Seta Balao

Simule o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

O que é um carro sinistrado e quais cuidados tomar

Você deve saber a importância de ter cuidado ao comprar um carro direto do proprietário, pois, ele pode ser sinistrado. Neste artigo, falaremos mais sobre esse assunto, explicando o que é um carro sinistrado e quais cuidados tomar.

A compra de carros usados está se tornando um hábito cada vez mais comum em todo o país.

Para se ter uma ideia, segundo um relatório sobre os dados do mercado promovido pela Fenabrave, apenas no mês de setembro de 2019, 809.936 veículos de passeio usados foram comercializados.

Isso mostra um crescimento em relação com o mesmo período do ano passado de 7,59%.

Quando esse número é somado as demais categorias de veículos usados comercializados no mesmo período dá um total de 1.243.254 veículos vendidos em todo o território nacional apenas no mês de setembro de 2019.

Isso mostra que a compra de veículos seminovos e usados é realmente um bom negócio, no entanto, é fundamental estar atento a detalhes importantes sobre o veículo antes de fechar um negócio.

Existem alguns riscos ao se comprar um carro usado e um deles é que o carro seja sinistrado.

O que é um carro sinistrado e quais cuidados tomar

Imagem: Getty Images

O que é um carro sinistrado?

Antes de explicar quais cuidados tomar para não comprar um carro sinistrado, vale a pena explicar o que ele é.

Para isso é preciso falar sobre o que é um sinistro primeiro.

Sinistro é o nome dado para um acidente na linguagem do seguro.

Logo, um carro sinistrado nada mais é do que um veículo que sofreu algum tipo de acidente ou danos e o seguro foi acionado para repará-lo.

Quais são os tipos de sinistro em um seguro auto?

Existem dois tipos de sinistros em um seguro auto o parcial e o integral.

Eles são caracterizados de acordo com o grau dos danos causados ao veículo.

Logo, quando ocorrer algum acidente/sinistro e a seguradora é acionada, o segurado poderá ser indenizado de forma parcial ou integral.

Sinistro parcial – um acidente é considerado como sinistro parcial quando os danos necessitam de reparos cujo valor não ultrapasse 75% do preço de compra do automóvel de acordo com a tabela FIPE.

Neste caso, para que a seguradora arque com o valor do reparo do veículo, será preciso que o segurado pague a franquia.

Feito isso, ele só precisará esperar que o veículo seja consertado e devolvido a ele.

Sinistro integral – já o sinistro integral é caracterizado quando em um acidente o veículo sofre danos cujo valor do reparo é igual ou maior que 75% do valor de compra do carro, ou nos casos de roubo ou furto em que o veículo não é recuperado em um período de 30 dias.

Neste caso, o segurado não precisa pagar a franquia e a seguradora deverá realizar uma indenização em dinheiro de acordo com o valor de mercado do veículo segundo a tabela FIPE.

Como saber se um veículo é sinistrado?

Para saber se um veículo é sinistrado ou não, basta estar atento a documentação do veículo.

No geral, ela permanece a mesma, com uma única diferença que, nos casos de veículos sinistrados, essa informação deve constar na parte inferior do documento do veículo, como “Sinistro/Recuperação”.

Em algumas regiões do país é possível descobrir se um veículo é sinistrado ou não também através da internet.

O site do Detran do Paraná e do Distrito Federal já oferecem este serviço.

Basta ter a placa do carro e o número do chassi para fazer consulta.

É importante que você saiba que não tem como tirar um sinistro do documento do veículo.

O DETRAN obriga que esta informação conste em todos os veículos circulantes no país.

Além dessa obrigatoriedade, existe também uma exigência de que o carro sinistrado deve passar por vistoria em um posto do INMETRO.

É permitido vender o carro sinistrado?

Apesar de muitas pessoas acharem que é ilegal vender um carro sinistrado, isto não é verdade.

Não é permitido omitir esta informação.

Alguns revendedores costumam dar golpes e revender carros como se não fossem sinistrados, por isso, é essencial estar sempre de olho nesse detalhe.

Afinal, um veículo sinistrado pode apresentar uma série de problemas, principalmente quando o sinistro promoveu algum dano ou comprometimento no motor ou na parte mecânica, de um modo geral, do veículo.

Outro detalhe importante a ser mencionado é que o valor de mercado de um veículo sinistrado costuma ser de no mínimo 30% ou 40% menor que o valor de mercado comum encontrado facilmente através da tabela FIPE.

Essa porcentagem de desvalorização dependerá diretamente do grau de sinistro pelo qual o veículo passou.

Este pode ser de pequena, média ou grande monta.

Ou seja, respectivamente eles podem ser de fácil, médio ou difícil reparo.

É um risco comprar um carro sinistrado? Quais cuidados devo tomar?

A vantagem de se comprar um carro sinistrado é o preço de mercado dele pode ser consideravelmente menor.

No entanto, é importante que o comprador saiba que este será um veículo mais propenso a apresentar problemas mecânicos.

O grande problema é na hora de contratar um seguro.

O valor será bem mais alto e será bem difícil encontrar uma seguradora que aceite fechar contrato.

No final das contas, o barato pode sair caro.

Pense bem os prós e os contras na hora de comprar um carro sinistrado.

Lembre-se de verificar os documentos na compra de um carro usado e não se esqueça de contratar um seguro após a aquisição.

Aproveite e faça uma cotação sem compromisso.

Leia mais artigos sobre:
Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV e atualmente cursa Gestão de Seguros. Possui mais de 2.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *