Seta Balao

Simule o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Seguro auto internacional

Você está programando uma viagem para o exterior, mas não sabe muito bem como funciona o seguro auto para viagens? Então, acompanhe este artigo e tire todas as suas dúvidas sobre esse assunto.

Existem muitos tipos de seguros que podem ser úteis em diferentes situações.

Seguro de vida, residencial e de viagem são alguns exemplos.

Se você está planejando fazer uma viagem ao exterior é interessante que você conte com uma cobertura de seguro viagem.

Ele servirá para te proteger em diversos momentos durante sua viagem.

No entanto, se sua viagem for de carro, além de contar com ele, é fundamental que você tenha um seguro auto internacional para viagens.

Além de ser obrigatório, o seguro auto internacional pode ser essencial durante sua viagem, caso você tenha algum tipo de problema com o veículo.

Acompanhe este artigo e entenda melhor como esse seguro funciona, quais são suas vantagens e porque ele é obrigatório.

Seguro auto internacional

Fonte: Pixabay

O que é o seguro auto internacional?

O seguro auto internacional é uma cobertura de seguro obrigatória para todos os veículos que pretendem viajar pelos países do continente.

Ele tem praticamente a mesma função do DPVAT aqui no Brasil, ou seja, tem como objetivo indenizar vítimas de acidentes causados pelo motorista.

Porém, o DPVAT não é válido fora do Brasil, e nem todas as seguradoras oferecem esse tipo de cobertura em seus pacotes mais completos.

A maioria delas trabalha apenas com uma cobertura adicional do seguro auto internacional, que pode ser contratada separadamente.

Quando falamos de viagens internacionais para os países que compõem o Mercosul, Argentina, Uruguai e Paraguai, o seguro auto internacional obrigatório é conhecido como Carta Verde.

Mas, apesar de ter um nome específico ele possui a mesma cobertura que os demais seguros desse tipo.

Este tipo de seguro cobre danos materiais e pessoais causados a terceiros que não estão no veículo do segurado.

A indenização mínima estabelecida para danos pessoais é de US$ 40.000 por pessoa, até o limite de US$ 200.000, enquanto para danos materiais é de US$ 20.000, limitado a US$ 40.000.

SOAT (Equador, Peru e Colômbia)

Já para quem vai, para outros países, como o Equador, Colômbia e Peru, por exemplo, devem contratar o Seguro Obrigatório contra Acidentes de Trânsito (SOAT), que é exclusivo desses países.

O SOAT, além de proteger contra problemas que ocorram com o próprio segurado, ainda protege contra danos a terceiros, atuando em casos de danos físicos e também nos casos de morte, seja do próprio motorista, como também dos passageiros e pedestres.

Dessa forma, todos os envolvidos em um possível acidente, que ocorra dentro dos limites desses países, estão cobertos pelo SOAT.

Essa cobertura é bastante ampla no caso de danos físicos, já que inclui o pagamento de despesas médicas, custos com ambulância (que em alguns países é pago separado pelo paciente), e ainda eventualmente pode pagar algumas indenizações.

Porém, apesar de ser bastante completo contra danos a pessoas, o SOAT não cobre nenhum dano material.

Ou seja, qualquer problema que o carro tiver, deixará o motorista desamparado.

SOAPEX (Chile)

Como deu para perceber, cada país da América Latina possui um tipo de seguro obrigatório, o que requer bastante atenção do motorista antes de começar a viagem.

No Chile ocorre o mesmo.

O Seguro Obrigatório para Veículos de Matrícula Estrangeira (SOAPEX) é outra modalidade de seguro exigida dentro da América Latina, sendo que nesse caso, trata-se de um seguro obrigatório para quem quer trafegar pelo Chile com um veículo que possua placas de outro país.

Ele é bastante parecido com o SOAT, porém, possui uma cobertura um pouco menor.

No caso do SOAPEX, estão cobertos casos de morte, despesas médicas dos envolvidos no acidente, e invalidez permanente (total ou parcial).

Esses casos podem receber uma indenização do seguro.

Outros países

Ainda dentro da América Latina, temos a Bolívia, que pode facilmente ser frequentada de carro por brasileiros que desejarem fazer esse tipo de viagem.

A Bolívia, no entanto, não requer nenhum tipo de seguro para dirigir por lá.

No caso de outros países, principalmente fora da América Latina, é importante consultar a legislação e determinação de cada local antes de começar a viagem, para não ser pego de surpresa.

Como funciona o seguro auto internacional

Quem deseja viajar para outros países sem ter que depender do transporte público ou de táxis, pode optar por ir com seu próprio carro ou alugar um no destino.

Porém, para que a pessoa possa dirigir em outros países, em alguns casos é preciso que, além dela contar com uma permissão específica, chamada PID – Permissão Internacional para Dirigir, ela ainda tenha um seguro auto internacional.

O seguro auto internacional pode ser contratado juntamente com uma cobertura de seguro comum, ou separadamente.

Existem muitas seguradoras que oferecem esse serviço, por isso, não esqueça de pesquisar com atenção todas as possibilidades.

A vigência deste seguro pode ser definida de acordo com o período da viagem.

Ou seja, se você pretende passar um mês no país, sua apólice pode ter vigência de 30 dias.

Mas se o plano forem apenas 15 dias, você poderá contratar o seguro por apenas duas semanas.

Vale dizer que o período máximo de contrato para esse seguro é de um ano.

Logo, se sua viagem se estender por mais tempo que 12 meses, será preciso que você renove o seguro auto internacional.

Para quem o seguro auto internacional é indicado

O seguro auto internacional, ou Carta Verde, como é conhecido quando falamos dos países do Mercosul é indicado para as pessoas que moram em cidades ou Estados que façam divisa com outros países e tenham a intenção de visitar esses locais com frequência.

Além dessas pessoas, qualquer motorista que pretenda viajar para outro país e deseje fazer isso com seu próprio carro ou esteja planejando usar um carro alugado como meio de transporte, deve contar com esse seguro.

Vantagens do seguro auto internacional

Para quem vai viajar e quer evitar problemas, ter um seguro auto internacional pode promover diversos benefícios, como:

  • Atendimento em caso de sinistro;
  • Tranquilidade financeira;
  • Cobertura de danos a terceiros, tanto materiais como físicos;
  • Cobertura para diversas situações como roubo e colisões;
  • Mais tranquilidade para viajar, pois com o seguro, tanto o motorista e os passageiros, quanto o carro estão seguros.

Como contratar um seguro auto internacional

Tanto o seguro auto internacional como a PID devem ser providenciados antes da viagem acontecer.

Isso porque a permissão internacional para dirigir pode levar até 30 dias para ficar pronta e o seguro, precisa ser cotado em diferentes seguradoras para que a melhor cobertura com o preço mais justo seja encontrada.

É interessante que você conte com o auxílio de um corretor para fazer essa cotação, pois, esse profissional lhe ajudará a definir todos os detalhes e coberturas mais importantes para seu caso.

Além de auxiliar também na realização das cotações.

Algumas seguradoras trabalham com valores pré-estipulados para cada destino e, vale mencionar que sempre podem ocorrer alterações no preço de acordo com o veículo e o perfil do motorista.

No entanto, a maior parte das empresas de seguro está aberta a negociação e, dependendo do destino e do período da viagem, é possível que você consiga preços bem acessíveis.

Para quem já possui um seguro, é possível solicitar a Extensão de Perímetro, juntamente com seu corretor ou seguradora.

Nesse caso, a Extensão de Perímetro normalmente possui as mesmas coberturas contratadas no seguro tradicional.

Ou seja, casos de roubo, furto, colisão e incêndio normalmente estão cobertos por essa extensão.

Caso a cobertura tradicional não abranja muitos eventos, pode ser negociado a contratação de novas coberturas para a extensão, como proteção para vidros e danos para terceiros, por exemplo.

Também vale a pena informar-se na seguradora quanto a extensão da assistência que é oferecido por algumas empresas.

Nesses casos, os segurados podem contar com o serviço de assistência (que normalmente já é oferecido nos seguros tradicionais), sem cobrança adicional.

Ele normalmente é oferecido nos países do Mercosul e Chile.

Alguns exemplos de serviços que podem ser utilizados nesse pacote é: o transporte do veículo até uma oficina local para a realização de um conserto e estadia e transporte das pessoas seguradas enquanto o veículo não pode ser utilizado, além de troca de pneus e socorro no caso de pane seca.

Esse serviço também pode ser bastante útil para o viajante, afinal, ninguém gosta de ficar a mercê em um país desconhecido.

Por isso, pergunte sobre esse serviço gratuito ao seu corretor e não deixe de adquiri-lo.

Contudo, é preciso ter atenção na hora de contratar uma Extensão de Perímetro, pois ela possui prazo de início e fim, e depois que ela acaba, o seguro volta a valer normalmente (apenas no território brasileiro).

Essas datas precisam estar bem expressas na apólice, e dentro do cronograma da viagem, para que não aconteça de o seguro perder o vigor antes da viagem.

Se isso acontecer, pode trazer problemas para o motorista.

Por isso, contar com um corretor de confiança é importante.

Cuidados com o seguro durante a viagem

A apólice vale como um comprovante da contratação do seguro e deve ser mantida junto com o segurado durante toda a viagem.

Assim, também é importante manter o contato da seguradora sempre a mão para entrar em contato com a empresa no caso de qualquer imprevisto.

Por isso, uma dica é anotar o número da seguradora em um papel e manter sempre dentro do carro ou na carteira, ou então, armazenar no celular.

O contato com a seguradora é imprescindível, pois são eles quem poderão dar um auxílio no caso de um sinistro.

Agora que você sabe que além de obrigatório, o seguro auto internacional pode ser muito vantajoso para você em uma viagem de carro, não perca mais tempo, procure o quanto antes um corretor e peça ajuda para encontrar a melhor cobertura para sua viagem.

Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV e atualmente cursa Gestão de Seguros. Possui mais de 2.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

18 Comentários

  • Anilton says:

    Olá,

    Estou fora do Brasil e preciso de um seguro de viagem para automóvel, para poder rodar nas rodovias daqui e voltar ao país.
    Isso é possível?

    Obrigado

  • Guillermo Sanchez says:

    Bom dia,

    Vivo en dos países Mexico y Estados Unidos, puedo tener seguro de mi auto en estos paises?

    Obrigado.

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Guillermo,

      Obrigada por comentar no SeguroAuto,
      Fazemos cotações de seguro apenas para dentro do Brasil.

      Atenciosamente.

  • Jose Rossato says:

    Boa tarde,
    Sou morador da Austrália, tenho carteira profissional Australiana, aqui no Brasil tenho carro, Ford Escort ano 2000, estou planejando viajar para o Uruguai e também Argentina com o carro, preciso seguro para esses países. Tenho data de saída desde onde Moro atualmente até Montevideo em primeira instância e logo chegar a Buenos Aires e retornar, em total ficarei no exterior 20 dias.
    Meu endereço aqui é em Imbituba Sc.

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Jose,

      Obrigada por comentar no SeguroAuto,
      Fazemos cotação de seguro auto apenas para dentro do Brasil.
      Para fazer uma cotação ou renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link https://www.seguroauto.org/cote/ para que um corretor parceiro entre em contato com você.

      Atenciosamente.

  • Ballarini says:

    Oi,
    Quero viajar para Guiana Francesa. Tem as mesmas regras europeias. Qual seguradora me recomenda? Ou 96 9991XXXXX.

    Obrigado

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Ballarini,

      Obrigada por comentar no SeguroAuto,
      Para fazer uma cotação ou renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link https://www.seguroauto.org/cote/ para que um corretor parceiro entre em contato com você.

      Atenciosamente.

  • Markus Fernando Kenzler says:

    Olá,

    Pretendo viajar com o meu carro para Argentina e Chile, o meu carro está segurado no Brasil, mas a minha seguradora não faz a extensão internacional. Como eu poderia contratar um seguro para acidentes e roubo do meu veículo para o período da viagem?

    Obrigado

  • Agostinho Anderson Souza says:

    Olá!
    Gostaria de saber se é possível um seguro auto internacional para viagens longas partindo do Brasil até Estados Unidos e quais as obrigatoriedades de contratações, bem como suas coberturas?
    Abraço

    • Sanaira Silveira says:

      Boa noite Agostinho,

      Obrigada por comentar no seguroauto.org,
      Caso você tenha interesse em fazer uma cotação de seguro, entre em nosso site e preencha o formulário para que um de nossos corretores entre em contato com você e tire todas as suas dúvidas.

      Abraço

  • Marcel Calvet Guariglia says:

    Olá, boa tarde,

    Gostaria de orçar seguro auto para outros países.
    Com quem ou qual contato poderia falar?

    Obrigado.

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Marcel,

      Obrigada por comentar no seguroauto.org,
      Para fazer uma cotação de seguro, entre em nosso site e preencha o formulário para que um de nossos corretores entre em contato com você.

      Abraço

  • Alecio Boiadeiro Ayres Negrão says:

    Boa tarde, preciso fazer um seguro internacional que cubra toda a América do Sul, vou fazer uma viagem de uns 60 dias e queria fazer esse seguro para meu veículo Pajero Full 2014, pode cotar com início dia 03/12/2016 e fim 03/03/16.

    Obrigado

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Alecio,

      Obrigada por comentar no seguroauto.org,
      Para fazer uma cotação de seguro, entre em nosso site e preencha o formulário para que um de nossos corretores entre em contato com você.

      Abraço

  • Gabriel says:

    Boa tarde,

    Preciso cotar um seguro para rodar com carro aqui na Irlanda.
    A CNH brasileira é válida e só precisaria do seguro.

    Agradeço qualquer ajuda,
    Gabriel

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Gabriel,

      Agradecemos seu comentário no seguroauto.org,
      Faça a cotação preenchendo o formulário em nosso site para que um de nossos corretores entre em contato com você.

      Abraço

  • Claudio says:

    Olá!

    Gostaria de saber, se é possível fazer o seguro para um carro comprado provisoriamente em outro país, no caso a Irlanda. O carro será utilizado durante minha passagem pelo país. Gostaria de frisar que necessito apenas de cobertura de danos à terceiros.
    Quanto a habilitação, na Irlanda, a brasileira é válida, ainda assim é necessário a PID?

    Obrigado.

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Claudio,

      Obrigada por comentar no seguroauto.org,
      Entre em nosso site e preencha o formulário para que um de nossos corretores entre em contato com você e tire suas dúvidas.

      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *