dcsimg

Gastos do carro: controle-os com uma planilha simples (e economize)

Aprenda a gerenciar os gastos do carroControlar os gastos do carro pode ser mais fácil usando uma planilha bem simples. Faça o download de uma que preparamos especialmente para você e aproveite para economizar com essas despesas seguindo boas dicas.

Principalmente quando o orçamento aperta é que começamos a nos atentar sobre as contas. E isso inclui cuidar dos gastos do carro. Todo dia vemos nos noticiários informações desanimadoras em relação à economia que apontam uma inflação que não para de subir.

Quem não quer ter surpresas precisa ficar atento a todos os gastos e começar as fazer as contas, pois, se possui um veículo, sabe que todos os meses ele acaba gerando despesas que, na maioria das vezes, não são calculados, e por isso não se sabe o percentual do orçamento que compromete.

Essa falta de controle pode levar a uma detestabilidade econômica e comprometer todo o planejamento familiar, então, antes que isso aconteça aprenda, a organizar os gastos do carro com uma boa planilha desse artigo.

Planilha para organizar os gastos do carro

Muita gente é desorganizada e não tem a melhor ideia de onde foi parar um recibo ou, em situações menos graves, não consegue juntar todas as contas para fazer uma soma geral.  Porém, se deseja saber até que ponto compensa ter um carro por conta das despesas, não tem outra forma: é preciso organizar as informações com os gastos do carro.

Criamos uma planilha simples de usar para que qualquer pessoa possa organizar suas despesas em um único local. Para fazer um bom uso dela, basta inserir as informações solicitadas e o cálculo é feito de forma automática.

A planilha tem informações para preencher desde o valor da compra do veículo, financiamento, custos com documentação, valor de depreciação e despesas mensais, como combustível, reparos, estacionamentos entre outros. É preciso inserir apenas os valores correspondentes a cada uma que será gerado a sua despesa total mensal e também gráficos que permitem uma melhor visão.

Faça o download da planilha, clique no botão abaixo:

Download

Você pode ver abaixo o passo a passo de como preenchê-la e ainda dicas para economizar, deixando sua soma cada vez menor. Veja!

Como usar a planilha para organizar os gastos com o carro (e economizar)

Para começar a utilizar a planilha de gastos do carro é recomendado que se preencha o cabeçalho com o modelo e ano do carro, principalmente se possui mais de uma, pois assim não se gera confusão. Os valores de compra e venda também devem ser preenchidos porque quando for vendê-lo poderá ter uma melhor noção de quanto o seu carro desvalorizou.

O preço de compra precisa estar acordo com o valor pago pelo carro, aquele que pagou na concessionária ou à pessoa que vendeu.

Já quando for colocar os custos com documentação é preciso se lembrar de diversos valores cobrados de forma separada, como licenciamento, transferência e outros que existem. Não é necessário discriminar um a um, porém o valor total deve ser informado. Esse valor você pode ter incluindo os custos com o despachante (quando fizer a documentação por lá) ou com o que pagou direto no Detran (caso tenha feito por conta).

A área do financiamento é bom para se ter uma ideia de quanto sairá o valor final do veículo, pois assim se compara o valor que foi financiado e quanto ele realmente lhe custou.

Faça a cotação do seu seguro auto online!
Qual é a marca do seu carro?

Mas vamos começar a falar das despesas mensais, que são as que mais acabam pesando. Na planilha, elas estão representados por um valor simbólico de R$ 1,00, mas pena que isso não representa a realidade, é apenas um exemplo. Veja como preencher cada campo e saber ao certo os gastos com o carro.

Combustível

Combustível

Anote o valor desembolsado toda vez que abastecer para depois incluir na planilha com os gastos do carro.

Uma maneira de fazer com que os custos com o combustível reduzam é conferir o preço antes de entrar em um posto para abastecer. Além disso, se o carro for flex, lembre-se da regra que só compensa abastecer com etanol se ele estiver 75% mais barato que a gasolina. Caso contrário, o gasto será maior.

Atente-se ainda aos locais que abastece, pois, às vezes, um preço muito baixo pode indicar um combustível “batizado” e essa economia ficará mais cara na hora que o carro começar a apresentar problemas.

Revisões

Elas não são feitas todos os meses, mas devem respeitar as indicações do fabricante porque essa é a melhor maneira de evitar problemas mais graves com o carro. Se possível, sempre as faça em uma autorizada pela montadora. Apesar de o custo ser um pouco maior, tem-se a certeza de que serão usadas peças originais, o que evita que o carro quebre ou dê outros problemas.

Troca de pneus

A troca de pneus também não é feita com frequência, ainda mais se usa pouco o carro. Mas se percebeu que os pneus estão ficando gastos e perdendo as ranhuras, é hora de trocar para evitar acidentes. Para economizar, a dica também é pesquisar. Nesse caso, analise não apenas o preço do pneus, mas também do local que irá fazer o serviço.

Reparos

Se começar a ouvir algum barulho estranho no carro ou então bater e amassar sem querer durante aquela manobra, precisará de um reparo.

Para não gastar muito é sempre bom pedir o orçamento em mais de um local e comparar. Mas atenção: nunca faça o serviço em uma oficina na qual os serviços não são de confiança e os profissionais despreparados.

Peças

Não use peças genéricas no seu carro. Apesar de elas serem mais baratas, no geral costumam dar problemas. Sempre faça a reposição por peças originais e, de preferência, novas, mas se quiser economizar um pouco já se pode contar com peças de segunda mão. Só se atente que nesse caso é preciso saber a procedência dessas e se estão em boas condições. Peça ao seu mecânico a nota e consulte o cadastro nacional, onde devem constar as peças nessa situação.

Seguro auto

Ficar sem seguro é correr risco sem necessidade. Esse costuma ser um valor que quase todos os meses caba gerando um custo porque as pessoas costumam parcelar. Para que ele fique mais barato, a dica é fazer a cotação em mais de uma seguradora e escolher apenas as coberturas que precisa.

Tendo mais de uma cotação é possível comparar os valores e optar pelo menor. Já as coberturas desnecessárias irão deixar o seguro mais caro, por isso, filtre bem o que está adquirindo.

IPVA

Esse não tem muito o que fazer, pois é preciso pagar. Porém, quem vive em estados como São Paulo e Rio de Janeiro, que possui a nota fiscal (paulista e carioca), pode usar o valor recebido para ajudar a quitar o IPVA. É uma boa forma de economizar.

Estacionamento

Estacionamento

Estacionamento é sempre algo que acaba pesando no orçamento, mas vale a pega pagar por ele do que deixar o carro correndo risco. Para não ter erro na planilha, sempre guarde a nota fiscal a fim de somar os valores e ter consciência do quanto está gastando por mês.

Quem precisa usar todo o dia o estacionamento para deixar o carro enquanto trabalha ou estuda, fica mais barato fazer um pacote com o estacionamento e pagar por mês. Para se ter uma ideia, a diária fica em torno de R$ 30,00 e o mensalista paga cerca de R$ 200,00 durante os 30 dias, mas, claro, que esse valor varia muito conforme a cidade ou o bairro.

Outra dica para quem tem seguro auto é verificar se a assegurado oferece algum programa de benefício, pois muitas vezes há descontos em determinadas redes de estacionamento.

Limpeza

Limpar o carro é essencial. Ninguém precisa ficar andando com ele sujo, porém pagar para fazer a limpeza pode sair caro.

Quem mora em casa pode fazer isso sem problemas, já quem mora em apartamentos nem sempre tem espaço. Para economizar, não precisa lavar o carro todos os dias. Uma vez por semana já é o suficiente (isso se você não vai para locais de terra com frequência).

Pesquise lava-jatos que ofereçam preços acessíveis para que possa realizar essa limpeza. Uma dica para sempre manter o interior limpo e não precisar pagar por isso sempre é ter um aspirador portátil, pois assim fica fácil aspirar a sujeira e economizar na limpeza interna.

Ao abastecer, é possível pedir para o frentista jogar uma água no vidro e aguentar mais um tempo sem ter que lavar todo o carro.

Pedágio

Sempre busque por outras rotas que evitam o pedágio, mas, claro, sem desviar muito do cominho ou pegar estradas ruins. Para evitar filas no pedágios, uma dica é ter o Sem Parar no veículo, pois assim não é preciso andar com dinheiro e se recebe a fatura em casa, sendo ainda mais fácil de controlar essas despesas.

Gostou das dicas? Se ainda tem dificuldade em controlar os gastos do carro, fale como podemos te ajudar deixando seu comentário abaixo. E se ainda não sabe como calcular o valor do seguro porque ainda não tem o seu, faça uma cotação sem compromisso no SeguroAuto.org e saiba que valor acrescentar.

Leia mais artigos sobre:

Comentários

Sanaira Silveira - 6 de setembro de 2017 às 20:44

Boa tarde Murilo,

Obrigada pelo comentário,
Que bom saber que os nossos artigos estão ajudando nossos leitores desta forma.

Caso você tenha interesse em fazer uma cotação ou renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link https://goo.gl/gc1bj1 para que um corretor parceiro entre em contato com você.

Atenciosamente.

Murilo Oliveira - 5 de setembro de 2017 às 04:24

Obrigado pela planilha!

Ficou muito boa e demonstra bem os gastos básicos para o usuário do carro. O site de vocês está ótimo, continuem fazendo os artigos, estou aprendendo muito.

Deus abençoe a todos!

Postar um comentário