Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

O que é uma proposta de seguro?

Entre todas as dúvidas existentes no mundo dos seguros, a proposta de seguro é uma que pode trazer mais confusões. Acompanhe esse artigo e entenda melhor esse assunto, descobrindo como essa proposta funciona.

A linguagem usada no mundo dos seguros sempre causa dúvida nas pessoas que estão tendo um primeiro, ou mesmo segundo, contato com ele. Termos como franquia, sinistro e proposta de seguro, são as mais comuns e que mais causam estranhamento.

Para que você possa entender melhor o termo ‘proposta de seguro’, preparamos este artigo explicando de maneira mais simples o que é e como ele funciona. Acompanhe e entenda melhor.

O que é uma proposta de seguro?

O que a proposta de seguro?

A proposta de seguro é um documento elaborado pelo corretor de seguro juntamente com a pessoa interessada em contratar o seguro auto. Neste documento deve conter todas as informações necessárias sobre a cobertura que o cliente deseja contratar além claro, dos seus dados pessoais e informações sobre sua rotina e condições do veículo.

Detalhes como motoristas adicionais, histórico de sinistros e cópias da documentação necessária para a análise da proposta. É fundamental que todas as informações contidas na proposta de seguro estejam 100% de acordo com a realidade.

Por isso, assim que a proposta estiver pronta, leia atentamente e confirme se todos os dados passados por você, estão corretos e se a cobertura desejada está de acordo com o conversado com seu corretor. É muito importante que essa verificação seja feita antes da assinatura da proposta. Pois, assim que o documento for assinado, você estará concordando com tudo o que está descrito nele.

O que acontece depois que a proposta de seguro é assinada?

Depois de assinada, a proposta de seguro deve ser entregue a seguradora. Está por sua vez, terá a partir do momento do recebimento deste documento, um prazo de 15 dias para analisar os riscos de aceitar a proposta do cliente.

Caso a seguradora ache necessário, poderá solicitar documentos complementários para se certificar da veracidade das informações encontradas na proposta de seguro. Quando o pedido desses documentos adicionais é feito, o prazo de 15 dias é suspenso, voltando a ser contado apenas depois que tais documentos são entregues.

Dentro desse período a seguradora tem o direito de se recusar a fechar um contrato com o cliente, caso julgue que os riscos assumidos com a prestação do serviço sejam altos demais. No entanto, se a seguradora não se manifestar dentro do prazo de 15 dias, será automaticamente obrigada a aceitar a proposta.

Caso a seguradora aceite a proposta de seguro, ela deverá enviar ao cliente a apólice de seguros, que nada mais é que o contrato de prestação de serviço. Assim que o cliente estiver com a apólice em mãos, este deverá ler o contrato com muita atenção e somente depois de constatar que todas as cláusulas, informações pessoais e coberturas estão corretas ele poderá assinar a apólice, tornando assim o novo segurado da empresa.

Quais são os tipos de proposta caracterizadas pela SUSEP

Todo esse processo, assim como a prestação de seguros é regulamentada pela SUSEP – Superintendência de Seguros Privados. A regulamentação a respeito da proposta de seguro e emissão da apólice está presente na circular SUSEP nº251, de 15 de abril de 2004.

Além desse tipo de proposta de seguro, existem outras que são consideradas pela SUSEP, estas são:

  1. Proposta de adesão: utilizada para seguros pessoais

Trata-se de uma declaração de todos os elementos necessários na contratação da proteção, além dos detalhes sobre os riscos, em que o cliente tem a intenção de adquirir. Nesta proposta também deve contar o conhecimento do cliente sobre todas as condições contratuais.

  1. Proposta de contratação: utilizada para seguros pessoais

Está proposta é uma declaração que deve ser feita igual a anterior. Seu diferencial é que esta pode ser feita tanto por pessoa física como por pessoa jurídica. Além de contar com a discriminação de todas as coberturas a serem contratadas.

  1. Proposta de Inscrição: utilizada para Previdência

A proposta de inscrição é um documento onde o a pessoa que apresenta a proposta exprime o desejo de contratar a cobertura de seguro ou mesmo participar de uma contratação coletiva. Neste tipo de proposta deve ser especificado o conhecimento completo do proponente sobre o regulamento e todas as condições contratuais referentes ao serviço.

Esperamos que depois de ler este artigo o termo ‘proposta de seguro’ não seja mais um problema para você. Resumidamente, ela é o documento onde todas as informações sobre o cliente, seu carro e a cobertura de seguro deseja para contratação devem estar especificados. Este é o documento que deve ser enviado à seguradora para a solicitação de contratação do seguro auto. Ele será analisado pela seguradora e se aceito, a empresa deverá enviar ao cliente a apólice de seguro. Caso você ainda tenha ficado com alguma dúvida sobre assunto, o mais indicado é que procure um corretor de seguros de confiança e solicite maiores esclarecimentos.

Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *