Seta Balao

COTE AQUI SEU SEGURO AUTO RAPIDINHO!

Qual é a marca do seu carro?

Preciso pagar franquia em caso de roubo de carro?

A franquia é um assunto que ainda causa muitas dúvidas. Um bom exemplo é que a maior parte das pessoas não sabe se é necessário pagar franquia em caso de roubo de carro. Se você também tem essa dúvida descubra a resposta neste artigo.

Quando se contrata um serviço como o seguro de carro, por exemplo, por mais que todas as questões sejam esclarecidas, sempre fica uma ou outra sem resposta. E a franquia é uma das questões que sempre levanta dúvidas.

Por vezes, é realmente complicado entender quando se é preciso ou não arcar a franquia do seguro. E, se você tem dúvidas em relação a pagar franquia em caso de roubo de carro, acompanhe esse artigo e entenda como isso funciona.

Preciso pagar franquia em caso de roubo de carro?

Como funciona franquia do seguro de carro?

A primeira informação que precisa ser dada é sobre o funcionamento da franquia do seguro de carro. A franquia é uma taxa, estipulado no contrato do seguro (apólice) no momento da contratação do serviço, que deve ser pago sempre que o seguro auto for acionado pelo cliente.

No entanto, não são todos os acionamentos que necessitam do pagamento da franquia. Algumas coberturas não contam com essa taxa, e saber ao certo quais são elas, as vezes, pode ser mais complicado do que parece.

Quando não preciso pagar a franquia?

Os casos onde o pagamento da franquia não é necessário geralmente são:

  • Perda total do veículo, independentemente do motivo;
  • Explosão, queda de raio ou incêndio acidental;
  • Acionamento de cobertura para danos a terceiros;
  • Furto ou roubo sem localização do veículo.

Nessas situações citadas, o pagamento da franquia não é necessário, e essa é uma regra. Logo, se sua seguradora disser que é preciso pagar a taxa ou que o pagamento dela nesses casos varia de acordo com a empresa. Conteste essa informação.

Mas, afinal eu preciso pagar franquia em caso de roubo de carro?

A resposta para essa questão é depende. Vamos supor que seu veículo foi furtado. O primeiro passo a ser tomado é registrar um Boletim de ocorrência e só depois disso, acionar a seguradora, com todos os documentos necessários em mãos.

Assim que a empresa de seguro for acionada, ela dará prosseguimento na solicitação do sinistro e a única coisa que você precisará fazer é esperar. Normalmente, existem um prazo máximo de espera para a localização do veículo.

Se dentro desse prazo seu veículo não for localizado, você receberá a indenização integral acordada na apólice, sem que seja preciso pagar a franquia. Se seu veículo for achado, e estiver com avarias que necessitem de reparo, você precisará pagar a franquia para que o seguro realize tais consertos. No entanto, caso seu veículo seja encontrado e considerado como perda total, devido aos danos causados pelos ladrões. Você volta a isenção da franquia.

Quando um carro é considerado como perda total?

O carro pode ser considerado como perda total quando os danos promovidos a ele, independentemente da natureza do sinistro, somam um valor de conserto igual ou superior a 75% do preço do carro de acordo com a tabela FIPE.

Nesses casos, a realização dos reparos não vale a pena, e a seguradora declara perda total do veículo, pagando a indenização acordada em apólice.

Quando não compensa pagar a franquia?

Em alguns casos como acidentes ou mesmo roubos ou furtos. O carro se encontra com danos de valores baixos para reparos, muitas vezes menores que o valor da franquia a ser paga para à seguradora para que ela providencie o reparo.

Nessas situações não compensa pagar a franquia, o mais indicado é que você arque com os reparos, sozinho. Assim, você não correrá riscos de perder dinheiro.

Por mais que pareça um assunto complicado, a franquia do seguro não possui muitos segredos. Portanto, nunca fique com dúvidas, sempre que julgar necessário pergunte ao seu corretor como tal serviço funciona, ou qual o melhor caminho a ser seguido.

Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *