dcsimg

Qual o direito das vítimas no seguro auto contra terceiros?

Entenda qual o direito das vítimas no seguro auto contra terceiros e saiba o que fazer em uma situação dessas. Confira nesse artigo as informações e tire suas dúvidas.

Uma das coberturas que os segurados podem contratar é a cobertura contra terceiros, que visa reparar danos físicos, materiais e morais.

Porém, as vítimas costumam ter muitas dúvidas sobre quais são os seus direitos, caso sofram algum acidente. Isso é bastante comum, pois não foram elas que contrataram o seguro.

Se você se vê nessa situação, conheça quais são os seus direitos.

Qual o direito das vítimas no seguro auto contra terceiros?

Direito das vítimas no seguro auto contra terceiros

O direito vai variar conforme o tipo de dano causado, e o motorista que os causou e que será responsável pelo pagamento das indenizações e prejuízos. Assim, os terceiros são quem sofreu os danos.

Para que o terceiro possa receber o valor de indenização do seguro, é preciso que o motorista assuma a culpa e que a seguradora entenda que ele provocou o acidente. Vale lembrar que se o segurador não assumir a culpa, a seguradora não poderá pagar os danos.

Para acionar a cobertura, é preciso que o segurado faça a abertura do sinistro. Após isso é preciso solicitar o número do sinistro a quem fez a abertura para fazer o acompanhamento.

A cobertura de terceiros não possui franquia, isso quer dizer que para receber a indenização não será preciso pagar nenhum valor ao seguro. Assim, se o segurado informar que é preciso que o terceiro arque com algum custo, desconfie.

Se você foi vítima em um acidente e isso causou danos materiais ou seu veículo, será preciso fazer o reparo. Não é preciso usar a oficina indicada pela seguradora, a vítima tem o direito de escolher uma de sua preferência.

Mas, é importante dada que no caso das oficinas referências é que a garantia é não apenas da oficina segurado como também pela seguradora.

No caso de perda total, a vítima terá o direito de receber a indenização integral pelo carro. Normalmente esse valor é estipulado pelo preço médio da tabela FIPE. Porém, vale ressaltar que existe um valor máximo contratado pela seguradora para esse tipo de indenização.

Vamos supor que a cobertura para terceiros seja de R$ 50 mil e o dano causado seja de R$ 40 mil, então será pago o valor total pela seguradora. Porém, se os danos ultrapassarem o limite contratado, a seguradora pagará o máximo e o restante ficará a cargo do segurado.

Em relação aos danos corporais, a indenização deve ocorrer em relação a reembolso de despesas médicas e hospitalares, invalidez ou morte.

Leia mais artigos sobre:

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário