Seta Balao

Cote o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Como dirigir moto: tudo que um iniciante precisa saber

Descubra algumas dicas como dirigir moto de maneira mais fácil, mesmo que você esteja aprendendo agora.   

Dirigir uma moto é algo que divide opiniões: há quem considere extremamente difícil e quem acredite que é tudo questão de prática. Mas, faça você parte de um time ou do outro, o importante é entender que aprender é possível.

E, para te ajudar, separamos algumas dicas de como dirigir moto para te ajudar enquanto iniciante na área. Boa leitura!

Como dirigir moto: tudo que um iniciante precisa saber

Imagem: Getty Images

1. Treinar é fundamental

Você aprendeu a dirigir na autoescola, mas a vida real é bem diferente. Por isso é fundamental que você pratique e treine em locais mais tranquilos, longe do trânsito. Assim, você adquire prática com calma para ir perdendo o medo quando estiver no meio de carros e caminhões.

Além disso, você não precisa treinar apenas como dirigir moto. É importante também que pratique o passo de tirá-la do cavalete, ligá-la e sair. Assim você vai perdendo o medo de apagar quando estiver no trânsito e esse primeiro passo se torna automático.

2. Lembre-se de frear

Usar os freios de forma correta é fundamental para não se machucar com a moto. Por isso, uma das dicas de como dirigir moto é se lembrar que o freio dianteiro é o mais importante e mais da metade da força de frenagem deve ser colocada nele.

Além disso, é importante também frear de forma progressiva. Ou seja, faça as frenagens primeiro com o freio dianteiro e depois o traseiro. Assim você consegue sentir a diferença entre cada um deles e consegue assimilar a força necessária para utilizar da maneira correta.

3. Treinando as marchas

Outra forma de diminuir a velocidade da moto é com a redução de marchas. E, é fundamental saber disso para em casos que o freio falhar. Sendo assim, treine as reduções com o motor em baixa rotação e sempre que a velocidade estiver baixa e estabilizada. Aqui é importante manter a suavidade na embreagem e no pedal de câmbio.

4. Dirigindo na vida real

Aprendemos a dirigir na autoescola. No entanto, como dirigir moto na vida real é um pouco diferente do que vemos lá. Nesse sentido, as curvas merecem atenção importante. Enquanto estiver no trânsito não é possível realizar apenas curvas fechadas e com velocidade reduzida.

Por isso, lembre-se de fazer curvas maiores também, as mais abertas, e com velocidade entre 40 e 50 km/h. Com isso você se prepara para dirigir na vida real, enfrentando o trânsito, principalmente nas grandes cidades.

Além disso, é fundamental olhar para onde quer ir. Não foque sua visão apenas no que está a sua frente. Lembre-se que no trânsito sua atenção deve ser redobrada e, muitas vezes, outros automóveis não conseguem visualizar as motos. Tenha visão ampla enquanto pilota.

5. Lembre-se que você está em uma moto

O espaço ocupado por uma moto no trânsito é diferente dos carros. Por isso é importante você ter noção de espaço e não se comportar no trânsito como se o tamanho do seu automóvel fosse maior do que realmente é.

Aprenda como dirigir uma moto em zigue e zague, a fazer ultrapassagens na velocidade da vida e a se comportar enquanto motorista de moto. Assim, você permite que o trânsito flua mais facilmente e sua rota seja feita de forma eficiente, sem perder tempo atrás de caminhões enquanto poderia cortar e sair na frente.

6. Conheça sua cidade

É comum quando tiramos habilitação ficar um pouco perdidos ou refém de GPS. Mas, uma dica importante é conhecer a cidade e os caminhos alternativos para os seus destinos mais comuns. E, você aprende isso dirigindo.

Portanto, não faça sempre os mesmos caminhos e busque rotas diferentes para um mesmo local. Conhecer sua cidade, além de fazer você conhecer outros roteiros, que talvez sejam mais rápidos, te ajuda em casos de interdição de vias ou chuvas que atrapalham o trânsito. Nem sempre a rota mais conhecida é a melhor para seguir.

7. Ande com garupa

Um ponto importante em como dirigir moto é saber andar com garupa. Diferentemente de carros, ter um passageiro na moto altera a forma como você se comporta no trânsito e realiza as manobras.

Quando estiver mais seguro para pilotar, peça a algum amigo que seja motoqueiro para andar com você e te ajudar a perceber as diferenças entre pilotar sozinho e com garupa. É extremamente importante entender o impacto do outro na velocidade e maneira que você pilota.

Leia mais artigos sobre:
Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV, possui curso técnico em Direito do Seguro e atualmente cursa Gestão de Seguros. Possui mais de 2.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *