Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

11 situações em que a seguradora pode negar a indenização do seguro

Compartilhe nas redes sociais:

Quem possui um seguro espera contar com ele na hora em que mais precisa, porém, nem sempre isso acontece.

Independente de contratar uma das seguradoras mais confiáveis do país, existem algumas regras para que a indenização do seguro seja paga e, quando essas não são cumpridas, o segurado não tem direito a receber os valores.

Então, é preciso estar sempre atento, ler a apólice com atenção e assim não correr o risco de ter o seguro negado.

E quando alguma regra é descumprida, não adianta reclamar, seja na seguradora ou na Susep. Se já estava previsto, era necessário ter prestado atenção antes.

Aproveite para ver o que deve saber antes de contratar um seguro auto.

Quer conhecer quais são as situações mais comuns em que a indenização é negada? Então veja algumas delas.

11 situações em que a seguradora pode negar a indenização do seguro

11 situações onde a seguradora pode negar a indenização do seguro

  1. Mentir sobre suas informações

Informar dados errados, seja em relação ao uso do veículo, local de residência, entre outros pode resultar na negação do pagamento da indenização.

As seguradoras possuem um departamento de investigação e esse vai analisar se todas as informações passadas realmente condizem com a realidade.

Se houver divergências, o pagamento será negado, então é melhor falar a verdade e pagar um pouco a mais pelo seguro do que ficar sem ele.

  1. Perfil incorreto

Qualquer informação errada sobre o perfil, como, por exemplo a idade do motorista, já se torna um problema.

Mesmo que ela não seja intencional, a recusa ocorrerá, então é preciso rever diversas vezes as informações da proposta.

Veja alguns cuidados para não ser pego em fraudes do seguro auto.

  1. Mudança de perfil durante a vigência

Qualquer alteração deve ser informada à seguradora, como mudança de casa, casamento ou divórcio, etc.

Assim que o fato ocorrer, a seguradora deve ser comunicada para que sejam feitas as correões necessárias.

  1. Dirigir embriagado

Está revisto em lei e na apólice que não pode dirigir embriagado.

Sendo provada essa situação, em caso de sinistro, a recusa é certa.

Fique atento aos problemas devido ao uso de álcool e nunca dirija após beber.

  1. Emprestar o carro para pessoas não habilitadas

Se ocorrer um sinistro sem que o condutor seja habilitado, a seguradora está amparada pela lei para negar o pagamento da indenização.

  1. Atraso de pagamento

Não pagar as mensalidades em dia gera a suspensão da cobertura e até mesmo o cancelamento do seguro.

Nesses casos, se percebido que não será possível pagar até o vencimento, o melhor a fazer é entrar em contato com a seguradora para negociar os valores.

  1. Sinistro intencional

Mesmo parecendo improvável, existem alguns segurados que provocam o sinistro para receber a indenização.

Se provado que a situação foi intencional, o pagamento da indenização será negado.

Entenda mais sobre as indenizações do seguro auto.

  1. Agravamento de risco

Ações que sejam consideradas como agravo do risco, precisam ser evitadas.

Se o carro for estacionado com o vidro parado, a chave for deixada na contato enquanto o motorista está ausente e outras que sejam considerados agravantes, a negação do seguro acontecerá.

  1. Colocar acessórios de valor no veículo

Adicionar acessórios que possam ser chamativos no veículo, chama a atenção dos bandidos e agrava o risco.

Por isso, sempre que após a vistoria for adicionado algum acessório, é preciso comunicar a seguradora.

Cuidado apenas com o que vai adicionar e veja o que os ladrões não gostam em um carro.

  1. Mudanças na estrutura do veículo

Qualquer mudança que seja efetuada na estrutura do carro é preciso comunicar a seguradora.

Existem algumas situações, como de carros rebaixados, que as seguradoras não oferecem cobertura, pelo contrário, se recusam a segurar esse tipo de veículo.

  1. Levar vantagem em cima da seguradora

Qualquer ação que seja considerada vantagem sobre a seguradora, resulta na recusa do seguro. Além das citadas acima, podem ocorrer diversos outros casos.

Veja só essas solicitações de seguro auto bizarras e entenda melhor.

Agora que já sabe dessas situações, quando for fazer o seu seguro auto fique mais atento a elas.

Assim não correrá o risco de ter a indenização do seguro negada e poderá andar despreocupado com o seu carro.

Aproveite para fazer a cotação do seu seguro auto agora mesmo!


Compartilhe nas redes sociais:
Leia mais artigos sobre:

9 Comentários

  • Antônio says:

    Oi,

    Fiz a compra de um veículo, juntamente adicionaram um seguro, de acidente de vida doença incapacidade temporária ou permanente, ai precisei acionar o seguro, e até agora nada dizendo que falta documentação tipo comprovante que eu não trabalho autônomo, sendo que na apólice é contrato já comprova isso, uma coisa sem nexo, falará que falta laudo médico, enviei dois, um na época do ocorrido, um atual e uma declaração do médico, juntamente com o formulário deles mesmos, eles estão agindo de má fé porque o valor não é tão alto, só que está me constrangindo muito, e como estou com problemas de saúde dependo dos outros para me locomover, e isso gera muita despesa. Gostaria de saber se eles vão me ressarcir todo esses danos, que estou passando, já que só quero o que é direito meu.

    Até.

  • Noemia Ferreira says:

    Boa tarde,

    Eu tenho carro novo e nunca vou colocar seguro, senão serei roubada duas vezes, não tô aqui pra sustentar filhos dos outros e muito menos família de ninguém, quem fez carregue sua cruz.
    Essa de seguro é maior roubo, o cara paga e não recebe, porque se ler atentamente o contrato de crime de extorsão deles, você não tem direito a nada.
    Tiro como exemplo meu irmão que foi roubado pela Porto Seguro e pelo vagabundo ladrão, fora as diretrizes deles que são as filiais que dizem que vai ter rastreador.

    Até mais.

  • Geronimo says:

    Bom dia, meu veículo foi roubado e não tenho o dult, como faço para obter o seguro sem esse documento?

    Obrigado.

  • Sidnei Sichieri says:

    Olá,

    Veículo com 3 mil km e 45 dias envolveu-se em acidente e duas rodas foram danificadas. Não fui o causador do sinistro. Tenho o direito de colocar rodas originais? Posso recusar roda diamantada, levando em conta que esta ficou diferente das demais? A seguradora quer me entregar o veículo com uma roda reparada e diferente das outras.

    Aguardo contato.

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Sidnei,

      Obrigada por comentar no SeguroAuto,
      Para sinistros, entre em contato com a seguradora responsável.
      Caso você tenha interesse em fazer uma cotação ou renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link https://goo.gl/gc1bj1 para que um corretor parceiro entre em contato com você.

      Atenciosamente.

  • Cristian says:

    Bom dia, minha irmã comprou um carro e a seguradora recusou por estar constando adulteração na quilometragem, ela viu que é pouca, se ela retornar para a original a seguradora aprova um novo seguro? Ou teria que fazer um seguro em outra seguradora?

    Obrigado.

  • João Campos says:

    Bom dia,

    Gostaria de saber qual endereço de e-mail que eu posso mandar meus documentos e número do contrato para que eu receba o seguro da minha Van por motivo que fiquei desempregado no momento.

    Agradeço,

    João Campos.

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia João,

      Obrigada por comentar no SeguroAuto,
      Por favor, entre em contato com seu corretor para que possa ajuda-lo.
      Caso você tenha interesse em fazer uma cotação ou renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link https://goo.gl/gc1bj1 para que um corretor parceiro entre em contato com você.

      Atenciosamente

  • Filipi says:

    Olá, o seguro cobre carros com passagens por leilão?

    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *