Seta Balao

Simule o preço do seu Seguro Auto

Qual é a marca do seu carro?

Quando buzinar é permitido e quando você não deve buzinar

Existem regras para o uso correto da buzina. Tanto na legislação quanto no que se entende por convivência civilizada, o uso da buzina precisa ser moderado, com bom senso e em situações específicas.

Sem dúvida, a buzina auxilia o motorista a evitar acidentes. Mas, segundo a legislação, precisa ser usada com toques breves e critério.

Além do que é exigido pelo Código de Trânsito Brasileiro – CBT, há uma etiqueta entre os condutores para a direção defensiva, que espera que você se comporte com respeito e educação para com outros motoristas, de forma que possamos ter uma convivência harmoniosa no trânsito.

Quando buzinar é permitido e quando você não deve buzinar

Imagem: Getty

Saber quando buzinar

O trânsito das grandes cidades tem ruídos que provocam estresse nos motoristas. Saber lidar com esse ambiente implica em saber quando buzinar.

Para isso existem as regras que já estão no CBT e que precisam ser respeitadas.

Buzinar se torna uma infração de trânsito quando é um ato sem motivo e pode gerar uma multa para o motorista e três pontos na CNH. Segundo o Artigo 227 do CTB, é proibido:

  1. Usar a buzina de forma diferente de um toque breve como advertência ao pedestre ou condutores de outro veículo.
  2. Buzinar de forma prolongada e sucessivamente por qualquer pretexto.
  3. Usar a buzina entre as vinte e duas horas e as seis horas.
  4. Buzinar em locais e horários proibidos pela sinalização
  5. Usar buzinas que estão em desacordo com os padrões e frequências que são estabelecidas pelo Contran, o que inclui as buzinas com intensidade muito alta.

Em qualquer dessas situações, os motoristas estão sujeitos a multa.

Critérios para medir a intensidade permitida para a buzina

Segundo a resolução no. 35 do Denatran, existe um método para medição da intensidade da buzina ou equipamento semelhante.

Para veículos produzidos a partir de janeiro de 1999, o nível máximo é de 104 decibéis. Para veículos produzidos a partir de 2002, o nível máximo é de 93 decibéis.

São proibidas as buzinas com sons semelhantes a sirenes, para não serem confundidas com ambulâncias ou veículos da polícia.

Quando buzinar é permitido

O uso das buzinas deve ser para alertar os outros motoristas da possibilidade de um acidente. Por esse motivo, a buzina é considerada um equipamento obrigatório.

A conservação do equipamento é responsabilidade do motorista e a falta de buzina ou mau funcionamento são considerados infrações.

O artigo 41 do CTB prevê o uso da buzina pelo condutor do veículo, com um toque breve, nos seguintes casos:

  1. Para fazer uma advertência necessária e evitar um acidente
  2. Fora da área urbana, para avisar um condutor que se pretende ultrapassá-lo

Nestas duas situações o uso da buzina é necessário. Em outras oportunidades, deve-se usar o bom senso e a gentileza.

Um trânsito mais saudável implica no uso correto da buzina. Uma das formas mais nocivas de poluição é a poluição sonora, para a qual as buzinas contribuem enormemente.

Além disso, elas podem levar a conflitos e gerar violência no trânsito.

Por outro lado, a buzina é um equipamento que aumenta a segurança. Ela é muito útil em situações como avisar para dar a vez a outro motorista, alertar pedestres que querem atravessar a rua, avisar que vai ultrapassar, etc.

Quando você nunca deve usar a buzina

Buzinar deve ser apenas para aumentar a segurança. Você deve apenas usar a buzina quando é racionalmente necessária para garantir ou aumentar a segurança e evitar acidentes.

Entretanto, existem situações em que o uso da buzina é totalmente desaconselhado e até mesmo é ilegal.

Faça o teste, para ver se conhece as seguintes situações em que o uso da buzina é totalmente desaconselhado:

Cavalos e outros animais

Cavalos e outros animais se assustam facilmente com veículos que se movem rapidamente e o repentino som de uma buzina.

Quando você se aproxima de veículos com tração animal ou de cavaleiros montados, você deve dirigir devagar e seguir com cuidado.

Se o cavaleiro fizer sinal para que você pare, você deve parar. Nessa situação nunca use sua buzina, é perigoso.

Pedestres cegos

Alguns motoristas acreditam que é uma boa ideia buzinar para pedestres cegos que estão aguardando para atravessar a rua. Não é.

Alguns pedestres com cães-guia ou bastões brancos devem ter o direito de prioridade em qualquer ocasião.

Você deve parar e não usar a sua buzina. Uma pessoa cega não tem ideia do porque você estar buzinando e pode não saber como reagir.

Ciclistas

Você deve ser extremamente cuidadoso antes de apertar sua buzina ao lado de ciclistas. Use a buzina apenas se for extremamente necessário e de forma breve, para evitar um acidente ou para avisar o ciclista de que você está perto.

Sempre evite usar a buzina quando for uma criança em uma bicicleta. Crianças têm comportamento imprevisível e são facilmente assustáveis. Buzinar pode fazer com que cometam um erro ou caiam da bicicleta.

Para cumprimentar um amigo

Nunca use sua buzina para cumprimentar um amigo ou para chamar a atenção de um amigo.

É um uso impróprio da buzina e pode resultar em uma multa. Outros motoristas podem pensar que você está buzinando para eles.

Avisar alguém para sair do caminho

Nunca use sua buzina para exigir que alguém dirija mais depressa ou saia do caminho.

Apertar a buzina para o motorista que está a sua frente porque faz um segundo que o farol ficou verde é não apenas falta de educação, mas pode despertar o ódio de um motorista estressado, que vai querer revidar.

Lembre-se de que buzinar não ajuda quando você está preso no trânsito.

Buzinar agressivamente

Não use sua buzina para dizer a outros motoristas que eles cometeram um erro. Sua buzina pode fazer com que eles cometam outros erros.

Lembre-se de que ninguém é perfeito. Não leve tão a sério os erros e condutas erradas de outros motoristas, como se fosse um caso pessoal contra você.

Nunca use sua buzina porque você está irritado, nervoso ou apressado. Buzinar não vai livrar você da raiva.

Isso pode até aumentar sua irritação e frustração e não vai fazer com que você chegue mais rápido ao seu destino. O uso desnecessário da buzina é um sinal de direção agressiva e pode resultar em uma multa.

Lembre-se, em muitas situações é mais seguro dirigir mais devagar ou parar ao invés de usar a buzina.

Leia mais artigos sobre:

Mestre e Doutora em Sociologia pela UNESP, pesquisadora na área de Ecologia Humana e Antropologia, Desenvolvimento e Sustentabilidade Ambiental, foi professora em cursos superiores de Sociologia e Direito, nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *