Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Como funciona a indenização integral para terceiros no seguro auto

Compartilhe nas redes sociais:

Você foi vítima em um acidentou ou causou uma colisão e está com dúvidas sobre como funciona a indenização integral para terceiros no seguro auto? Leia o texto abaixo com atenção para resolver este problema.

 É impossível prever quando um acidente vai acontecer. Só em São Paulo por exemplo, a média de acidentes com vítimas fatais é de 15 pessoas por dia. Para que isto não aconteça com você é importante trafegar com cautela e atenção.

Mesmo que você respeite as leis de trânsito, sempre existem maus condutores e é importante saber quais os seus direitos e o que fazer em caso de uma colisão ou outro acidente.

Entenda a indenização integral para terceiros no seguro auto

Na contratação de um seguro para carros, não existem cláusulas para estipular qual valor a seguradora deve usar para indenização integral para terceiros.

No caso do veículo segurado, o valor é sempre referenciado pela tabela Fipe (tabela que expressa o preço médio dos veículos) e a indenização depende da cobertura contratada. No caso de terceiros, não existe uma regra.

Quando é feita a indenização integral para terceiros?

A indenização integral para o segurado é feita em caso de perda total (ou seja, reparo maior que 75% do valor do carro na tabela FIPE), roubo, furto ou incêndio. No caso de terceiros, a indenização ocorrerá no caso de colisão com perda total do veículo.

Lembrando que as vítimas de trânsito também tem direito ao seguro obrigatório DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) que cobre morte, invalidez e despesas médicas.

O que acontece em caso de colisão?

Por não existir uma regra fixa, o melhor caminho é a conversa, a seguradora precisa tentar uma negociação e chedar a um acordo bom para ambos.

Geralmente a seguradora indica primeiramente utilizar a tabela FIPE como base, às vezes ela faz uma pesquisa de valores na região de residência do terceiro e apresenta um valor médio.

O terceiro por sua vez pode realizar também uma pesquisa e apresentar para a seguradora. O ideal é apresentar ao menos três orçamentos como contra proposta.

Caso as partes não cheguem a um acordo, será necessário levar a questão para a justiça e resolver por lá.

Dica importante!

 Não existe pagamento de franquia para terceiros e quem causou o acidente não pode repassar a franquia contratada para a vítima, nem parcial ou integralmente. A franquia só é acionada para reparo do veículo do contratado.

 Agora que as dúvidas acerca da indenização integral para terceiros foram sanadas, faça sua cotação e não tenha problemas em caso de sinistro.


Compartilhe nas redes sociais:
Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *