Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Seguro pode cobrar mais de uma franquia do segurado?

Descubra aqui se o seguro pode cobrar mais de uma franquia do segurado e tire suas dúvidas sobre o assunto.

Muitas vezes, as pessoas sofrem mais com um sinistro e, quando acionam a seguradora contratada, se deparam com mais de uma cobrança de franquia, sem saber se isso é permitido.

Se você, assim como grande parte das pessoas, tem dúvidas sobre esse tipo de cobrança realizada pelas seguradoras. Acompanhe esse artigo e descubra se o seguro pode cobrar mais de uma franquia do segurado.

Seguro pode cobrar mais de uma franquia do segurado?

Entenda o funcionamento da franquia do segurado

Para que você entenda plenamente se o seguro pode cobrar mais de uma franquia do segurado, é preciso que você entenda como as franquias funcionam. Primeiro é importante dizer que a franquia é cobrada, apenas em casos de perda parcial.

Ou seja, quando acontecem sinistros ou acidentes, em que as perdas materiais, somem um valor menor que 75% do valor do carro, de acordo com a tabela FIPE, ou de acordo com o valor determinado em apólice, isso dependerá do seu contrato.

Em casos de danos iguais ou maiores a 75% do valor do carro, a perda é considerada total, e a indenização é integral, sem a cobrança de franquia.

Como as franquias são cobradas?

A franquia é chamada pelas seguradoras de ‘POS’ (participação obrigatória do segurado), e é cobrada sempre que o seguro é acionado e a perda não é total. Cabe ao segurado pagar o valor da franquia, e a seguradora cobrir a diferença da perda.

E como regra geral, sim, o seguro pode cobrar mais de uma franquia do segurado. Já que as franquias são cobradas por cada sinistro isolado. O que significa que se você bater o carro em fevereiro, e de novo em abril, você pagará duas franquias. Uma para cada batida, uma para cada vez que você acionar o seguro.

As cláusulas atuais de contratos dos seguros, garantem que a franquia seja cobrada por eventos independentes. O que significa que determina a cobrança da franquia não está relacionado com a quantidade de colisões ou sinistros, mas sim a origem de cada um deles.

Mesmo que coincidam, das colisões acontecerem no mesmo dia, se elas tiverem acontecido por motivos diferentes, serão cobradas duas franquias, uma para cada situação.

E se você for a vítima do sinistro?

Mesmo que você seja a vítima do sinistro, ou seja, que outra pessoa tenha batido no seu carro. Quando você acionar o seu seguro, terá que pagar a franquia, e mesmo nesses casos, o seguro pode cobrar mais de uma franquia do segurado.

O que difere nessas situações, é que tanto você, quanto a seguradora poderá cobrar o ressarcimento do valor pago pela franquia e o conserto do carro, do causador do acidente.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

Leia mais artigos sobre:

1 comentário

  • José Norberto de Medeiros says:

    Oi,

    Tive uma síncope dirigindo, devido a uma hipoglicemia.
    Bati de frente em duas motos e um táxi e no momento em que quebravam o vidro do meu para-brisa, acionei inconscientemente o câmbio automático do meu carro, dando ré e batendo também em um poste com a traseira do carro.
    Uma ciclista presenciou de perto todo percurso que realizei, dizendo que eu estava inconsciente, com as mãos trêmulas, olhar fixo para o nada, manobras involuntárias e a velocidade do carro era muito pequena.
    Procede a Seguradora exigir que eu pague duas franquias ? Uma para a batida de frente e outra para a batida de ré ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *