Seta Balao

Simule o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

8 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados que você deve saber

Procurando um seguro para seu carro modificado, mas não sabe como ele funciona? Veja as respostas para 8 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados que você deve saber!

Muitas pessoas com deficiência precisam de carros especiais, mas possuem diversas dúvidas em relação a contratação do seguro para carros adaptados.

Se você se encaixa nesse perfil, acompanhe esse artigo e descubra quais são as 8 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados que você deve saber!

6 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados que você deve saber

Imagem: Getty Images

1 – Uma pessoa cadeirante pode contratar um seguro para carros adaptados?

Sim, pode! Assim como qualquer outra categoria de motorista, os cadeirantes que possuem carros adaptados também podem contratar um seguro para esse tipo de veículo.

Com coberturas e benefícios iguais aos demais clientes.

2 – Qual a principal diferença entre um seguro de carro normal e seguro para carros adaptados?

No geral, a principal diferença na contratação do seguro para carros adaptados é a necessidade de informar no momento do preenchimento do perfil do cliente, que o veículo é adaptado.

Essa questão se faz necessária, porque esses veículos possuem isenção no momento da compra.

O que faz com que o valor do carro diminua por volta de 30%.

3 – Há diferença entre o valor do seguro de carros comuns para o valor do seguro para carros adaptados?

O valor do seguro para carros adaptados é semelhante ao seguro para os demais carros.

Isso porque, o risco para a seguradora é o mesmo em ambos os casos.

E ainda, a isenção de impostos presentes no momento da compra, não se aplicam a contratação de seguros.

A isenção pode alterar o valor do seguro do carro apenas em algumas seguradoras, que consideram o valor desses carros mais baixos, devido a ausência dos impostos.

4 – Como proceder com o preenchimento dos dados do carro?

Assim como em qualquer contratação de um seguro, serão exigidos diversos documentos do veículo.

Por isso, é importante que o cliente tenha todos eles em mãos no momento da contratação do seu seguro para carros adaptados.

Isso inclui documentos como: comprovantes de necessidades especiais (laudo médico afirmando a deficiência física), documentação do veículo, documento que autorize as adaptações veiculares e todos os demais referentes ao carro.

Geralmente não é necessário que o proprietário especifique o tipo de deficiência a qual o carro está adaptado.

5 – Como funciona a cobertura para equipamentos diferenciados?

A grande maioria das empresas de seguro oferece uma cobertura específica para equipamentos instalados no veículo adaptado.

Basta informar no momento da contratação, a existência desses equipamentos e quais são eles.

O valor dessa cobertura entra como um adicional no valor do seguro.

Algumas seguradoras também oferecem, como um bônus, um seguro que cubra equipamentos deixados no interior do veículo, como cadeiras de rodas, bengalas e muletas, por exemplo.

6 – E a indenização em caso de perda total do seguro para carros adaptados, como funciona?

Pessoas que possuem necessidades especiais como limitações físicas ou mentais, sendo essas auditivas, de visão ou condições de autismo, por exemplo, possuem por lei direito garantido a isenção de impostos como ICMS e IPI.

E infelizmente, como essa isenção interfere no valor de compra do veículo, também afeta o valor de indenização em caso de perda total.

Além disso, os carros adaptados possuem um limite de porcentagem nas coberturas indenizatórias, diferentemente dos carros sem adaptações, que são ressarcidos com o valor integral de acordo com a tabela FIPE.

No entanto, existe a possibilidade de se conseguir indenização de 100% da Tabela Fipe, sem o desconto desses impostos.

Para tal, é preciso apenas que o dono do carro dê baixa na isenção.

Ou então, é possível contratar um seguro que ofereça uma indenização de até 130% da Fipe.

7 – E se o veículo sofrer perda total fora do prazo do seguro?

As pessoas que são portadoras de necessidades especiais contam com o direito de isenção de impostos veiculares como ICMS e IPI, de três em três anos.

A grande questão é que, caso o veículo sofra perda total durante esse período de isenção, é possível que o motorista precise recorrer às vias legais para garantir sua indenização, ou então, opte por um veículo inferior ao que possuía.

No entanto, vale ressaltar que não há garantias de que a isenção será dada novamente, mesmo em vias legais, já que as sentenças variam muito de acordo com cada caso.

Para se proteger dessa situação, o cliente pode optar por contratar uma cobertura de despesas extras no momento da adesão do seguro.

Essa cobertura, em caso de perda total, garantirá um valor a mais, que ajudará a repor o carro.

8- Carro reserva adaptado

A necessidade de um carro reserva que seja adaptado pode ser um problema para algumas pessoas com deficiência que sofram algum sinistro.

Isso porque, apesar de ser obrigatório por lei que 5% da frota de carros reservas seja composta por veículos adaptados, na prática isso não se confirma.

Nesse caso, algumas seguradoras oferecem táxi, com limites para o número de dias, acionamentos por dia e reembolso.

Também há empresas que não ofertam carro extra, para o caso de algum conserto, já que isso normalmente não está incluso no seguro.

É preciso atentar-se para esses pequenos detalhes no momento da contratação de um seguro para carros adaptados, já que eles podem agravar os imprevistos.

Agora que já conheceu as 8 dúvidas sobre o seguro para carros adaptados, entre em contato com o corretor de seguros de sua confiança e faça uma cotação!

Leia mais artigos sobre:
Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV e atualmente cursa Gestão de Seguros. Possui mais de 2.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *