Seta Balao

Cote o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Seguro auto cobre motor? Saiba tudo sobre o assunto!

Anda na dúvida se seguro auto cobre motor? Acompanhe o texto e descubra o que você precisa sobre o assunto!

O seguro auto cobre motor em algumas situações, mas em outras não. Para ter a certeza dos seus direitos, é essencial saber quais são esses casos.

Seguro auto cobre motor?

Imagem: Pixabay

Foi para te ajudar com o assunto que produzimos este texto. Nele, além de falar sobre quando o seguro auto cobre motor, também contamos quando ele cobre câmbio e problemas mecânicos. Continue lendo!

Saiba quando o seguro auto cobre motor

Imagine que seu carro sofra uma colisão e tenha o motor danificado. Se isso acontecer, você terá, sim, cobertura oferecida pela seguradora.

Ou seja, vai contar com indenização oferecida pela empresa para pagar o prejuízo com o motor.

Podemos dizer então que, quando os danos ao motor forem decorrentes de outros sinistros, a cobertura vai acontecer.

Mas há várias outras situações que não são cobertas pelas seguradoras. Entre elas, podemos citar:

  • Motor fundido;
  • Problemas elétricos;
  • Defeito de fábrica;
  • Motor com defeitos mecânicos;
  • Defeitos de manutenção na concessionária ou oficina mecânica.

Esses são problemas que a seguradora considera ou como culpa do usuário, pela imprudência ou falta de manutenção, ou como ocorrido por causa desconhecida.

Dessa forma, a cobertura não será realizada pela empresa. O consumidor terá que arcar sozinho com seu prejuízo.

Vamos a outro exemplo, para que você entenda a relação entre imprudência e não cobertura. Imagine que seu seguro cubra enchente.

Neste caso, se um alagamento acontecer e danificar o seu motor, o conserto será coberto. Porém, apenas se você não tiver se colocado em risco.

Durante uma enchente, as autoridades recomendam não avançar pela água e ir para locais altos. Se você fizer exatamente o contrário, terá sido imprudente, assumindo os riscos dos danos. Então, a seguradora poderá se negar a oferecer a cobertura.

De qualquer forma, os riscos excluídos ficam sempre listados na apólice. Os riscos excluídos são as situações não cobertas pela seguradora.

Apesar de tudo o que dissemos, se seu carro tiver problemas no motor, você poderá contar com assistência 24 horas. A maior parte das seguradoras oferece o serviço.

A assistência auxilia o usuário, por exemplo, com guincho, após uma pane seca ou elétrica. A seguradora não vai pagar pelo conserto do motor, mas vai te ajudar a rebocar o carro.

Seguro cobre motor e câmbio?

Quando o carro tem câmbio automático, danos a ele são sim, cobertos. Isso caso ocorra um sinistro, principalmente se eles forem maiores.

Mas antes de acionar a seguradora, é importante verificar o custo do conserto. Se ele for mais baixo que sua franquia, será mais vantajoso pagar o prejuízo por conta própria.

Afinal, a franquia é o valor que você precisa pagar após um sinistro parcial. Se sua franquia for de R$ 500,00, e o conserto de R$ 300,00, será mais barato pagar o conserto por conta própria. Concorda?

Vale dizer que, assim como no caso do motor, a cobertura do câmbio só existe para danos provocados por sinistro. Se as razões forem outras, como a falta de manutenção, mau uso ou defeito de fábrica, a empresa não vai pagar pelo prejuízo.

Lembrando também que as coberturas, do câmbio e motor, só acontecem quando o sinistro está coberto na apólice.

Ou seja, se os danos ocorrerem por colisão, mas sua apólice não cobrir colisão, o conserto não será pago pela seguradora.

Seguro cobre problemas mecânicos?

As seguradoras entendem que problemas mecânicos acontecem:

  • Pelo mau uso; e
  • Pela falta de manutenção adequada do carro.

Em ambos os casos, então, os danos são provocados pelo próprio usuário. Logo, eles são de responsabilidade do motorista, assim como os seus prejuízos.

Isso quer dizer que a seguradora não cobre problemas mecânicos.

Entenda as coberturas do seguro de carro

Como citamos no texto, um sinistro pode ser parcial, mas também integral.

O sinistro parcial é aquele que provoca ao carro danos inferiores a 75% do seu valor de mercado. Nessa situação, o veículo será levado à oficina e consertado.

Para que isso ocorra, o segurado precisa pagar a franquia do seguro. A franquia pode ter valor fixo ou percentual, e vai “ajudar” a pagar o prejuízo.

Por exemplo: sua franquia é de R$ 500,00, e o conserto do carro terá custo de R$ 1.300,00. Isso significa que você vai pagar R$ 500,00 à oficina mecânica, e a seguradora vai pagar os R$ 800,00 restantes.

Já o sinistro integral não cobra franquia. Ele acontece quando os danos ao veículo são superiores a 75% do seu valor de mercado.

Nessa situação, o usuário recebe a indenização integral, para a compra de um novo veículo.

Pronto! Agora você já sabe quando seguro auto cobre motor e outras situações. Na dúvida, converse também com sua seguradora.

Leia mais artigos sobre:
Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV, possui curso técnico em Direito do Seguro e atualmente cursa Gestão de Seguros. Possui mais de 2.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *