Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Descubra como as multas agem em seu seguro auto

Você tem algumas multas de trânsito e está preocupado se elas atrapalharão na contratação de um seguro auto? Acompanhe este artigo e descubra como as multas agem em seu seguro auto.

Muitas pessoas possuem dúvidas sobre as condições de aceitação do seguro auto ou de garantia da cobertura em relação às multas, estejam elas, pagas ou em aberto. Isso é normal, afinal, qual é o motorista que nunca recebeu uma multa?

Neste artigo, você entenderá melhor como funciona a contratação do seguro auto e a garantia de cobertura no caso de condutores que possuam multas pagas ou em aberto. Continue lendo e descubra como as multas agem em seu seguro auto.

Descubra como as multas agem em seu seguro auto

Contratação: como as multas agem em seu seguro auto

Se você tem uma ou mais multas vinculadas ao seu veículo e está querendo contratar um seguro auto, é preciso que saiba que elas poderão influenciar em duas questões neste processo, na aceitação da cobertura de seguro e na precificação da apólice do mesmo.

Vale dizer que não são todas as seguradoras que consideram as multas nestas situações, no entanto, a maior parte delas, considera. Veja a seguir como as multas agem em seu seguro auto no momento da contratação do serviço.

Como as multas agem na aceitação do seguro auto?

A maioria das seguradoras considera alguns aspectos importantes para a aceitação do veículo na cobertura do seguro auto. Entre eles, está a análise do chassi, consulta da placa, avaliação mecânica, elétrica e da lataria e, em alguns casos, a existência de multas.

Esses critérios são sempre estabelecidos individualmente por cada seguradora. Essa flexibilidade de regras acaba tornando algumas empresas mais rigorosas em seus processos de aceitação. Isso significa que, se você tiver muitas multas, é bem possível que a seguradora não aceite proteger seu veículo.

Como as multas agem na precificação do seguro auto?

Como mencionado, algumas seguradoras aceitam o fato de o motorista ter algumas, ou mesmo muitas, multas. No entanto, nestes casos, elas acabam entrando como fatores de risco na análise de perfil do condutor.

Ou seja, quanto mais multas o motorista tem, maiores são as chances dele se envolver em problemas ou sinistros. E, consequentemente, maior poderá ser o preço final da apólice de seguros dele.

Ou seja, quanto menos, ou nenhuma multa, você tiver, maiores serão as chances do seu carro conseguir uma boa cobertura ou mesmo, você pagar um valor menor na contratação do serviço.

Essas são as duas maneiras em que as multas agem no seguro auto no momento da contratação do serviço.

Garantia de cobertura: como as multas agem em seu seguro auto

Assim como as multas agem em seu seguro auto no momento da contratação, elas também podem influenciar na garantia de cobertura do seguro auto. No entanto, no caso da garantia de cobertura não existe a possibilidade de as multas influenciarem ou não.

Diferentemente do primeiro caso, quando o assunto é a garantia de cobertura não há variações, como regra para todas as seguradoras, elas sempre influenciaram neste quesito. Veja a seguir como elas podem influenciar em casos como sinistro de perda parcial, danos a terceiros e em casos de perda total.

Como as multas agem em casos de sinistro de perda parcial?

Os sinistros de perda parcial são aqueles acidentes onde o veículo sofre um dano menor do que 75% do valor de compra venal do mesmo modelo. Nestes casos, é preciso que ao acionar o seguro, o segurado pague uma franquia para que o reparo seja feito.

Nestes casos, se você tiver apenas multas pequenas, não há com o que se preocupar, pois, elas não influenciaram na aceitação da realização de reparos do seu veículo. Mas, se estivermos falando de multas altas, que possam gerar a apreensão do veículo, a situação será outra.

Esses casos mais graves de multas, o veículo não poderia circular, então é possível que a seguradora se negue a cobrir os reparos necessários. Tudo dependerá da análise da seguradora para que a mesma se certifique que não estava infringindo nenhuma regra de trânsito ao conduzir o veículo com multas altas.

Como as multas agem em casos de sinistro de danos a terceiros?

No caso de sinistros que envolvam danos a terceiros, a mesma regra citada acima é considerada. Ou seja, se você possui apenas contas pequenas, não se preocupe com a garantia da cobertura do seguro. No entanto, se elas forem mais sérias, será preciso contar com uma análise da seguradora para receber a indenização necessária.

Como as multas agem em casos de sinistro de perda total?

Os sinistros de perda total são aqueles em que o veículo sofre danos com valor de reparo igual ou superior a 75% do valor venal de compra do mesmo. Nestes casos, o segurado não precisa pagar nenhuma franquia para receber a indenização que, geralmente, é o valor de compra atual do veículo de acordo com a tabela FIPE.

Os sinistros de perda total podem acontecer em decorrência de uma colisão grave, incêndio, ou em casos de furto, ou roubo onde o veículo não é recuperado. Quando ele ocorre, a seguradora paga ao segurado a indenização integral que pode ser de acordo com a tabela de mercado ou um valor fixo estipulado previamente em contrato. Como se ela estivesse comprando o veículo sucateado.

Como esse processo de indenização funciona como um trâmite de compra e venda é preciso que todas as pendências do veículo estejam quitadas. Isso inclui documentação, financiamentos e multas.

Se você sofrer um sinistro de perda total e seu veículo estiver com multas em aberto é possível que a seguradora ofereça dois caminhos para a resolução dessa questão. A primeira opção é que o segurado quite as dívidas em aberto do veículo para que receba a indenização integral. A segunda é que a seguradora quite todos os débitos do veículo e desconte esse valor na indenização.

Fique atento, pois é preciso que essa condição esteja discriminada na apólice de seguros de maneira clara. Normalmente, a seguradora especifica essa condição na parte de “condições gerais do seguro auto”.

Agora que você conhece todas as maneiras como as multas agem em seu seguro auto, ficará muito mais fácil entender todos os processos de contratação ou garantia de cobertura do seu seguro, sempre considerando as condições da seguradora.

Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *