

  • Carlos Constantino says:

    Olá,

    O Brasil deve procurar saídas para atender o consumidor a se planejar com os aumentos de gasolina e procurar outra forma de baratear. Mas continuar a desenvolver tecnologia para que nossos carros possam rodar com combustível de qualidade. Veja nos termos reserva para que isso aconteça.

    É uma vergonha da Petrobrás e do governo repassar preço insuportável pelos consumidores e proprietários de carros à gasolina.

  • Angela says:

    Olá, já tive carro à diesel. Tem um custo bem elevado na compra e na manutenção. Mesmo as revisões na garantia já tem alto custo. Sou a favor de que se invista em motores elétricos. Diesel é altamente poluente.

    Att.

  • Lucian says:

    Boa noite,

    Todo mundo tem uma opinião sobre isso, mas na minha opinião, eu não trocaria meu carro gasolina ou etanol por um veículo elétrico, GNV ou diesel.
    Pra mim, diesel tem que ser apenas caminhões, caminhonete e ônibus.
    Minha opinião.

    Abraços

  • Ivan da Silva Ribeiro says:

    Bom dia, se lá na Europa e USA eles fraudaram, imagine aqui em país de pouco crédito nas autoridades e nos políticos.
    Por esse motivo, sou a favor da proibição, ou seja, que mantido como está.

    Grato.

  • Lindolfo Rogerio dos Santos says:

    Comentário já feito.

  • Lindolfo Rogerio dos Santos says:

    Bom dia,

    Gnv e motores elétricos. O diesel poderá ser uma alternativa para o momento em relação ao preço, mas solução (gnv ou motores elétricos).
    O meio ambiente agradece e o bolso também.
    Extinção à gasolina comum, gasolina aditivada mais barata.

    Até mais.

  • Ricardo says:

    Boa tarde,

    Faz tempo que carro a diesel era uma boa opção. Diesel subindo cada vez mais. Sem contar nos autos custos de manutenção. O carro a diesel pode até ser mais vantajoso no início. Mas retificar um motor a diesel sempre é mais caro que um motor a gasolina.
    Sem contar no auto valor do veículo.

    Att.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *