Seta Balao

Cote o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Como escolher o melhor sistema de rastreamento para carros

Um sistema de rastreamento para carros vai além de informar o posicionamento do carro, ele pode oferecer recursos que melhoram a logística e garantem um bom atendimento.

Estacionar o carro e ter a certeza de que ele estará no local quando voltar é um alívio para muitos motoristas. Entretanto, sabemos que nem sempre essa situação ocorre.

O sistema de rastreamento para carros traz um pouco mais de tranquilidade nesses pontos, pois, é possível saber onde o veículo se encontra. Mesmo que ele seja levado, o monitoramento permite que sua localização seja conhecida e isso facilita a recuperação.

A verdade é que ficar sem uma proteção extra para o carro está se tornando cada vez mais algo impensável. A pandemia afetou as finanças, e isso fez com que o rastreador se mostrasse uma boa alternativa aos valores do seguro.

O melhor é que ele seja combinado com o seguro. Seja contratado em conjunto ou de maneira individual, o sistema de rastreamento para carros deve levar alguns pontos em consideração na hora da escolha.

Como escolher o melhor sistema de rastreamento para carros

Imagem: Getty Images

1. Equipamento de qualidade

O equipamento do rastreador precisa ser de boa qualidade. Nesse ponto deve-se analisar se ele é resistente e durável.

Ele deve aguentar aos impactos que o carro sofre, ser resistente a umidade e variações de temperatura. A vida útil deve ser longa, pois, ninguém quer ter de tocar o equipamento periodicamente, ele deve ser instalado e funcionar por um longo período.

2. Instalação descomplicada

Instalar o equipamento deve ser algo simples para o usuário. Se ele for fazer isso por conta própria, as orientações devem ser claras para que não leve mais do que alguns minutos no processo.

O mais comum nos sistema de rastreamento para carros é que a instalação seja feita por profissionais qualificados. Nesse caso deve ser fácil de agendar uma data e não causar transtornos ao dono do carro. A preocupação deve ser apenas em solicitar o serviço e em pouco tempo saber que está tudo funcionando corretamente.

3. Tecnologia adequada às necessidades

O sistema de rastreamento para carros pode usar diferentes tecnologias para a transmissão de sinal. Essa deve ser combinada com a utilização do veículo e locais de circulação.

No caso do GPS ele possui um alcance maior em relação a área coberta, porém, não é tão indicado quando se utiliza muitos locais fechados que possam causar interferência.

O de radiofrequência consegue armazenar uma grande quantidade de dados e são precisos, mas só funcionam em áreas urbanas onde haja antenas de rádio. Já o GSM usa dados criptografados o que faz com que seja mais difícil de ser interceptado, por outro lado depende das antenas de celular para funcionar.

Os três possuem lados positivos e negativos, sendo preciso avaliar esses pontos no momento da escolha.

4. Analise os adicionais do sistema de rastreamento para carros

Muitos dos sistemas oferecem uma série de serviços adicionais que vão além de informar a localização em tempo real do veículo.

Sistemas de alerta, por exemplo, quando o veículo ultrapassa a cerca elétrica podem ser bem úteis. Isso indica que o carro está fora da rota e pode estar com um potencial problema.

Relatórios que sejam personalizados, considerando quantos quilômetros foram percorridos e tempo perdido parado. Dados adicionais podem ser úteis para calcular consumo de combustível e até mesmo saber o momento exato de fazer a manutenção nos veículos.

Esses recursos extras podem trazer grandes vantagens para as pessoas físicas, mas principalmente para as empresas que desejam diminuir custos.

5. Sistema acessível

De nada adianta ter um sistema de rastreamento para carros que é preciso e gera uma série de dados se não estiver disponível. Toda vez que tentar acessar o site ou aplicativo esse deve funcionar corretamente.

As manutenções programadas até podem ocorrer e gerar paralisação momentânea, mas devem garantir o retorno em apenas alguns minutos. O gerenciamento e acompanhamento do rastreador é parte fundamental do processo.

6. Ter suporte técnico qualificado

O sistema de rastreamento para carros costuma ser oferecido por empresas que também auxiliam em outras etapas. Elas podem realizar o monitoramento do veículo ficando atentas se tudo está ocorrendo conforme o padrão e prestando suporte em caso de imprevisto.

O suporte técnico deve saber sanar todas as dúvidas em relação ao aplicativo que traz as informações sobre o rastreamento. Também deve estar preparado para agir em caso de roubo e furto, adotando os cuidados para agilizar a recuperação do veículo.

Não existe o melhor sistema de rastreamento para carros, mas sim aquele que suprirá todas as necessidades do usuário. Para fazer a escolha adequada deve-se considerar não apenas o equipamento de rastreamento, mas todos os adicionais que ele pode agregar como mencionado neste artigo.

Leia mais artigos sobre:
Foto de Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV, possui curso técnico em Direito do Seguro e atualmente cursa Gestão de Seguros. Possui mais de 2.000 textos e 5 e-books publicados na área de seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *