Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Conheça os segredos do combustível alternativo. Ele vale a pena?

Conheça os segredos do combustível alternativo. Ele vale a pena?Já ouviu falar em combustível alternativo? E será que vale a pena mesmo ter um veículo com esse tipo de combustível? Entenda melhor e tire suas conclusões!

Hoje uma das preocupações de quem possui carro é em relação ao combustível. E nesse caso não é por causa da preocupação ambiental devido aos poluentes que o álcool e a gasolina emitem, mas sim por causa dos altos valores. No Brasil o aumento dos combustíveis foi bem significativo o que faz com que se começasse a pensar em alternativas.

Na Europa a venda de veículos com combustíveis alternativos teve um aumento de 28,8% segundo a ACEA (Associação de Fabricantes Automóveis Europeus). Dentre eles estão os híbridos, elétricos e a gás natural, sendo esse último o mais escolhido pelos europeus.

Mas existem muitos outros em teste para que possam ser usados em veículos, a Ford, por exemplo, já testou painéis solares instalados em tetos de carro. O hidrogênio é uma fonte inesgotável e funciona em motores de combustão, porém o problema é que é difícil produzir isso em grande escala e o risco de explosão ainda é muito alto.

Mas se pararmos para pensar, realmente os combustíveis alternativos são muito melhores para o meio ambiente por emitirem menos CO2, mas financeiramente será que compensam?

Gás natural

Essa já foi uma alternativa bastante procurada, principalmente para quem anda longas distancias com o carro, porém não tem sido tão atrativa mais. Um dos motivos é pelo alto valor da conversão do carro que gira em torno de R$ 4000,00.

Porém uma pesquisa realizada pela Comgás mostrou que esse valor pode valer a pena a partir de 3000 km rodados, quando se recupera os investimentos feitos. E no caso do abastecimento com o GNV tem se uma economia de 61% em relação a gasolina e 59% do etanol.

Em contrapartida, perde-se em torno de 4% da potência do carro e uma boa parte do porta malas, apesar de esse não ser um problema para quem circula apenas nas cidades. Mesmo sendo comum, no Brasil ainda não são todos os postos que contam com esse tipo de combustível, sendo que em algumas regiões ele se torna bastante raro.

Carros elétricos

Os carros elétricos na Europa são usados normalmente por órgãos públicos ou empresas privadas e no Brasil ele se torna praticamente inviável. Isso porque não temos estrutura para esse tipo de veículo, não existem postos de abastecimento e com a atual crise hídrica seria inviável, já que a principal fonte de energia é a água.

Hoje os pouco veículos elétricos existentes no país ou estão em fase de teste ou pertencem a grandes empresas que possuem estrutura própria. Para que ele pudesse ter adesão no país, seria preciso bastante investimento, principalmente na geração de energia elétrica limpa e renovável.

Veículos híbridos

Esses já existem no Brasil, porém representam uma pequena parcela. Eles permitem que o carro rode com mais de um tipo de combustível, por exemplo, álcool ou gasolina.

Agora com o investimento no etanol a Fiat está desenvolvendo um modelo que possa rodar com etano e/ou gasolina, sendo bem vantajoso permitindo que se opte pelo melhor combustível em diferentes momentos.

Quem opta por ele deve sempre fazer as contas de antes de abastecer, isso porque compensa apenas o uso do etanol quando o preço dele está 75% em relação a gasolina, e apesar do veículo ter essa opção, nem sempre ela é usada.

E você, acha que vale a pena ter um carro com combustível alternativo?

Independente do tipo de combustível, vale lembrar que você deve protegê-lo sempre, então é importante contar com um bom seguro auto.

No SeguroAuto.org você faz sua cotação e protege seu veículo em diversos casos, como roubos, furtos, acidentes, etc. Assim você pode andar tranquilamente com a certeza de que escolheu o melhor combustível para seu carro e também o seguro ideal para protegê-lo e economizar ao mesmo tempo.

Leia mais artigos sobre:

Comentários estão fechados.